Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

As visões teológicas sobre o inferno

Imagem
Tem se falado tanto a respeito do inferno nos últimos dias que eu decidi tecer alguns comentários a respeito das principais visões teológicas quanto ao inferno, que vão além daquilo que eu escrevi em meu livro “A Verdade sobre o Inferno”. Há historicamente quatro visões predominantes sobre este tema, sendo elas:
Tormento eternoUniversalismoAniquilacionismo diretoAniquilacionismo posterior ao castigo

DE UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA
Alguém que vive em pleno século XXI naturalmente irá pensar que a opção número 1, por ser a mais famosa hoje em dia, foi a que mais predominou nos primeiros séculos da Igreja, mas isso não é verdade. Uma leitura básica nos escritos dos Pais da Igreja nos mostra que a visão de um tormento eterno só passou a existir em finais do século II d.C[1], sendo precedida pela visão aniquilacionista e universalista. Isso é reconhecido até mesmo pelo maior pregador do tormento eterno que já existiu na Igreja antiga – Agostinho de Hipona –, que em sua época reconheceu que “…

A mulher vestida do sol em Apocalipse 12 é Maria?

Imagem
Todos sabemos que Maria não aparece em absolutamente lugar nenhum da Bíblia a partir das epístolas apostólicas doutrinárias (de Romanos ao Apocalipse), porque quando a Bíblia aborda doutrinas Maria não tem qualquer papel relevante, simplesmente desaparece completamente. Já no catolicismo o que ocorre é exatamente o inverso: quando a questão envolve doutrina, é onde Maria mais aparece. Ela é a onipotência suplicante no Céu, é a co-redentora, é a medianeira das graças, é a Rainha dos Céus, é a nossa adjutora e intercessora, a mais poderosa que todos os santos e anjos, a imaculada mãe de Deus. Ou para ser mais claro: Maria é uma deusa para os católicos.
Mas, se é assim, por que a Bíblia omite completamente o nome de Maria em todas as epístolas apostólicas doutrinárias? Estariam os apóstolos omitindo informações de tamanha importância para a doutrinação da Igreja ou os “atributos de Maria” não eram tão importantes para serem revelados? De qualquer forma, os católicos, sabendo desse problem…