9 de março de 2013

Atenção: um novo papa vem aí!



O [ex] papa Bento XVI deixou de ser infalível em 28 de Fevereiro de 2013 para se tornar um homem mortal. Para o seu lugar, estão sendo cogitados os mais diversos nomes, inclusive de cardeais da América (um brasileiro, inclusive) e há também a expectativa de um “papa negro” (falavam essas mesmas coisas sobre o papa anterior, e sobre o outro, e o outro também...). Diante disso, algumas perguntas devem ser feitas, como, por exemplo:

Porque absolutamente nunca um papa negro assumiu a “Cátedra de São Pedro”? Se é realmente o Espírito Santo quem dirige a Igreja Romana na escolha de um novo papa, porque nunca o Espírito Santo encontrou sequer um único bispo negro que fosse suficientemente capaz de assumir o “trono de Pedro”? Isso não pode ser mera fatalidade ou acaso: foram, pelas contas católicas, 265 papas que já reinaram em Roma, e nenhum (repito: nenhum!) sequer que fosse negro? Por que o Espírito Santo escolheu 265 papas brancos, mas nem um único negro, se a Bíblia diz que Ele não faz acepção de pessoas (Rm.2:11; At.10:34; Cl.3:25; Ef.6:9; 1Pe.1:17)? Será que não houve em toda a história da era Cristã um único negro que fosse apto para assumir a liderança da Igreja Romana, mas em contrapartida houve 265 brancos capazes?

A verdade é óbvia: não é o Espírito Santo quem dirige e inspira a escolha de um novo papa, mas sim as escolhas pessoais – e muitas vezes movidas pelo orgulho, preconceito, arrogância, ódio e outras características humanas – de simples cardeais falíveis e sem direção divina alguma, os quais não admitem negros como autoridade máxima na Igreja de Roma, pois isso iria ferir o orgulho de muitos deles. Por isso, o papa tem que ser um daqueles já produzidos em fábrica: branquinho, europeu e homem. Escolher uma mulher, um não-europeu ou um negro então... é um “escândalo”, jamais!

Tentando solucionar este dilema, alguns blogueiros católicos (daqueles já conhecidos por serem os mais sem crédito, desprestigiosos e sem moral que existem), criaram (isso mesmo: criaram!) um “papa negro” que teria assumido o trono de Roma há alguns séculos. Na verdade, o que eles fizeram foi pegar um papa que realmente existiu (mais um daqueles produzidos em série pelo poder político – branquinho, europeu e homem) e inventaram que ele era negro, e não branco. Literalmente “pintaram” ele. Quem inventou este embuste foi (como já era de se esperar) o mesmo Fakenando Nascimento (que já foi desmascarado aqui e aqui), e disse que “o papa Pio IX (1846) foi um papa negro em pleno período da escravatura”.

Só poderia se tratar mesmo de mais uma das piadas infames deste já conhecido pimpolho. Mas, para a nossa sorte, existem várias figuras da época produzidas sobre este homem, vejam só o quão negro que ele era:

Popepiusix.jpg

Beato Pio IX

Puxa vida, é de se impressionar realmente o quão nitidamente ele não era branco! Sensacional! Mais uma informação que mostra a tamanha credibilidade deste blogueiro de meia tigela!

Também impressiona o tão pequeno número de papas não-europeus ao longo da história. De 265, apenas 9 deles não nasceram na Europa (10, se contássemos a lenda do papa Pedro)! Isso significa que apenas 1 entre 30 papas não eram europeus! Como se isso não bastasse, nos últimos 1300 anos não houve um único papa não-europeu. E mais: nunca, em toda a história, houve um papa das Américas! Ora, a Bíblia nos diz claramente que Deus de todas as nações aceita todo aquele que o teme e faz o que é justo”(At.10:35).

Se Deus aceita de todas as nações, por que em cinco séculos não houve um único que Ele tenha aceito nas Américas? Por que, nos últimos 1300 anos, Ele não aceitou um único não-europeu? Por que essa quantidade insignificante de papas não-europeus ao longo de toda a história? Seria porque somente os europeus sejam os mais capacitados e inteligentes para assumir o cargo? Novamente, a verdade vem à tona: a escolha de um papa é sempre uma escolha de ordem política, e não espiritual.

Por isso, quase sempre o papa não é alguém de fora da Europa ou um negro, por exemplo. Até mesmo os Estados Unidos, um dos países mais racistas do mundo, já tem um Presidente negro, superando a parte racista do eleitorado. Mas a Igreja Católica, que diz ser a Igreja do próprio Cristo na terra e que tem sua eleição inspirada pelo próprio Espírito Santo e não pelos homens, em muito mais tempo na história e com muito mais nomes eleitos, jamais teve sequer um único!

A equipe de futebol do Zenit (um time da primeira divisão do futebol russo) recentemente foi massacrada pela mídia por causa da declaração polêmica de um de seus diretores, que afirmou que o fato de a equipe nunca ter tido negros em seu elenco é “uma tradição do clube”. Isso, dito por uma instituição falível e totalmente humana, foi tido como racista, nojenta e totalmente intolerável – como é, de fato. Mas quando uma instituição que se diz divina, santa e infalível se utiliza dos mesmos critérios da tradição para nunca ter tido um papa negro e de rarissimamente ter tido um papa não-europeu, parece que os próprios católicos cegam seus próprios olhos para não perceberem a realidade preconceituosa e puramente política que move essa instituição religiosa há tantos séculos.


Conclusão

A eleição de um novo papa é, assim como todo e qualquer governo humano, puramente política, e não uma ação ou inspiração governada por Deus ou pelo Espírito Santo, o que explica o fato de que, ao longo dos séculos, têm sido muito mais exclusivista e intolerante do que qualquer outra organização humana. Pode ser que a partir da semana que vem um papa negro ou não-europeu seja eleito? Por mais difícil e improvável que seja, sim, pode – mas para isso ele precisará fazer cair mais de um raio por dia na Basílica de São Pedro[1].

E, ainda assim, isso de modo nenhum mudaria a esmagadora maioria que prevalece ao longo de toda a história – os dados e os fatos permaneceriam os mesmos: esmagadora maioria de europeus e brancos. Se a eleição de um novo papa fosse dirigida pelo Espírito Santo, não seria tão difícil ou praticamente impossível um papa não-europeu assumir o papado, pois Deus não faz qualquer acepção de pessoas e aceita todos de todas as nações.

Se a eleição de um novo papa fosse dirigida pelo Espírito Santo, não seria literalmente impossível que um negro assumisse a cátedra romana; ao contrário, como brancos e negros são igualmente capazes, o provável seria vermos muitas alternâncias entre papas negros e brancos ao longo dos séculos, assim como europeus e não-europeus, africanos, asiáticos, brasileiros, estadunidenses, e por aí vai. Mas numa eleição nada a mais que política e movida pelo orgulho e pretensões humanas, esperar a eleição de um papa da nação mais católica do mundo ou um que represente 28% da população mundial é simplesmente esperar sentado.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)



-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

14 comentários:

  1. Oi Lucas, tudo bem?

    Seus textos já me ajudaram muito a tirar algumas dúvidas e fortalecer a minha fé, muito obrigado. Que Deus te abençoe com esse trabalho para que muitos outros possam ser ajudados também.

    Desculpa, mas a pergunta que vou fazer não tem nada a ver com esse texto sobre o papa, mas não encontrei outra forma de estabelecer algum contato contigo.

    Acontece que um amigo meu me perguntou isso e não soube responder, se você souber te agradeço. A pergunta é: como os animais, depois do Dilúvio se espalharam por todos os continentes?

    Acho que não teria nada a ver você aceitar esse comentário aqui pra me responder, mas se puder me enviar um e-mail com uma resposta ou pelo menos um esclarecimento já seria muito útil.

    Meu e-mail é: lucasmaia_5@hotmail.com

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas, a paz de Cristo. Eu te respondo essa questão por e-mail, conforme sugeristes. Abraço!

      Excluir
  2. Muuiito Bom mesmo Adoro esse Blog!!
    Continue assim, Deus Abençoe!!

    ResponderExcluir
  3. Graça e Paz, Lucas.

    O Fernando Nascimento escreveu outra refutação a um de seus artigos.

    Segue o link: http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2013/03/atencao-um-novo-papa-vem-ai-refutado.html

    PS.: Fico feliz em vê -lo atualizar o seu blog outra vez. Sempre achei suas colocações brilhantes. O seu blog é um ferramenta apologética indispensável. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. "Dizia o ignorante Lucas:

    “O [ex] papa Bento XVI deixou de ser infalível em 28 de Fevereiro de 2013 para se tornar um homem mortal.”

    Taí, eu não sabia que infalibilidade era sinônimo de imortalidade. Olha só o nível intelectual do juvenil “teólogo” protestante que estamos refutando."

    Comentário do Honrado: Eu creio que o Lucas quis dizer que o Papa retornou a sua condição de "mero mortal" ( a quem não mais se aplica o dogma) e não que a infalibilidade promove a imortalidade. Não é possível encontrar nenhum outro texto ( dentro do pensamento do apologista Lucas) que sustente a distorção feita pelo católico. O Fernando é realmente desonesto!

    ResponderExcluir
  5. Será o Papa Pio IX era negro?

    Vejam diversas fontes que evidenciam um Papa Branco:

    http://www.nndb.com/people/395/000088131/

    http://www.papapionono.it/framedue.html

    http://wherethereispeter.blogspot.com.br/2010/11/taken-from-catholic-fire-no-joke-worlds.html

    http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/papa-negro-434216.shtml

    Termino aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Honrado, no início eu até dava algum crédito ao Fernando, pensava que ele era um cara sério que apenas sofria de sérios problemas interpretativos e de um fanatismo incontrolável e obsessivo pela instituição religiosa dele, mas infelizmente o problema deste sujeito é mental mesmo, não se trata com refutações teológicas, mas com psiquiatras.

      O indivíduo me vem dizer na maior cara de pau que o Papa Pio IX era negro quando todas as figuras dele eram de um papa branco, quer dizer então que os protestantes se infiltraram na Wikipédia e malandrosamente "pintaram" a cara dele, quer dizer que as figuras da época que se faziam daquele papa no Vaticano eram produzidas por protestantes disfarçados de católicos para enganar a humanidade da época fazendo todo mundo pensar que o papa era branco e não negro, quer dizer que todas as fontes católicas estão erradas (pois todas atestam que ele era branco, como os links que você postou acima), quer dizer que os italianos de nacionalidade agora são negros, quer dizer que ninguém na história do catolicismo se lembrou de avisar que ele era negro em qualquer biografia deste papa já feito pela Igreja Católica... ou melhor, todos não, quem se "lembrou" disso, dois séculos depois, foi o Fernando Nascimento, é claro, que viu uma foto em preto e branco deste papa na Wikipédia há alguns anos atrás, achou ele mais "escurinho" que de costume e saiu por aí propagando que este papa era negro!

      Sério mesmo, até algum tempo atrás eu até desperdiçava meu tempo esmagando as parafernálias e esquizofrenias de cidadãos infradotados como este sujeito, mas agora eu acho melhor deixar que os médicos cuidem de um indivíduo desses, afinal os sanatórios estão aí para isso.

      Grande abraço!

      Excluir
  6. Olá, Lucas!

    Há muito anos que tenho inclinações à mortalidade da alma e encontrei muita base para o que creio nos seus sites. Realmente você me ajudou muito e, recentemente, travei um debate com imortalistas e os respondi à altura (creio que fui até melhor pois dois espectadores se interessaram pelo aniquilacionismo devido às minha argumentações que me baseei em você).

    Tem passagens que não tenho respostas e gostaria que, se possível, você me as elucidasse. Poderia informar-me seu perfil do facebook e/ou e-mail?

    Grato pela atenção, meu irmão!

    Marlon Marques

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marlon, a paz de Cristo. Recebo com grande frequencia muitos comentários de pessoas que abandonam o imortalismo e se tornam adeptas do mortalismo bíblico após estudarem o tema, sempre fico muito contente quando vejo que pude ser útil em alguma coisa. É melhor você me contactar por e-mail (lucas_banzoli@yahoo.com.br), já que eu não sou um dos mais assíduos do facebook...

      Também poderá ajudar nos seus estudos sobre o tema os materiais do meu outro site, o Apologia Cristã:

      http://www.apologiacrista.com/index.php?pagina=1087016848

      Os artigos deste mesmo blog:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/search/label/Imortalidade%20da%20Alma

      E os artigos de meu outro blog que eu fiz exclusivamente sobre este tema:

      http://desvendandoalenda.blogspot.com.br/

      Grande abraço!

      Excluir
  7. Luiz Eduardo
    Oi Lucas,tubo bem? Paz, eu já mandei duas cartas para o Apologia Cristã, mas eu ainda não recebi(ou não encontrei) a resposta, então teria como me responder resumidamente pelos comentários?
    Quando, onde e como a Igreja Católica foi fundada?
    Os Pais da Igreja pregavam todas as doutrinas fundamentais, ou alguém rejeitava alguma delas? Se sim, quem?
    Existe base escriturística para se falar sobre doutrina fundamental e não fundamental? Se sim, qual?
    Se nenhum homem é infalível em questão de doutrina, que garantia temos de que Lutero não estava errado?
    Obrigado desde de já, e perdão pelo incômodo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiz. A paz de Cristo.

      Eu respondi essa carta no dia 22 de Março, confira nos seus e-mails se chegou a resposta, talvez tenha caído na caixa de spam conforme ocorre algumas raras vezes, senão deve estar na caixa de entrada mesmo. Tentei reenviar mas não conseguí, mas se você confirmar que não chegou nenhuma resposta minha no dia 22 de Março eu posso responder novamente. Me confirme também se o seu e-mai realmente é [luizdudu1950@hotmail.com], se algum dígito estiver errado o e-mail não é enviado.

      Sobre algum outro e-mail anterior a este, me informe a data que eu procuro na minha caixa de e-mails, que eu me lembre só havia este seu último mencionado acima.

      Fique com Deus.

      Excluir
  8. Luiz Eduardo,
    Oi Lucas, paz, eu tenho que te pedir perdão de novo porque eu apaguei seu e-mail sem querer, então eu te peço encarecidamente me reenvie sua resposta, desde já obrigado e perdão outra vez.
    P.S. o e-mail está correto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiz. Sem problemas, escreverei minha resposta novamente, abraços.

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.