17 de abril de 2015

NOTA DE ESCLARECIMENTO


Se você costuma usar o Chrome ou o Firefox, deve ter notado que nesta última semana este blog foi invadido e infectado com malware (conforme a imagem acima). Embora o blog permanecesse naturalmente acessível para quem usa o Opera (como eu) ou o Explorer, nos demais navegadores aparecia a mensagem acima, que, na prática, impedia que o leitor visitasse o blog. Graças a Deus, eu tinha o backup do blog, o que evitou que eu perdesse tudo. Mesmo assim, por mais que eu tentasse resolver o problema, durante os cinco primeiros dias o blog continuou “quebrado” para quem tentava acessá-lo pelo Chrome ou pelo Firefox. A situação ficou tão ruim que anteontem eu fui obrigado a tirar o site do ar, e durante 24h quem tentou acessar o blog se deparava com a mensagem de que “o blog foi removido”.

Foi apenas ontem que, depois de algumas providências tomadas (das quais não darei detalhes, para não facilitar a vida dos possíveis hackers), o blog voltou a estar acessível para todos os navegadores. Notifico que, embora felizmente nenhum post tenha sido perdido, os comentários mais recentes que esperavam moderação foram perdidos. Portanto, se você postou alguma coisa aqui e seu comentário não foi publicado, por favor, reenvie o comentário. Havia até alguns comentários que eu guardava para um artigo de refutação especificamente direcionado a eles, e que infelizmente se perderam. A batalha foi vencida, mas toda batalha traz suas sequelas.

Aos possíveis hackers:

Eu não posso afirmar, acima da dúvida, que o site foi intencionalmente “hackeado”. Pode ser que tenha tido somente azar. Mas é o que as evidências indicam: este foi meu único site infectado, bem precisamente o mesmo que desperta a fúria de católicos tridentinos em todo o país, e justamente poucos dias depois de postar um artigo refutando certo senhor que possui uma legião de seguidores-zumbis que estão dispostos a dar a vida por seu Mestre caso assim seja necessário. Por mais que eu torça para que tudo isso não seja mais que uma infeliz coincidência, o fato é que este ataque tem todas as características de ter sido intencionalmente causado por mentes pobres e fracas que, sem conseguir me calar por meio de argumentos, partem para as vias que eles conhecem melhor.

Eu fiquei pensando: se este blog foi hackeado, deve ter sido hackeado por pessoas que discordam do que é aqui exposto (seres macabélicos, por exemplo). E, se tais indivíduos perderam o tempo e a energia deles concentrando-se em atacar este blog, deve ser porque este blog os deixa irritados, furiosos, raivosos, enraivecidos, coléricos. Ou seja: que este blog está cumprindo bem sua missão. Já teve gente dizendo entrar na Justiça pra tirar esse blog do ar, gente escrevendo carta ao arcebispo de Belo Horizonte denunciando que “estão ousando falar mal da Igreja Católica”, mas isso aqui ninguém havia feito antes.

Eles ainda não se conformaram que nós vivemos em uma era de Estado laico, e não de teocracia católica. Eles ainda choram pelo fim da inquisição e das máquinas de tortura. Eles nos odeiam por termos tirado deles a tirania, a opressão e a hegemonia deles, dando luz a um mundo de liberdade religiosa, onde ninguém é coagido a ser católico. É por isso que os tridentinos são tão intolerantes, preconceituosos e sempre envoltos em um discurso de ódio e repressão (como vocês podem ver aqui e aqui). Eles são apenas pessoas com o orgulho ferido e que nasceram na época errada, digamos, uns cinco séculos pelo menos. É por isso que a intimidação, a coerção e a violência (física ou verbal) é, sempre foi e sempre será a principal via deles. Faz parte da natureza deles. Não há como mudar.

Pois bem. Há alguns dias, antes de isso acontecer, eu estava pensando em escrever aqui neste blog só por mais uns dois meses, e depois parar de escrever sobre as heresias do catolicismo e focar mais em outras áreas da teologia. Afinal, já são 270 artigos neste blog (sem falar nos do Apologia Cristã) refutando os enganos do romanismo. Uma hora não tem mais o que ser refutado. Mas, depois que isso aconteceu, eu mudei de ideia. Vou escrever por mais um ano inteiro, no mínimo, pelo menos dois ou três artigos por semana. Se não gostavam de mim antes, vão gostar menos agora.

E se hackearem de novo, vou escrever até 2050.

Lá se foram os tempos em que os zumbis não suportavam a sã doutrina e sentindo coceira nos ouvidos juntavam mestres para si mesmos, voltando-se para os mitos. Atualmente, eles também hackeiam sites. Que lástima.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

16 comentários:

  1. Olá Lucas. Não sei se isso é comum, porém também tenho um blogue, o qual está parado a tempos, e já passei por esse mesmo problema. Também nunca soube a razão, mas ele voltou ao ar depois de solicitar explicações da equipe Google. Também fiquei com pé atrás com esses problemas técnicos, afinal tratava de política e, assim como em religião, isso provoca ódio de muitos opositores desonestos.

    Mas graças a Deus que voltou ao ar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Henrique. Ouvi dizer que estão "caçando" os blogs que mexem com política e religião. Infelizmente, tem muita gente por aí que não suporta ouvir uma opinião contrária.

      Abraços!

      Excluir
  2. Estou contigo, irmão Lucas, o bem sempre vence o mau sempre, o importante é continuar dizendo as verdades. doa a quem doer. Um abraço do amigo Marcos Monteiro.

    ResponderExcluir
  3. Esta é off-topic mas Lucas, você já notou como os papistas sempre tentam exagerar a dificuldade de se interpretar a Bíblia com o fim apelar para uma autoridade externa? Chegam a falar coisas como "a escritura não tem sentido próprio" ou "se a escritura é infalível, a igreja deve ser também, já que esta é a causa da primeira". Eles só repetem o que leram do o cardeal Newman.Nisso eu pergunto se há um livro que seja uma resposta direta à teoria do desenvolvimento do dogma, que sempre me pareceu estranha, mas os romanistas sempre usam como forma de justificar suas doutrinas apóstatas.
    Deus te guarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eles fazem isso sempre. Para eles a Bíblia é um livro "perigosíssimo", impossível de ser interpretado (a não ser pelo papa, é claro), é um livro tão temerário que é melhor não mexer com ele. Na verdade todas estas técnicas não passam de formas desesperadas de se manter o povo católico leigo o mais distante possível das Escrituras, e deixar que o papa pense no lugar deles. Essa é uma tática muito frequente em quem se utiliza de técnicas de lavagem cerebral. A partir do momento em que eles te convencem de que você é completamente insignificante e incapaz para poder interpretar um livro, eles conseguem que você não chegue às suas próprias conclusões (seguindo a sua consciência individual), mas que fique sempre preso e cativo às conclusões deles. Na prática, este é um conceito enormemente atrelado ao relativismo moral - a Bíblia é vista como um livro tão "difícil", mas tão "difícil", que não tem "significado" próprio; dependendo exclusivamente do que pensa um papa ou seu magistério.

      Eu desconheço um livro feito exclusivamente para refutar Newman, até porque para fazer isso não é preciso mais do que dois versículos bíblicos:

      "Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema" (Gálatas 1:8-9)

      Paulo disse que mesmo se ELE MESMO, ou se um ANJO do céu anunciasse um evangelho que fosse ALÉM daquilo que eles JÁ TINHAM recebido, deveria ser "anátema" (amaldiçoado). Quanto mais então um papa ou um bispo católico-romano! O evangelho primitivo não estava sujeito a acréscimos. Qualquer acréscimo doutrinário deve ser rejeitado como espúrio e identificado como precisamente aquilo contra o qual o apóstolo Paulo alertava em sua carta.

      Abraços!

      Excluir
    2. Realmente é puro relativismo.O fulano que duvida até do sentido claro de um texto, vai crer no que?
      Um artigo interessante é do anglicano William Witt: http://willgwitt.org/anglicanism/newmans-incoherence/
      onde mostra até onde a apologetica romanista vai para se safar.
      Abraços do irmão Gabriel L.Ferreira.

      Excluir
    3. Algumas coisas presentes na Bíblia (inclusive doutrinárias) são tão claras e óbvias quanto um papel escrito por uma esposa e colado na geladeira, escrito: "A CHAVE DO CARRO ESTÁ NA MESA DA SALA". Você não precisa ficar muito tempo refletindo sobre as "possíveis interpretações" que podem ser discorridas de uma frase dessas, nem vai precisar chamar alguma "autoridade infalível" para explicar a você o que é que aquilo significa - você vai simplesmente ir a mesa e pegar a chave. Por interpretações simples como essa todo o catolicismo romano pode ser derrubado. É por isso que eles tentam sempre complicar tudo, passando um ar de dúvida e complexidade em conceitos realmente simples, buscando tornar obscuro aquilo que está claro. E quando o indivíduo passa a acreditar que tudo na Bíblia é realmente complicadíssimo e de impossível interpretação, ele transfere a tarefa de pensar para a tal "autoridade [que se diz] infalível", e aí já sabemos muito bem no que dá.

      Abraços!

      Excluir
  4. Tive problemas dessa natureza também. Eu removi alguns gadgets do meu Blog e sumiu o aviso de malware. Melhor usar o WordPress.

    De qualquer forma, mexer com o Sidi Muhammad realmente desperta alguns fanáticos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O WordPress me parece uma plataforma mais segura realmente. Eu até pensei em transferir este blog para lá, o problema é que este blog tem milhares de links (dentro dos artigos) que redirecionam para links aqui do blogspot, e eu teria um enorme trabalho se tivesse que redirecionar todos esses milhares de links.

      Excluir
  5. Lucas, você poderia me fornecer algum artigo que refute a ICAR? Algum que fale que ela não é a Santa Igreja desde o século 1? Se puder fazer isso, amigo, eu me convencerei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há centenas de artigos que tratam sobre isso. Vou listar apenas alguns:

      http://apologiacrista.com/index.php?pagina=1083930598

      http://apologiacrista.com/index.php?pagina=1079066668

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/02/a-igreja-invisivel-perfeita-e-igreja.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2014/05/o-que-significa-parte-1.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2014/03/a-origem-das-doutrinas-da-reforma.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/11/cinco-perguntas-ridiculas-que-qualquer.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/11/refutando-falacias-catolicas-sobre.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/05/as-portas-do-inferno-nao-prevalecerao.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2012/08/o-significado-de-catolica-nos-pais-da.html

      Excluir
  6. Lucas , continue na luta que o descanço está no céu.
    Á próposito, li que voce desconhece um livro que refute Newman.Felizmente, o cunhado do cardeal, que não se apóstatou, escreveu uma refutação magistral.O livro é the theory of development : a criticism of Dr. Newman's essay e esta disponivel no archive .org.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela indicação! Abraço!

      Excluir
    2. Conheço esse livro e quando você o lê, toma consciencia da completa apóstasia que é o romanismo e como Newman decaiu.
      O pior é quando lemos seus escritos que estavam ainda no anglicanismo e como ele conhecia a verdade, como suas palestras sobre o oficio prófetico da igreja, onde escreve: "Eu tenho mostrado como romanistas conciliar sua reverência abstrata para antiguidade com seu catolicismo, -com seu credo, e sua noção de infalibilidade da Igreja mais concreta, quão pequeno o seu sucesso é, e quão grande a sua injustiça, é outra questão. Seja qual for a decisão que forma quer de sua conduta ou a sua emissão, tal é o fato de que eles exaltam os Padres como um todo e os depreciam individualmente; eles apelam por um dos Doutores da Igreja, ainda quando explicamos um por um seus argumentos, julgamentos e testemunho(...) E, assim, a sua dependência alardeada sobre os Padres serve, afinal, para isso, -para firmar catolicidade(como eles entendem) com os decretos dos concílios mas admitem apenas aqueles que o Papa confirmou."
      Se alguém que escreveu isso caiu, quanto mais os mais simples, como a garotada deslumbrada pelo Olavo.

      Excluir
    3. Muito bem colocado. É exatamente isso o que os papistas estão sempre fazendo: pegam aquilo dos Pais que lhes convém, e rejeitam aquilo que não lhes convém. É uma busca totalmente seletiva e arbitrária por encontrar a "verdade patrística", fruto direto do mito da "unanimidade" dos Pais, que tinham opiniões diversas e conflitantes entre si em diversos assuntos, mas que na cabeça do católico romano eram todos iguais, unânimes e bons papistas.

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links) e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.