20 de outubro de 2012

Os milagres na Igreja Católica são de Deus?


“São espíritos de demônios que realizam sinais miraculosos...” (Apocalipse 16:14) 

Uma prática muito comum entre os católicos é dizer que a igreja deles é a “verdadeira Igreja de Crsto” pelo fato de que lá ocorrem “milagres” e “curas”. Muitos lançam várias “evidências” disso, inclusive com o “milagre de Lanciano”, com o “Milagre do Sol”, com os “corpos incorruptos” e com reuniões da Renovação Carismática Católica (RCC) onde dizem haver profecias e realizações de curas e sinais.  

Embora boa parte disso já esteja provado que não passam de embustes (que você pode conferir aquiaqui e aqui), outra parte parece realmente ser real. Dificilmente iremos convencer um cidadão católico da RCC que ele, que estava doente e foi curado, não estava doente de verdade. Isso simplesmente não faria sentido para ele. Apenas dizermos que todos os “milagres” que a Igreja Católica alega para si mesma são forjados não irá convencer os católicos, mesmo se isso realmente fosse verdade.  

Então, como podemos explicar o fato de que, por vezes, se veem esses tipos de “milagres” na Igreja Católica? Será que é Deus aprovando o que é feito ali? Será que é realmente operação do Espírito Santo, legitimando aquela Igreja? Será que o católico pode ficar tranquilo com a sua religião e com a doutrina católica pelo fato de que recebeu uma cura?  

A minha resposta a todas essas questões é um sonoro: “não”! Isso por duas razões principais. A primeira é lógica, a segunda é bíblica. Primeiro, porque sinais, curas, milagres e maravilhas acontecem em todo lugar. Embora eu seja evangélico, tenho a mente aberta para reconhecer que curas e milagres também são vistos no catolicismo, no espiritismo, nas religiões afrobrasileiras, e até no budismo, hinduísmo, islamismo, enfim, em todos os cantos. Não é difícil encontrar um “milagre”. Uma cura que não vem por meios naturais, por exemplo, já é um milagre.

Algumas pessoas pensam que por “milagre” somente se entende aqueles feitos mais sobrenaturais, tais como Moisés abrindo o Mar Vermelho. Porém, milagre é qualquer acontecimento que ocorre por intervenção não-humana, que não vem por meios naturais, mas por alguma ação ou intervenção espiritual, algo inexplicado perante a ciência. E, neste sentido, curas físicas instantâneas que não passaram por intervenção humana (de médico, remédio, ou qualquer outra coisa), tais como cura de leprosos, de cegos, de surdos, ou até mesmo ressurreição, são sim milagres. E esse tipo de cura existe em todas as religiões.

Apenas alguém extremamente fechado à realidade e preso em seus sofismas que pode negar que isso ocorra também fora da Igreja Católica. Na verdade, a grande maioria ocorre fora de lá! Curas e milagres também se veem aos montões nas igrejas evangélicas pentecostais. O católico pode até tentar contra-argumentar a mim, mas nunca poderá contra-argumentar com aquela pessoa que realmente era surda e passou a ouvir, que era cega e passou a enxergar, que era paralítica e passou a andar.  

E não, isso não é feito com uma simples “sugestão psicológica”, como pensam alguns. Se fosse assim já estaria todo mundo curado. Curar cegos, surdos e mudos seria a coisa mais fácil do mundo! É óbvio, então, que não pode ser Deus atestando a legitimidade de todas as crenças, credos, igrejas e religiões que existem no mundo. Algumas delas são mutuamente excludentes. Católicos e evangélicos divergem em inúmeros aspectos doutrinários de tal modo que não podem ser verdadeiros ao mesmo tempo.  

Os espíritas divergem de todas as doutrinas cristãs principais, os islâmicos não creem na Bíblia nem na redenção de Cristo morrendo numa cruz e ressuscitando ao terceiro dia, os hindus são panteístas e politeístas e os budistas panteístas e ateístas, então dá para ver que não pode ser o mesmo Deus atestando e confirmando a veracidade de todas essas religiões que, por serem mutuamente excludentes, não podem ser verdadeiras ao mesmo tempo. E isso significa logicamente que nem todo “milagre” procede de Deus, ou senão todas as religiões seriam verdadeiras, ou pelo menos todas aquelas que já tiveram algum milagre – e são muitas!  

Isso não serviria apenas para legitimar a Igreja Católica, mas todas as demais religiões, o que acabaria e afundaria definitivamente com a tese católica-romana de que “fora da Igreja Católica [Romana] não há salvação”, tão pregada pelos papas e concílios católicos nos últimos séculos. Portanto, nós não podemos nos pautar, de jeito nenhum, na quantidade ou na existência de milagres em determinada igreja para nos assegurarmos que “Deus está ali” e aprovando tudo aquilo que ali é pregado.  

E isso nos leva ao segundo ponto: a Bíblia. Se os milagres por si só não implicam na autenticidade de uma igreja, então como podemos saber qual igreja ensina ou não ensina a verdade? Dirigindo-nos às Escrituras. E essas mesmas Escrituras declaram taxativamente que falsos profetas também fariam sinais, milagres e maravilhas, mas nem mesmo assim escapariam do fogo do inferno: 

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamosnós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade” (Mateus 7:21-23)

Aqui vemos a descrição de pessoas que: 

a) Profetizavam;
b) Expulsavam demônios;
c) Realizavam muitas maravilhas. 

E que mesmo assim vão para o inferno! Note que eles não realizavam apenas “algumas” maravilhas, mas “muitas” delas. Eram realmente grandes “milagreiros”, mas isso de modo algum implicava que o ensino que estava sendo pregado ali era realmente verdadeiro, de acordo com a Palavra de Deus. Isso porque Satanás também consegue “imitar” e realizar milagres. E é essa a parte que a maioria dos católicos não entendem: Satanás também pode realizar milagres!  

Geralmente os católicos costumam negar que o diabo também tenha poder de realizar milagres. Eles dizem que só Deus faz milagres, não o diabo. Isso porque, se confessarem que o diabo também faz milagres, então todos os “milagres” que eles atribuem para “legitimar” a igreja deles cairiam por terra, e não teriam valor algum no sentido de validar doutrinas ou legitimar igrejas, uma vez que poderiam surgir questionamentos quanto à sua origem e fonte. Mas a verdade bíblica é de que Satanás realmente pode realizar milagres. Vejamos algumas provas bíblicas disso.

1º Satanás pode se transfigurar em anjo de luz: 

E não é de admirar, pois o próprio Satanás persiste em transformar-se em anjo de luz”(2ª Coríntios 11:14) 

Se Satanás também o poder de imitar perfeitamente até um anjo de luz, por que não teria o poder de imitar milagres? Note, pelo contexto, que Paulo estava falando dos falsos apóstolos, que realizavam maravilhas diante dos coríntios, e assim os enganavam (2Co.11:12-15). O que Paulo estava dizendo, portanto, é que os coríntios não se “admirassem” pelo fato de que tais falsos apóstolos fizessem milagres ou sinais, pois até o diabo pode fazer aquilo!

2º Satanás pode intervir nos acontecimentos naturais: 

Lendo o relato bíblico de Jó, no capítulo 1, vemos que Satanás pôde intervir nos acontecimentos naturais para causar desgraça na vida de Jó, um servo de Deus: 

a) Ele fez fogo cair do Céu: “Fogo de Deus caiu do céu, e queimou as ovelhas e os servos, e os consumiu, e só eu escapei para trazer-te a nova” (Jó 1:16). Embora a visão do mensageiro de Jó tenha sido que "fogo de Deus" caiu do Céu, a verdade do plano espiritual apresentada no primeiro capítulo do livro é que Satanás teve liberdade para tocar nos bens de Jó, e não que essa tenha sido uma ação divina (Jó 1:12).

b) Ele criou um “forte vento” suficientemente capaz para destruir uma casa e matar quem estava lá dentro: “Eis que um grande vento sobreveio dalém do deserto, e deu nos quatro cantos da casa, que caiu sobre os jovens, e morreram; e só eu escapei para trazer-te a nova” (Jó 1:19). 

Diante deste quadro, vemos que o diabo também tem poder para intervir nos acontecimentos naturais e causar desgraças como terremoto, furacão, tornado e até coisas ainda mais “sobrenaturais”, como fogo caindo do Céu. Claro que eu não estou dizendo que a fonte de todas essas desgraças naturais que acontecem hoje em dia são causadas pelo diabo, mas sim que ele também tem poder para lançar mão de tais coisas em determinadas circunstâncias. 

3º Satanás transforma vara em serpente: 

"Então Moisés e Arão foram a Faraó, e fizeram assim como o Senhor ordenara; e lançou Arão a sua vara diante de Faraó, e diante dos seus servos, e tornou-se em serpente. E Faraó também chamou os sábios e encantadores; e os magos do Egito fizeram também o mesmo com os seus encantamentos. Porque cada um lançou sua vara, e tornaram-se em serpentes; mas a vara de Arão tragou as varas deles. Porém o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o Senhor tinha falado" (Êxodo 7:10-12) 

Alguns católicos alegam sobre este texto que não foi o diabo quem transformou a vara em serpente, mas que tudo não passou de uma armação forjada por aqueles magos. Porém, isso é falho por duas razões. Primeiro, porque o texto diz que eles fizeram também “o mesmo” com os seus encantamentos, isto é, eles foram capazes de fazer a mesma coisa que Moisés fez. Portanto, se os magos lançaram mão de armações e enganações para ludibriar os incautos, então Moisés tinha feito a mesma coisa!  

Mas como sabemos que Moisés realmente transformou a vara em serpente, então os magos igualmente transformaram as suas varas em serpentes, fazendo o mesmo que Moisés fez. A diferença não é de acontecimento, mas de causa. Ambos transformaram suas varas em serpentes, mas somente Moisés transformou pelo poder divino, os magos o fizeram por influência maligna.  

E, em segundo lugar, o texto diz claramente que os magos lançaram as suas varas ao chão, e não serpentes. O verso 12 diz claramente que “cada um lançou a sua vara”(v.12), o que mostra que o que os magos lançaram ao chão era realmente uma vara que se transformou depois em serpente, e não algo que já era uma serpente para enganar Moisés. Sendo assim, o relato bíblico não deixa chances para aqueles que alegam que tudo aquilo não passou de armação. É muito bem claro que os magos realmente transformaram a vara deles em serpente como Moisés fez, o que demonstra que o diabo também tem poder para fazer este tipo de milagre e acontecimento sobrenatural.  

O curioso é ver o interesse dos católicos em meros “corpos incorruptos”. Ora, se o diabo é capaz de transformar até mesmo uma vara (objeto inanimado) em algo com vida, quanto mais fácil seria para ele preservar corpos de “santos” católicos incorruptos, conduzindo cegamente o povo à procissão para cultuar e venerar estes defuntos, descentralizando ainda mais a pessoa de Cristo!

4º Satanás faz com que feridas mortais seja curadas: 

“E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?”(Apocalipse 13:3-4) 

Aqui vemos um relato bíblico de uma “ferida mortal” sendo miraculosamente curada, sem explicação humana, e que este acontecimento fará com que toda a terra siga a besta e a adore, por causa deste milagre! O quadro que vemos aqui em Apocalipse 13:3-4 é muito semelhante ao que ocorre nos dias atuais. Muitos veem “milagres” na Igreja Católica e acham que Deus está aprovando tudo aquilo, e aí começam a achar correto se dobrar diante de imagens de escultura e cultuá-las, o que biblicamente é idolatria (Lc.4:8; Êx.20:4,5).  

O mesmo que acontece nos dias atuais ocorrerá nos dias da Grande Tribulação apocalíptica. A besta fará curas e maravilhas de feridas mortais, de doenças sem cura, de chagas incuráveis, e o povo ficará maravilhado, entusiasmado, achará que Deus está aprovando aquilo tudo e irá seguir a besta e se prostrar diante da sua imagem (Ap.16:2).

5º Satanás tem poder para fazer grandes sinais e prodígios: 

“Então, se alguém vos disser: ‘Eis aqui está o Cristo!’, ou: ‘Ali!’, não o acrediteis. Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios, a fim de desencaminhar, se possível, até mesmo os escolhidos” (Mateus 24:23,24) 

Aqui vemos que falsos cristãos e falsos profetas iriam realizar grandes sinais e grandes prodígios, e que estes milagres seriam tão fenomenais que iriam conseguir enganar até mesmo alguns escolhidos, isto é, pessoas do povo de Deus! Estes milagres (provenientes de Satanás) operados pelos falsos profetas não seriam algo “pequeno”, mas coisas grandes. Diz respeito a grandes sinais e prodígios, a maravilhas, a curas extraordinárias, a milagres de espantar qualquer um, de tal modo que alguns escolhidos poderão se desviar do Caminho por acharem que aqueles milagres vêm de Deus!

6º Satanás faz cair fogo do Céu: 

“E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia” (Apocalipse 13:13-14) 

Aqui vemos Satanás fazendo cair fogo do Céu à terra, e isso à vista de muitas testemunhas! Isso me lembra muito o tal do “Milagre de Fátima”, que teria sido um fenômeno no Sol testemunhado por 70 mil de pessoas, muitas delas que acreditaram ser uma “prova” da fé católica. Embora tal “milagre” já tenha sido explicado e refutado diversas vezes, vemos que futuramente o anticristo irá fazer algo semelhante mais uma vez.  

Desta vez não vai ser com o Sol, mas com o fogo, descendo do céu à terra, enganado os habitantes da terra com estes sinais que são realizados por influência maligna. E, assim como o “Milagre de Fátima” obteve sucesso e fez com que boa parte do povo católico se empenhasse ainda mais na mariolatria, e chegando a enganar até mesmo alguns eleitos, este outro sinal miraculoso presenciado por muitas testemunhas também irá levar o povo ao engano e à idolatria. 

7º Satanás realiza sinais miraculosos: 

“Então vi saírem da boca do dragão, da boca da besta e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs. São espíritos de demônios que realizam sinais miraculosos; eles vão aos reis de todo o mundo, a fim de reuni-los para a batalha do grande dia do Deus todo-poderoso”(Apocalipse 16:13-14) 

Este texto diz ainda mais explicitamente que espíritos de demônios são capazes de realizar sinais miraculosos, ou seja, que Satanás também é capaz de fazer milagre! Portanto, embora muito mais poderia ser dito e muitas outras evidências passadas, podemos concluir que: 

a) Não é correto se basear em milagres para crer que Deus está legitimando determinada religião, pois milagres existem em todos os lugares. 

b) Biblicamente, Satanás tem o poder de intervir em acontecimentos naturais que aparentemente só Deus é capaz, de fazer cair fogo do Céu, de transformar simples varas em serpentes, de realizar sinais miraculosos, de fazer grandes sinais e prodígios para enganar o povo de Deus, de curar feridas mortais e humanamente incuráveis, e que nada disso deveria nos surpreender, pois se Satanás é capaz de se transfigurar até mesmo em anjo de luz para enganar os crentes, quanto mais realizar estes sinais e maravilhas que alguns pensam que só Deus faz!  

c) Sendo assim, o mais correto é seguir a doutrina mais coerente com a Bíblia, e não a igreja que aparentemente tem mais milagres ou os mais “espetaculares”. Embora existam milagres no meio evangélico, eu não sou evangélico por causa destes milagres, mas por causa da Bíblia. Se a doutrina evangélica fosse uma distorção das Escrituras, eu não daria a mínima para milagre algum feito ali dentro, pois saberia que aquilo tudo não passaria de armações do maligno para enganar os eleitos e conduzi-los a um evangelho não-bíblico de idolatria. É uma pena que os católicos não usam do mesmo bom senso e continuam batendo na mesma tecla de que a igreja deles “é a única Igreja de Cristo porque tem milagres...”. 

Paz a todos vocês que estão em Cristo. 

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)

-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

45 comentários:

  1. Parabéns pelo artigo! Que Deus continue abençoando este ministério apologético.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Leone, Deus lhe abençoe!

      Excluir
    2. parabéns amado irmão, infelizmente muitos evangélicos acreditam piamente que os milagres ocorridos na igreja católica são de procedência divina, ledo engano pois Deus não dá a sua gloria pra nenhum mortal.
      ótimo artigo!

      Excluir
  2. Lucas BAnzoli, seus estudos primam pela objetividade , concisão e acima de tudo PELA defesa absoluta e incondicional da verdade biblica, em combate direto a frente de batalha da guerra espiritual sobre a qual o crente nao pode recuar com suas armas espirituais. Chegamos a um tempo em que não podemos mais calar diante das heresias e do grande estrago que causa À s almas catolicas mergulhadas numa religião nitidamente pagã . O Romanismo creio eu, é a mais nociva , a mais prejudicial , a mais infame das religioes que se desviaram do santo evangelho de JESus.È a religiao em que aparentemente é santa e verdadeira, mas nao passa de uma leve tintura do cristianismo . Muitos prantearão no dia do juizo quando todas as nações sera ojulgadas e o romanismo receberá a mão pesada do Grande Rei JESus por tantos desvios disseminados pelo clero italiano. Deus te de anos e anos de vida , Lucas;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Junior Melo. Concordo com tudo o que dissestes sobre o romanismo, e acrescento também que ela é a que mais engana as pessoas, por ter o maior número de adeptos. Daí a necessidade de expor as heresias da ICAR, para que o maior número de pessoas possam sair das trevas da tradição para a luz das Escrituras. Fique com Deus!

      Excluir
  3. Lucas você é um craque!

    A adição do versículo em Jó foi bem oportuna. O caras pensavam que o fogo que veio do céu para destruir os bens e os outros servos de Jó, era de Deus,

    “Fogo de Deus caiu do céu, e queimou as ovelhas e os servos, e os consumiu, e só eu escapei para trazer-te a nova” (Jó 1:16)



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alon. De fato, é semelhante ao que acontece nos "milagres" da Igreja Católica: eles pensam que é de Deus, mesmo não sendo. Que Deus o abençoe!

      Excluir
  4. Caro Lucas,

    Que Deus o abençoe por este e outros artigos esclarecedores acerca da idolatria propagada pela igreja romana. Infelizmente, hoje em dia muitos cristãos já não pregam mais contra este abominável pecado, antes, praticam um cristianismo relativista, "onde tudo pode", "o que importa é o coração" e outras mentiras. Parabéns por sua coragem e dedicação ao Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo! E.T. Seu blog é bem completo, só não encontrei nenhum artigo sobre o adventismo e sua falsa profetisa, se tiver algum link, por favor me informe? Obrigado e que Deus o abençõe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Irineto. A paz de Cristo!

      Agradeço as suas palavras de apoio, Deus abençoe você também!

      Sobre eu não tratar sobre o adventismo, isso ocorre por duas razões. A primeira é porque eu não considero os adventistas como sendo uma "seita". Escrevi um artigo em que eu trato um pouco sobre isso também:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2012/09/a-igreja-catolica-e-uma-seita.html

      Vou copiar aqui uma pequena parte daquilo que eu escrevi lá:

      "Os adventistas formam outro grupo que eu não considero seita, mas os classifico como cristãos em pé de igualdade com qualquer um de nós, pois não possuem qualquer doutrina que leve alguém ao inferno pelo fato de crer nela. Por exemplo, guardar o sábado não vai condenar ninguém. Paulo diz “aquele que considera um dia como especial, para o Senhor assim o faz” (Rm.14:6). Portanto, não os podemos julgar como “hereges” ou como “seita” por causa disso, de jeito nenhum"

      Em outras palavras: eu não creio em algumas doutrinas adventistas, como a guarda obrigatória do sábado e o juízo investigativo, mas não creio que essas coisas (e outras, como é o caso da abstenção alimentar de certos alimentos) sejam razões suficientes para classificar alguma igreja como uma "seita". Uma seita é uma igreja ou religião que prega dogmas ou doutrinas que podem levar alguém à morte eterna. Mas eu não creio que Deus vá condenar alguém por ter guardado o sábado, ou por não ter comido carne. Qualquer pessoa sensata e de bom senso irá concordar comigo aqui.

      A razão pela qual muitos consideram os adventistas como uma "seita" não é porque creem que eles realmente sejam, mas sim porque, taxando alguma igreja de "seita", isso irá criar uma antipatia maior à essa igreja e evitar que os adeptos de outras igrejas creiam em alguma doutrina pregada por uma "seita". Por exemplo, o fato de ninguém considerar a igreja Presbiteriana como uma seita evita que alguém pense que o batismo infantil e o batismo por aspersão sejam coisas tão repudiáveis. As pessoas vão pensar bem sobre o caso e talvez até admitirem.

      Mas muitos taxam os adventistas de grupo sectário porque, se as pessoas analisarem as doutrinas adventistas sem o prisma de que eles são heréticos, muitos mais poderão crer em algumas de suas doutrinas (como é o caso da mortalidade da alma, que ganha cada vez mais adeptos em todo o mundo nos últimos tempos). Portanto, eu vejo tudo isso como uma questão de ganhar ou perder membros, de salvaguardar doutrinas de outras teses, não por alguma razão real para chamar os adventistas de "seita".

      Até porque, se os adventistas são hereges por guardarem o sábado e não comer carne, então devemos crer que são hereges também aqueles evangélicos que creem no batismo infantil (tradicionalismo), na teologia da prosperidade (neopentecostalismo), na intercessão dos santos (luteranismo e anglicanismo), no cessacionalismo dos dons espirituais (calvinismo), que "uma vez salvo pra sempre salvo" (calvinismo), dentre várias outras doutrinas que eu considero bem mais graves, mas que são pregadas por muitas igrejas evangélicas que ninguém (nem eu) considero "heréticas" ou "sectárias".

      Em resumo, não sou adventista, não creio que Ellen White seja um "novo Lutero", não creio em algumas teses adventistas, mas tenho bom senso para discernir o que difere seita de religião cristã, e dentro deste prisma não vejo nenhuma doutrina adventista que a possa classificar como herética, e, como disse, usando este critério poderíamos chamar de heréticas a maioria das igrejas, deste as mais tradicionais até as neopentecostais.

      E a segunda razão é porque o nome deste blog é "Heresias Católicas", portanto as seitas como TJS, espiritismo, islamismo, e outras mais são tratadas no meu outro site, o Apologia Cristã, este aqui é mais reservado ao catolicismo mesmo.

      Que Deus lhe abençoe!

      Excluir
  5. Caro irmão em Cristo, Lucas...

    Entendo seu ponto de vista, mas infelizmente não concordo. O movimento adventista iniciou-se à partir de um engano conhecido como "o dia do desapontamento" em 22/10/1844, onde encontravam-se muitos grupos de ex-batistas, ex-metodistas, entre estes o grupo de Ellen G. White(ex-metodista), que aguardavam em desobediência às recomendações Bíblicas a volta visível do Senhor Jesus. Em meio as frustrações e muita confusão, a Sra. White obstinadamente tentou remediar a situação, dando uma nova interpretação do que supostamente teria ocorrido, aprofundando-se ainda mais nesse engôdo iniciando-se assim outra doutrina anti-Bíblica e perigosa que mais tarde ficou conhecida como "o juízo investigativo". A Sra. White numa tentativa de confortar os crentes que aguardavam a volta do Senhor, inventou talvez inconscientemente, através de sua mente débil e fanática, que Guilherme Miller - líder do movimento da época havia errado apenas quanto a interpretação precisa do dia da volta física do Senhor, no entanto, não em relação ao evento que supostamente tivera ocorrido nos céus. Afirmava ela que em 22 de outubro de 1844, o Senhor Jesus teria passado do lugar Santo e adentrara no Santo dos Santos, para iniciar assim, o julgamento de todos os remidos em ordem cronológica, até chegar nos dias atuais, alegando assim que os pecados dos crentes de todas as épocas haviam sido apenas perdoados, mas não cancelados, afirmando entre outras heresias que a Obra realizada na cruz não fora completa, necessitando ainda de uma suposta expiação. Essa doutrina e muitas outras heresias, como regime alimentar e proibições acerca de animais impuros e etc constam do roll de profissão de fé desta seita judaizante, que aparentemente é inofensiva, mas que tem trazido muitas divisões no meio evangélico, pois se apenas guardasse o sábado, isso não lhe seria imputado como um erro, mas não somente o guardam, como afirmam que aquele que não o guardar não será salvo, fazendo deste um dia uma espécie de "salvaguarda" dos adventistas, contrariando assim a crença da salvação pela fé em Cristo!
    Portanto, caro irmão Lucas, as heresias adventistas não traduzem apenas em erros meramente simbólicos, assim como você gentilmente exemplificou em relação à modalidade do bastimo ministrado pela Igreja Presbiteriana. O que eu apontei acima, como você tão bem deve conhecer, são apenas uma parte do "iceberg" dos erros persistidos por esta seita denominada igreja adventista do 7º dia. Que Deus continue abençoando-o abundantemente,

    Irineto.

    ResponderExcluir
  6. Cuidado Lucas, se foi o diabo que fez milagre blz nada de mais, porém, se foi o Espírito de Deus que fez esses milagres vc está blasfemando o Espírito Santo. É só um aviso, não estou querendo defender o catolicismo do qual eu não faço parte, só um alerta sincero.

    A lei diz para não fazer imagens e dar-lhes culto, a lei diz não matarás e não furtarás. Mas se vc não da culto a imagens, vc não mata, e não furta, meus parabéns vc foi feito justo pela lei. Só que a lei apenas da testemunho da natureza pecaminosa que esta entranhada no homem, natureza herdada de Adão por isso que as tábuas de pedra se chamavam de tábuas do testemunho, a arca era a arca do testemunho, o véu da separação era o véu do testemunho e o tabernáculo ou o templo era o tabernáculo do testemunho.

    Mesmo que vc não faça essas coisas que a lei diz; vc continua sendo um idolatra, homicida, ladrão e etc... diante de Deus, pois só através de Jesus que nós recebemos o Espírito Santo que mortifica em nós a nossa natureza pecaminosa herdada de Adão e isso é o novo nascimento. E esse Espírito só foi dado depois que Jesus foi glorificado como vc pode ver em João 7:39, pois antes na antiga aliança, o lugar de habitação do Espírito de Deus era o templo ou o tabernáculo do testemunho, porém, na nova aliança nós fomos feitos templo do Espírito Santo.

    Ninguém pode dizer que guarda a lei pq causa do sábado ou por causa das festas pq toda a torah dá testemunho que o pecado tem dominio sobre o homem, inclusive os sacrifícios pelos pecados. Os sacrifícios não só apontavam para o sacrifício de Cristo, mas tbm davam testemunho que o pecado exercia dominio sobre o povo pois senão eles não precisariam ser mais oferecidos no templo diariamente.

    é isso que diz o texto de Hebreus 10:

    Porque a lei, tendo a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, não pode nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem de ano em ano, aperfeiçoar os que se chegam a Deus.
    ***Doutra maneira, não teriam deixado de ser oferecidos?*** pois tendo sido uma vez purificados os que prestavam o culto, nunca mais teriam consciência de pecado.
    Mas nesses sacrifícios cada ano se faz recordação dos pecados,
    porque é impossível que o sangue de touros e de bodes tire pecados.
    Hebreus 10:1-4

    Só o sacrifício de Cristo que pode remover a nossa natureza pecaminosa herdada de Adão que é a carne!! a carne que transgride a lei, o pecado é a transgressão da lei e só transgride a lei quem vive segundo a carne, pois a lei só condena as obras da carne:

    Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia,
    a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,
    as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus.
    Gálatas 5:19-21

    O homem não tem como eliminar as obras da carne por si só, somente pelo Espírito de Deus.

    por isso que Paulo diz:

    Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
    Gálatas 5:18

    E se somos guiados pelo o Espírito o pecado já não tem mais domínio sobre nós!!!

    Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porquanto não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.
    Romanos 6:14

    e libertos do pecado, fostes feitos servos da justiça.
    Romanos 6:18

    Mas agora, libertos do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.
    Romanos 6:22

    ResponderExcluir
  7. Veja que toda a lei só condena as obras da carne, e os 10 mandamentos e toda a lei é feita para quem vive na carne, porém, Paulo diz:

    Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
    Romanos 8:9

    E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
    Gálatas 5:24

    Por isso não há nada mais anticristo do que a reconstrução do templo pois é o testemunho de que Jesus não nos libertou do domínio do pecado. Isso é um assunto longo, e para ter o pleno entendimento tem que falar sobre outras coisas, como por exemplo do sacerdócio levítico, da vara da Arão que floresceu, do pote de ouro com maná, do tabernáculo de Davi e outras coisas mais.

    ResponderExcluir
  8. Todas as religioes deveriam ter como principio..DEUS, a maioria sao cabides de pedagio para o ceu. A igreja catolica, entidade que mais matou e roubou seres humanos na face da terra. Igrejas Evangelicas,sao tidas como lugar onde os ex detentos viram pastores e passam a abusar das mulheres e crianças,"enganando as" que se entregando a eles, estao sendo purificadas e elas continuam porque acabam gostando da purificaçao. No meu entender, soh existe DEUS e considerando que Deus nao cruza com seus filhos, eh claro que jesus nao poderia ser seu unico filho, porque nos somos tambem. O resto eh tudo invençoes da igreja. Milagres,apariçoes de Santas,Nossas Senhoras daqui e dali. Tudo forjado para angariar fieis e dinheiro. Nao precisamos de religiao,precisamos de Feh em Deus e acreditarmos que somos seus filhos,com todos os seus poderes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidado com as generalizações, nem todo pastor que é ex-detento vira pastor para "abusar das mulheres e crianças", lembre-se de que Deus transforma vidas de verdade, como foi com o apóstolo Paulo, que era perseguidor dos cristãos, com o ladrão da cruz a quem lhe foi prometido o Paraíso, com Moisés que tinha cometido assassinato, com Raabe que era prostituta, com Pedro que chegou a negar Jesus publicamente e sob juramento, com Davi que cometeu adultério e assassinato, com Manassés que havia sido o rei mais ímpio da história de Judá, dentre tantos outros casos.

      Excluir
  9. Lucas, há um bom debate em andamento, veja: http://conhecereis-a-verdade.blogspot.com.br/2011/05/sobre-fabula-de-fatima.html?showComment=1407089936805

    ResponderExcluir
  10. É incrível como para o protestante Satanás é onipotente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde quando dizer que o diabo pode realizar milagres significa crer que ele é onipotente? Por acaso você sabe o significado de "onipotência"?

      Excluir

  11. https://www.youtube.com/watch?v=chTHdaVKIJw#t=414

    Para desviar o foco em Jesus, o inimigo usa o artificio do emocional humano para operar falsos milagres. Sim, falsos milagres, embora o garoto tenha se curado, o mesmo fez o voto de cultuar alguém que não seja Deus. Não é a toa que Jesus disse que o verdadeiro caminho é a porta estreita, e larga é a porta para a perdição, e são muitos os que passam por ela! O objetivo de Deus para conosco é a concretização da promessa (vida eterna); as coisas terrenas são coisas secundárias. Além disso, as dificuldades são provações que nos tornam aptos a passar pela porta estreita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso, Sidney. Nas igrejas evangélicas, a glória pelos milagres é dada a Deus. Na Igreja Católica, a glória é transferido aos "santos" e a Maria de forma especial. Claramente é feito para desviar o foco de Deus e concedê-lo a outros - algo que o Senhor abomina:

      "Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem NÃO darei, nem o meu louvor às imagens de escultura" (Isaías 42:8)

      Abraços.

      Excluir
    2. Lucas, acho que não é uma pergunta muito fácil de se responder, mas se quiser comentar... vc acha que Deus "permite" que o inimigo se apresente para essas pessoas?? Acho que já vi o testemunho dessa freira, na verdade "Maria" apareceu para o filho dela que estava doente. E é claro que não dá para provar se é ou não verdade, ou se o menino estava simplesmente febril. Mas SE realmente houve uma aparição, esta foi para uma CRIANÇA.
      Se fosse um calvinista, talvez me respondesse que o menino não estava predestinado. Mas gostaria de ouvir a opinião de um arminiano. Vc acredita que o inimigo possa aparecer para uma criança com autorização divina, ou que ele possa aparecer e confundir uma criança sem autorização, ou vc acredita que não houve aparição de coisa nenhuma?

      Eu já ouvi falar de católicos que se infiltram em igrejas evangélicas e depois se "convertem" ao catolicismo para assim testemunharem a favor da Igreja Romana. Vc tem alguma fonte sobre isso?

      Excluir
    3. Que Satanás aparece a pessoas as enganando isso é muito evidente biblicamente, Paulo diz inclusive que ele pode se transfigurar na forma de anjo de luz, mas no caso das crianças eu sinceramente acredito que não tem nada a ver com aparição demoníaca, mas com mentira de criança mesmo. Não que adultos não possam mentir desse jeito (pois sabemos que adultos mentem e muito), mas as crianças costumam ter uma facilidade maior para inventar estórias, e elas nem fazem isso com malícia, às vezes fazem pra chamar a atenção mesmo, ou induzidas por adultos, depende do caso. Eu me lembro de um caso famoso de um menino que supostamente teria ido para o céu e voltado, escreveu um livro sobre isso que virou um grande best-seller na época nos EUA, todo mundo acreditou piedosamente, mas depois que cresceu desmentiu tudo o que disse, e admitiu que fez aquilo como criança para chamar a atenção para si e ser o foco das atenções, nem era por motivações financeiras pois as crianças não tem esse tipo de ambição. Não é a toa que segundo os especialistas em direito o depoimento de crianças em processos requer cuidado e deve ser evitado, é um caso diferente do depoimento de adultos.

      Excluir
  12. Em Lanciano, na Itália, no séc.VIII, na dúvida do padre sobre a presença de Cristo, a hóstia tornou-se carne viva e o vinho tornou-se sangue. Um trabalho científico em 03/71, confirmado por análise médica em 12/76 da OMS (ONU), atestou que a carne e o sangue são humanos e que o diagrama do sangue, incrivelmente, corresponde como se tivesse retirado no mesmo dia não obstante o transcurso de 12 séculos. Outro fenômeno da física: Contém cinco fragmentos de sangue coagulado em que o peso de cada um é igual ao peso de todos eles juntos. Os milagres eucarísticos são diferenciados porque são concretos, visíveis e palpáveis e há muitos: Em Cáscia, 1330, o padre colocou a hóstia dentro do livro, ela sangrou e até hoje é venerada na basílica de Santa Rita. Em Siena, desde 1730, existem, até hoje, à exposição pública, 223 hóstias milagrosamente intactas. Existem, ainda, no mundo, cerca de 130 milagres eucarísticos catalogados na Internet. Portanto, Jesus, fora de dúvida, está vivo na eucaristia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Milagre" de Lanciano desmascarado:

      http://ceticismo.net/religiao/grandes-mentiras-religiosas/o-milagre-de-lanciano-desmascarado/

      Volte sempre.

      Excluir
    2. É incrível... A hóstia não é o corpo de Cristo. E nem o suco da videiro o seu sangue. Quando Jesus fala: Isto é o meu corpo ou: Isto é o meu sangue. Ele não está dizendo categoricamente que houve transformação. Ele está usando de dois símbolos que representariam O Seu corpo e sangue que foram entregue e derramado na cruz em nosso favor. Engraçado, os membros da ICAR não citam aquela passagem onde o Senhor afirma:
      Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses; Lucas 6:29
      Isso é literal? Não! Da mesma forma a questão do pão e do suco da videira não é literal, mas um simbolo que deve ser verdadeiramente entendido:
      E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, e disse: Tomai, comei, isto é o meu corpo.
      E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos;
      Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.
      Mateus 26:26-28
      Depois disto Ele não diz tomar do seu sangue mas, algo interessante:
      E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu Pai. Mateus 26:29
      Fruto da vide diz muito, viu!
      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo!

      Excluir
    3. Gilberto Neves,não se esqueça que Jesus fez muito mais do que oferecer sua santa face,Ele ofereceu o seu próprio corpo para o martírio e nossa salvação.Eu sou católico,porém respeito se ocorrer um milagre em uma igreja protestante,porque acredito que para crer em Deus a primeira regra é a humildade,pois se tem arrogância no céu,quem quer ir para lá?

      Excluir
  13. ""Milagre" de Lanciano desmascarado". muitos cantam vitória sobre o que foi exposto na page: http://ceticismo.net/religiao/grandes-mentiras-religiosas/o-milagre-de-lanciano-desmascarado/. mas o que deu a entender era que um dos pesquisadores só quiz aparecer apontando um erro que, no final, não afirma se é ou não verdade a ocorrência do milagre. e pronto! aos supracitados cientistas, lembro que isso(provar milagres), em uma passagem bíblica, aconteceu, naquela parte em que os egípcios tentavam mostrar a faraó como que moisés "conseguiu" fazer "tais" coisas para dar sinal que deus estava com ele. sabe o que é curiosso: os egípcios (como cientistas) conseguiram contornar algumas cituações, meio que desajeitada e com pouca convicção, mas conseguiram.
    Para a "PAGE" e a quem se interessar: JEREMIAS 17, 5.
    e para nós que cremos em deus: JEREMIAS 17, 7.
    á disposição e volto quando puder também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumindo: você quer que nós creiamos no "milagre" de Lanciano, mesmo sem nenhuma evidência, e mesmo depois de desmascarado. Ok, está dado o recado.

      Excluir
    2. Olá, me chamo Emanuelle. Sou católica e respeito muito as outras religiões. Somos irmãos em Cristo e não vim para dizer que a sua verdade é falsa e a minha verdadeira. No entanto, sou uma curiosa e procuro saber e estudar sobre os milagres da Igreja Católica que ouço falar e, sobre o milagre de Lanciano, sobram provas e eu mesma com minhas pesquisas já descobri os erros expostos do site ceticismo.net. Você só não acredita porque escolheu não acreditar. Se tiver curiosidade (ou humildade), posso explicar o que desejar saber a respeito. E se aceita um conselho de irmã: procure saber a fundo (e não de terceiros) o que dá base aos milagres :)

      Excluir
    3. O "milagre" de Lanciano é o maior e mais ridículo embuste já criado pela Igreja Romana para enganar os incautos. Qualquer um que estude o caso com profundidade, sem desonestidade intelectual e sem ser tendencioso ou pré-disposto a aceitar como "milagre" irá concluir facilmente que se trata de uma verdadeira piada. E para isso sequer precisamos do artigo do "ceticismo.net". Escrevi o artigo abaixo sobre o caso já faz um ano, e até hoje nenhum católico entrou lá para tentar refutar os argumentos expostos:

      http://heresiascatolicas.blogspot.in/2015/10/desmascarando-o-milagre-de-lanciano.html

      Talvez você consiga, afinal, é uma grande "estudiosa" do assunto :)

      Excluir
  14. Respostas
    1. Pentecostal ou Tradicional ? Calvinista ou Arminiana ?

      Excluir
  15. Bom...
    Respeito a forma que a fé de cada um é usada,sou católica e nunca ouvi o padre dizer que Deus é católico,e é uma falta de respeito muito grande uma "religião" falar mal de outra,Deus é amor é caridade é união,as igrejas protestantes é igreja também de Deus que também pode-se dizer que não é a escolhida por nosso pai,pois a igreja escolhida por nosso Deus é o nosso coração cheio de amor,caridade,respeito,compreensão com o próximo.

    A paz de Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, agora só falta dizer isso para a sua igreja, que diz isso aqui em seus concílios oficiais:

      “A Igreja crê firmemente, professa e prega que todos aqueles que estão fora da Igreja Católica, não só pagãos, mas também judeus ou hereges e cismáticos, não podem compartilhar a vida eterna e irão para o fogo eterno que foi preparado para o diabo e seus anjos, a menos que eles estejam ligados à Igreja Católica antes do final de suas vidas, pois a unidade do corpo eclesiástico é de tal importância que somente aqueles que recebem os sacramentos da Igreja contribuem para a salvação, fazendo jejuns, obras de piedade e práticas cristãs que produzem recompensas eternas, e ninguém pode ser salvo, não importa o quanto tenha doado em esmolas e até mesmo se derramou o seu sangue em nome de Cristo, a menos que tenha perseverado no seio e na unidade da Igreja Católica” (Concílio de Florença, 1431-1445)

      Bora lá evangelizar a sua Igreja dizendo que as igrejas protestantes também são de Deus =)

      Excluir
    2. Engraçado que pra todo católico dizer e pregar a Bíblia é desrespeito ,'desunião" . ICAR não é de Deus senhora. Assim como não é um terreiro de umbanda,ou uma placa denominacional cardecista. Sim,Deus é tudo isso que voce citou e muito mais. Aliás,é tambem o ÚNICO ("há um só) Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens,1Tm 2:5. Mas a igreja romana,essa que vc diz ser de Deus, prega que outros mediam também. Daí te pergunto: é uma Igreja de Deus, a igreja que prega uma outra verdade (outro evangelho) e 'desmente' Deus em tudo que diz? Que pensamento contrário,que espírito é esse que age ali,propagando erro,mentira e um outro evangelho senão aquele que provem das trevas?!
      "... vim trazer divisão!" Lc 12:51
      Treva e luz não anda em união. Quem foi separado por Deus em Jesus não se 'une' com o que é profano. Falacia de união é mui belo no meio católico romano, mas cai por terra quando se é atacado a santa(na verdade profana e maligna) madre igreja papal.....Daí a gente vê a hipocrisia e a guerra pegando fogo........

      Excluir
  16. Se contarmos quantas vezes um católico falou "você esta falando mal de minha religião" acho que dá pra fazer um livro. Esse povo não lê o que esta escrito ou só passa por cima?
    Ricardo Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É duro. Não se pode falar a verdade. Eles fogem da verdade, até porque sabem que a verdade vai levá-los para longe de sua religião. Típico comportamento de fanático. Quando confrontado com a verdade, saem-se com essa: você está falando mal da minha religião, devemos respeitar todos, blá, blá, blá...

      Excluir
  17. Olá Lucas,
    Sou Católico e concordo com você que milagres e curas podem acontecer em igrejas e seitas cristãs (somente nelas), porém discordo que seja pela ação de satanás, mas sim pela ação do Espirito Santo. Como acredito nisto gostaria que você nos testemunhasse um único milagre palpável e concreto da sua igreja, pode até ser um corpo incorruptível de um pastor.
    Você está enganado ao atribuir ao demônio milagres, como vemos no primeiro livro de Reis capitulo 18, ele não consegue imolar sua própria oferenda. E mesmo quando satanás tentou a Cristo usou da palavra de Deus para prometer milagres. Lucas atente-se para o perigo de atribuir poderes e milagres ao demônio, pois é um pecado contra o Espirito Santo como vemos em Mateus 12: 22-37.
    Concordo também quando você diz: “E essas mesmas Escrituras declaram taxativamente que falsos profetas também fariam sinais, milagres e maravilhas, mas nem mesmo assim escapariam do fogo do inferno:”
    “Então, se alguém vos disser: ‘Eis aqui está o Cristo!’, ou: ‘Ali!’, não o acrediteis. Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios, a fim de desencaminhar, se possível, até mesmo os escolhidos” (Mateus 24:23,24)
    O interessante é que Jesus fala no tempo verbal futuro e estamos no segundo milênio depois que esta passagem foi dita. Diante disto é bom lembrar outra passagem: “E digo-te ainda que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16: 18). Jesus institui a Igreja neste momento e ainda fala que as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Portanto aqueles que defendem que a Igreja Católica se desviou da doutrina de Cristo estão na verdade dizendo que as portas do inferno prevaleceram. Afirmar isto é dizer que Jesus é mentiroso ou não tem autoridade alguma. Não estou dizendo que a Igreja Católica não cometeu erros em sua história (erros cometidos por homens), mas a doutrina de Jesus permanece inalterada, pois a nossa fé em Jesus garante que ele é a verdade e só revelou a verdade, portanto jamais as portas do inferno prevalecerão contra a Igreja Católica. Diante disto, quando Jesus fala dos falsos profetas no tempo verbal futuro será que ele não está se referindo a essas milhares de igrejas e seitas cristãs, que se originaram através de ex-católicos preguiçosos e rebeldes?
    Com relação ao significado da afirmação “Fora da Igreja não há salvação” vemos a resposta no Compêndio do Catecismo da Igreja Católica:
    “Significa que toda a salvação vem de Cristo-Cabeça por meio da Igreja, que é o seu corpo. Portanto não poderiam ser salvos os que, conhecendo a Igreja como fundada por Cristo e necessária à salvação, nela não entrassem e nela não perseverassem. Ao mesmo tempo, graças a Cristo e à sua Igreja, podem conseguir a salvação eterna todos os que, sem culpa própria, ignoram o Evangelho de Cristo e a sua Igreja mas procuram sinceramente Deus e, sob o influxo da graça, se esforçam por cumprir a sua vontade, conhecida através do que a consciência lhes dita." (CIC – Compêndio - 171 846-848).
    Gostaria de pedir mais respeito com a Igreja Católica que está no mundo em torno de 2 mil anos e passou por varias dificuldades com relação a interpretações divergentes da Bíblia. Sendo que a maioria das divergências foram resolvidas com concílios e muito estudo em cima das discordâncias, nada foi resolvido no achismo, isto tudo por se tratar de algo muito sério e para manter a unidade que Jesus tanto nos pediu. Ao contrário vejo que muitas igrejas e seitas Cristãs de hoje, que quando vivem uma divergência há uma separação e outra denominação é instituída.
    Gostaria realmente que esta carta resposta fosse publicada no seu blog ou que você retirasse este artigo bisonho e perigoso pra você mesmo, pois comete publicamente um pecado contra o Espirito Santo. Convenhamos que caso você não tome nenhuma destas duas ações, significa que escrevi esta carta para um falso profeta ao qual Jesus se referia. Lucas não me desaponte.
    Att.
    Edgar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) O diabo só não pode fazer milagres se Deus não permite. Se Deus permite, ele pode sim. Eu passei sete provas neste artigo e você não refutou NENHUMA. Aliás, só por conta disso eu não teria nenhuma obrigação de publicar seu comentário aqui. Eu só publico aquilo que tem alguma refutação. Você não trouxe nenhuma, apenas enrolou e mudou de temas tentando atirar para todos os lados para ver se acerta em alguma coisa.

      2) Jesus falar no tempo verbal futuro só significa que aconteceria no futuro, ou seja, dali em diante. Não sei de que raios você tirou que isso só se aplica para um ou dois milênios mais tarde. Trinta segundos depois e já seria “futuro”. Sua exegese é realmente lastimável.

      3) Paulo já disse que existia falsos mestres em sua época:

      “Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os colocou como bispos, para pastorearem a igreja de Deus, que ele comprou com o seu próprio sangue. Sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio DE VOCÊS e não pouparão o rebanho. E DENTRE VOCÊS MESMOS se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos” (Atos 20:28-30)

      Tem que ser desonesto pra cacete para dizer que Paulo estava falando de coisas que ocorreriam apenas dois mil anos mais tarde...

      4) Citar Mateus 16:18 sem contexto e sem exegese é coisa de fraudulentos. Cite o texto completo, faça exegese no grego se conseguir, e verá que Cristo estava falando da fé de Pedro expressa no verso 16, e que a única pedra de fundamento da Igreja é Jesus Cristo. E mesmo que fosse Pedro a pedra, o texto está falando da Igreja, que é o corpo de Cristo, ou seja, todos os cristãos sinceros. Não está falando NADA de uma instituição particular como a Igreja Romana, que nada mais é senão uma igreja prostituída e apóstata, assassina e perversa. Ela NUNCA foi, não é, e jamais será a “Igreja de Cristo” de Mateus 16:18.

      5) Nunca deixou de haver cristãos sinceros no mundo; portanto, as portas do inferno não prevaleceram contra a Igreja, embora tenham prevalecido contra a Igreja de Roma em particular, bem como sobre outras igrejas locais (é só ler Apocalipse 2 e 3 para ver que já existia apostasia local em finais do primeiro século).

      6) Nunca disse que não existem falsos profetas em igrejas evangélicas. E isso em nada muda o fato de que a Igreja Romana tem por cabeça um falso profeta.

      7) Sobre “fora da Igreja não há salvação”, cabe a você explicar por que certos documentos da Igreja respondem que sim, e outros documentos respondem que não:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/12/afinal-ha-salvacao-fora-da-igreja.html

      De qualquer forma, eu estou pouco me lixando para o que a tua igreja pensa sobre isso, se ela acha que só os católicos podem se salvar é problema dela, ninguém exceto os próprios católicos tem motivos para se preocupar com isso (da mesma forma que eu não dou a mínima se um muçulmano diz que eu vou pro inferno só por não ser muçulmano).

      8) Se tantos anos e anos de “estudo” levaram a concluir que é correto torturar e assassinar pessoas simplesmente por terem uma fé diferente, então me desculpe, mas eu abro mão de tantos “estudos”. Prefiro ficar com algo mais lúcido e menos tirânico.

      Excluir
  18. Pura doença espiritual, protestantes sempre com o véu da soberba e mentira que cegam-os e guiam outros cegos... o joio de Lutero há tempos está enraizado pela mão de satanás.... e se satanás tem ódio extremo à Nossa Senhora(Mãe de Jesus), o mesmo ocorre com os protestantes!! xorem a miséria de mentiras e acusações maldosas q vcs têm contra a maior serva de Deus!!! xooooooooooorem!!!akkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, depois dessa acho que só me resta "xorar" mesmo...

      Excluir
    2. Depois desse argumento de extrema sabedoria resolvi romper com o protestantismo. Aliás, já desisti, se alguém não sabe escrever chorar não pode argumentar sabiamente, kkkkkk

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.