2 de agosto de 2015

Astronauta católico Rafael Rodrigues refutado de novo, desta vez sobre a tradição


Mal se passou um dia desde a minha terceira refutação seguida ao astronauta embusteiro (se você não viu os três artigos, clique aqui, aqui e aqui), e Alon Franco lhe deu mais uma bela surra sobre a questão da tradição oral, publicada em nosso blog:


Acho que já chegou a hora de declarar formalmente que, a partir de hoje, o astronauta católico está sendo promovido ao patamar de saco de pancadas oficial do protestantismo (e calma, vem mais por aí nos próximos dias, bem mais).

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (www.lucasbanzoli.com)


-Meus livros:

- Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
LucasBanzoli.Com (Um compêndio de todos os meus artigos já escritos)
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Fim da Fraude (Refutando as mentiras dos apologistas católicos)

4 comentários:

  1. Lucas, O Astronauta Rafael, para provar que Pedro foi Papa de Roma, disse:

    Se você prestar atenção vai ver que a citação fala "PRIMEIRO DEPOIS' ou seja, Lino foi o PRIMEIRO DEPOIS de PEDRO, juntamente com Clemente que foi o TERCEIRO DEPOIS. Isso não quer dizer que antes de Lino não existia um bispo em Roma, quer dizer somente que depois de seu fundador e Apóstolo Pedro, quem por primeiro assumiu a cátedra de Roma foi Lino, é só você ler:
    “...Lino, que é mencionado na II carta a Timóteo indicando que se encontra com ele em Roma, já foi demonstrado anteriormente que foi designado para o episcopado da igreja de Roma, O PRIMEIRO DEPOIS DE PEDRO...” (História Eclesiástica: Livro III, capítulo 4 Versículo 8 )
    A mesma coisa acontece com Alexandre que é dito com QUINTO DEPOIS DE PEDRO.
    “Neste tempo também, tendo Evaristo cumprido seu oitavo ano, o episcopado de Roma passa para Alexandre, quinto na sucessão a partir de Pedro e Paulo.” (História Eclesiástica, Livro IV, capítulo 1, versículo 1)

    Fora que seria realmente uma incoerência ler que Eusébio fala que Pedro foi quem fundou a Igreja de Roma no início do império de Claúdio e depois achar que antes de Lino não houve bispo em Roma, sendo que Lino só assumiu o cargo em Roma no império de Nero, isto é, 25 anos depois de Pedro ter fundado a Igreja lá.

    Como você responderia a este argumento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo muito bonitinho se não fosse por um problema: nenhum destes textos falam que Pedro foi BISPO de Roma. Subitamente o astronauta católico se esqueceu de que na esmagadora maioria dos textos Pedro não aparece sozinho, mas JUNTO COM PAULO, sendo que em alguns destes textos Paulo aparece inclusive por primeiro (antes de Pedro), mas esses textos o astronauta esconde, é claro, porque eles demonstram claramente em que sentido que o bispado de Lino ocorreu "depois de Pedro":

      “Depois do martírio de Paulo e de Pedro, Lino foi designado como primeiro bispo de Roma. Ele é mencionado por Paulo quando escreve de Roma a Timóteo, na despedida ao final da carta” (História Eclesiástica, Livro III, 2:1)

      Veja que Pedro não aparece sozinho, ele aparece JUNTO COM PAULO, e portanto se este texto está falando de bispado então temos dois "papas" reinando juntos e não apenas Pedro!

      Em segundo lugar, note que o texto fala claramente que aquilo aconteceu depois do MARTÍRIO de Paulo e Pedro, ou seja, não está falando nada que Pedro foi bispo de Roma, e sim que Lino foi o primeiro e que isso (esse acontecimento) se deu depois do martírio de Pedro e de Paulo, POR ISSO que é empregada a expressão "depois de Pedro...".

      Seria o mesmo se eu dissesse:

      “Depois que Dom Pedro II foi exilado, Deodoro da Fonseca foi designado como primeiro presidente do Brasil”

      Será que o fato de Deodoro da Fonseca ter sido designado o primeiro presidente depois do exílio de Dom Pedro II significa que não foi Deodoro o primeiro presidente da República, mas sim Dom Pedro II? É claro que não. Da mesma forma, o fato de Lino ter sido o primeiro bispo de Roma depois das mortes de Paulo e Pedro não significa que Paulo e Pedro foram bispos antes dele.

      Eusébio também diz que Anacleto foi o segundo e Clemente foi o terceiro, confirmando o fato de que Lino foi o primeiro:

      “Paulo também atesta que Clemente - instituído terceiro bispo da Igreja de Roma - foi seu colaborador e companheiro de luta” (História Eclesiástica, Livro III, 4:9)

      Ensinando para os católicos:

      1º Lino
      2º Anacleto
      3º Clemente

      Ou Eusébio não sabia contar até três, ou Pedro não foi bispo de Roma.

      É sempre útil e importante lembrar:

      a) Visitar ou estar em uma igreja de passagem NÃO SIGNIFICA ser bispo desta igreja. Pedro era bispo de Antioquia, e não de Roma (segundo Eusébio). Paulo visitava e escrevia para muitas igrejas, mas não era bispo de todas elas, e o próprio Pedro pregava o evangelho "por toda parte" (At.9:32), e ele não podia ser bispo de todo lugar. Portanto dizer que Pedro esteve alguma vez em Roma NÃO SIGNIFICA que ele estava lá na condição de bispo daquele lugar.

      b) Não era costume um apóstolo ser bispo de mais de uma igreja, pelo menos não há NENHUMA confirmação histórica de que algo assim tenha ocorrido com outro apóstolo, ou trocado de diocese. Se Pedro era bispo de Antioquia, ele era bispo de Antioquia e ponto. Não de Roma.

      c) Ter sido martirizado em Roma também NÃO SIGNIFICA ser "bispo" daquele lugar, porque era costume que os líderes de seitas consideradas perigosas ao império romano fossem enviados a Roma para serem julgados e condenados. Até Inácio de Antioquia foi transferido a Roma para morrer, e ele nunca foi bispo de Roma.

      Há muito mais a ser dito, recomendo este artigo:

      http://apologiacrista.com/pedro-nunca-foi-bispo-de-roma

      Abraços.

      Excluir
  2. É esse site que você o refuta ? http://macabeus.no.comunidades.net/os-pais-da-igreja-e-a-heresia-da-sola-scriptura ou n ? Tem algum artigo seu refutando esse ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem fez a refutação acima foi o Alon, não eu. Eu já refutei o astronauta católico e o Sr. Obsceno (dono deste outro blog em questão) nestes outros três artigos, que até hoje ninguém sequer tentou refutar coisa alguma:

      http://apologiacrista.com/os-pais-da-igreja-e-a-sola-scriptura

      http://apologiacrista.com/tradicao-apostolica

      http://apologiacrista.com/telefone-sem-fio-tradicao-oral

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.