14 de março de 2017

Novo artigo do Bruno Lima


O Bruno Lima, do excelente blog "Respostas Cristãs" (que depois de apenas dois meses no ar já fez apologista católico sumir até hoje e desaparecer do mapa pra sempre), voltou! E ele postou mais um excelente artigo, desta vez sobre a lenda da assunção de Maria. Confiram:


Convido a todos que quiserem a ler e comentar no artigo dele, e a apreciar também os outros artigos, sempre com uma farta e impecável fundamentação histórica. Não percam.

Aproveito o espaço também para anunciar que muito em breve, nos próximos dias, estará pronto o meu livro chamado “A Bíblia e a Escravidão”, baseado na minha Tese de Dissertação do mestrado, com o mesmo título. Sem falsa modéstia, é totalmente imperdível para quem tem interesse no tema. Várias pessoas já me contataram até hoje dizendo que esse ou aquele livro meu é o melhor que elas já leram na área, mesmo eu próprio nunca afirmando tal coisa. Mas dessa vez eu afirmo sem erro: este livro É o melhor, mais profundo, mais completo e mais argumentativo de todos os livros da área, incluindo os livros estrangeiros. E não há nada já publicado na internet com tanta profundidade, na verdade é de se lamentar o conteúdo que se tem atualmente, ao menos em português. Portanto, a não ser que este assunto não lhe interesse em nada, leia. O pdf, como em todos os meus outros livros, será gratuito.

Antes que me perguntem, no livro a minha crítica ao catolicismo é bem leve, porque o tema central é sobre o que diz a Bíblia e não sobre o que foi pregado pelos papas. Mas eu pretendo escrever um outro livro depois desse, ou pelo menos um livreto, abordando exclusivamente o posicionamento da Igreja Romana ao longo de todo o período escravocrata. Se algum apologista católico ainda não perdeu os cabelos da cabeça, vai perder agora.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,

-Meus livros:

- Veja uma lista de livros meus clicando aqui.

- Confira minha página no facebook clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros blogs:

LucasBanzoli.Com (Um compêndio de todos os artigos já escritos por mim)
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Artigos devocionais e estudos bíblicos)
Desvendando a Lenda (Refutando a imortalidade da alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)
Fim da Fraude (Refutando as mentiras dos apologistas católicos)

88 comentários:

  1. Deus te abençoe sempre!

    ResponderExcluir
  2. olá irmão! me desculpe se tenho dificuldade na escrita ou na concordância, Lucas não leve muito em conta se eu estiver errado me corrija no português.Sou ex- muçulmano natural do Líbano e estou a 6 anos no Brasil. isso por causa da minha conversão na igreja Evangélica lá no Líbano fui expulso da aldeia lá no Líbano pelos meus própios pais e aqueles que se diziam amigos.Querido irmão estou triste a ponto de ir as lagrimas ,por que à vida aqui no Brasil não tá nada fácil,moro em Belo Horizonte e na igreja do qual eu congrego recebi o apelido de homem bomba sou motivo de chacota pelos meus irmãos, estou quase desfalecendo na fé...por favor me ajude não quero me afastar e ficar com ódio dos cristãos que eu achava que eram todos unidos ...como a mensagem do Evangelho de amor de Cristo me alcançou .o que devo fazer irmão estou aflito.eu tenho uma feição que parece de um terrorista, mas não sou ,nunca fui...tirei até a barba, cortei o cabelo,mas pelo jeito não adiantou muita coisa não,meus irmão rirem de mim infelizmente não quero ter ódio dos Evangélicos recebi um convite pra ir pra igreja católica dizem que eles são cristãos, mas outros acham que a instituição é idolátra e diabólica.O que devo fazer ir a igreja católica e ficar por lá mesmo ,já que les dizem que o Papa é o representante de Deus na terra e segundo eles é a verdadeira igreja de amor...estou confuso me ajude ou devo procurar na sua opinião qual denominação irmão? Não quero perder a salvação ...tem um grupo de católicos da Canção Nova vem aqui em casa catequizar minha família e eu. o que faço recebo eles ou não?ou é uma cilada? ...eles dizem que os Evangélicos são desunidos, desumanos, falsos.me desculpe se errei muito no português.abraço, espero uma resposta convincente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mohamed, tudo bem? Em primeiro lugar, não se preocupe com o seu português, ele está ótimo, aliás muito melhor do que o de muitos que comentam aqui :)

      Sobre a questão que você levantou, primeiramente é necessário reconhecer, com tristeza, que existe mesmo um preconceito no Brasil e no mundo em geral contra os muçulmanos, uma visão limitada e discriminatória de que “todo árabe é terrorista” e coisa do tipo. Isso é muito triste, mas não é exclusividade dos evangélicos. Na minha opinião os católicos tendem a ser muito mais intolerantes, basta ver um pouco de História (protagonizaram Inquisição, Cruzadas, caça às bruxas, morticínios de todos os tipos, apoio às ditaduras em diversos países e discurso de ódio até hoje). Infelizmente isso provém da pouca instrução do brasileiro comum, além da doutrinação de certos setores da mídia. Eu posso falar por mim mesmo, que não tenho nenhum preconceito contra árabes, meu melhor amigo é um iraquiano que conheço há vários anos, nasceu e mora no Iraque até hoje, e é muçulmano. A gente conversa sobre os mais diversos assuntos sem nenhuma inimizade. O fato de ter uma nacionalidade, etnia ou religião diferente não pode impedir que as pessoas vivam em paz. Cristo veio para unir todos através do amor e da tolerância.

      O que eu recomendo a você é bastante simples: saia dessa igreja que você está indo (o que você já deveria ter feito há muito tempo, desde que começou a ser maltratado), e procure outra igreja evangélica, existem muitas em todas as cidades do Brasil, ainda mais em Belo Horizonte. Não vá à Igreja Católica e nem aceite a doutrinação da Canção Nova, isso não é Cristianismo, é paganismo disfarçado. Possui alguns elementos cristãos, mas como um todo, é uma mistura de Cristianismo com paganismo idólatra. Mas eu também não quero fazer a sua cabeça (igual os católicos fazem), por isso o desafio a estudar por si mesmo: pegue uma Bíblia, especialmente o Novo Testamento (onde estão as doutrinas cristãs), leia inteiro quantas vezes puder, e então confira se os ensinamentos ali presentes se parecem com os da Igreja Católica, ou com os ensinamentos evangélicos. 100% das pessoas que já fizeram este teste na vida concluíram pelo lado evangélico, porque a doutrina católica é obviamente uma distorção, uma deturpação, uma violação grosseira dos ensinos de Jesus.

      Quando eu tinha menos idade e ainda não conhecia quase nada de Bíblia, eu fiz esse teste por mim mesmo. Todas as segundas-feiras eu lia o Novo Testamento inteiro, dava entre 16 e 20 horas de leitura consecutiva, e fiz isso por vários meses. Isso foi extremamente importante para me tornar quem sou hoje. Você não precisa ler tudo em um dia se não quiser, mas em uma semana creio que consegue sem problemas, ou pelo menos em um mês (isso depende do tempo que você tem disponível, é claro). Faça isso e você não ficará mais confuso quanto a que igreja procurar, porque o próprio Senhor Jesus falará ao seu coração por meio daquelas palavras, e a segurança de estar com Ele falará muito mais alto do que qualquer outra coisa.

      Quanto aos falsos ensinos católicos, bom, todo este blog está repleto de artigos os refutando, creio que já escrevi uns 500 sobre os mais diversos temas. Você pode conferir uma lista melhor organizada aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2015/07/artigos-sobre-catolicismo.html

      E sempre que tiver qualquer dúvida ou quiser falar qualquer coisa, sinta-se à vontade para expor aqui, que eu ajudo como puder.

      Deus lhe abençoe!

      Excluir
  3. Lucas então provavelmente a própria faculdade vai querer publicar a Dissertação como livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A faculdade não tem uma editora própria, que eu saiba. E de qualquer forma, eu não quero esperar por meses até sair a aprovação (não sei quanto tempo isso leva, mas faz tanto tempo que não publico um livro que não quero esperar mais).

      Excluir
    2. Faz tempo que você não publica? Não faz nem dois anos, eu acho. kkkkkkk

      Excluir
    3. Faz 1 ano, mas pra quem publicava em média quatro livros por ano, ficar um ano inteiro sem publicar nada é vergonhoso :(

      Excluir
  4. Dá uma olhada no apologistas católicos para vê se sumiu mesmo,lançou 3 artigos novos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwwww, olha quem voltou, o SPAMMER mais conhecido do BrasiL, Glaysom!!!

      (Pra quem cometeu o crime de não conhecê-lo ainda, assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=A240Z4qEWJk)

      Eu sabia que um dia você conseguiria cara, ter um comentário aprovado aqui, PARABÉNS!!! Continue assim, nunca desista, a esperança é a última que morre! Congratulations =)

      Agora respondendo ao seu comentário: o sujeito que eu me referia, o que debateu com o Bruno Lima e DESAPARECEU DO PLANETA depois de levar um monte de refutação na cara, não é o que escreveu esses três artigos. Vocês são tão incautos que não conseguem nem LER o nome do autor visível acima e abaixo dos artigos, que neste caso foi um tal de "Nelson Sarmento" ou algo do tipo, um famoso anônimo. Não foi o Rafael. Ele é um dos donos do site, mas não é o único que escreve.

      Você realmente ainda não se convenceu que este sujeito é um completo COVARDE? Eu preciso mesmo fazer uma cronologia aqui?

      1) Debatemos sobre Pedro em 2010. Ele respondeu algumas vezes no blog antigo dele, e depois de ser refutado SUMIU.

      2) Depois debatemos sobre Pedro de novo, mas sobre sua passagem em Roma na carta aos romanos, ele foi refutado novamente e NUNCA me deu uma contra-argumentação ao meu texto.

      3) Depois ele tentou "refutar" algo que eu escrevi sobre o primado do bispo romano no Concílio de Niceia, eu refutei no mesmo dia, aí neste caso pela primeira vez ele fez uma contra-refutação, mas eu refutei de novo e ele novamente DESAPARECEU, até hoje me deve resposta.

      4) Depois ele me chamou pra um "debate" sobre o cânon bíblico, supostamente ele viria a Curitiba para um "casamento", MAS misteriosamente ele nunca apareceu, vai ver os noivos se separaram antes, né?

      5) Depois ele tentou ridiculamente refutar meu artigo dos Pais da Igreja contra a imortalidade da alma, então eu escrevi SETE artigos destruindo parte por parte do dele, e ele nunca deu uma resposta, aliás inclusive já disse que não escreveria nada.

      6) Depois foi a vez da Inquisição, ele escreveu no facebook dele um texto tosco e patético tentando refutar o meu uso da obra "Manual dos Inquisidores", e eu escrevi um novo artigo desmascarando linha por linha da fraude, e ele novamente não apareceu para contra-argumentar. Algum tempo depois me bloqueou no facebook para eu não poder ler e desmascarar mais nada do que ele escreve por lá (hahahahahaha).

      De lá pra cá ele nunca mais ousou "refutar" mais nada meu, e provavelmente não irá, pois é covarde, parece criança marrenta que faz uma gracinha aqui ou ali e depois que é repreendido FOGE da briga, como o diabo corre da cruz.

      Excluir
    2. Vale lembrar que não é só comigo que ele é um covarde, com o Hugo do "Conhecereis a Verdade" ele foi refutado NO SEU PRÓPRIO SITE, na época ele tinha aberto a caixa de comentários e o Hugo foi lá desmascarar ele (depois de já tê-lo refutado no seu blog pessoal), então o que ele fez? Primeiro ele tentou responder, mas depois que foi refutado de novo simplesmente FECHOU A CAIXA DE COMENTÁRIOS, deletando todos os comentários anteriores. Ou seja, o cara é tão fraco e covarde que não consegue debater nem dentro do seu próprio site, onde ele controla tudo. E agora essa última, quando debateu com o Bruno Lima em 4 rounds há nove meses atrás, e a coisa foi piorando tanto pro lado dele que depois da última refutação ele desapareceu de novo, não postou mais contra-argumentação nenhuma e nem vai postar.

      Se é nesse tipo de gente covarde e medíocre que vocês se apoiam para contestar o protestantismo, eu só posso ter pena. Poderia passar link por link aqui de todas as refutações, mas perderia muito tempo e para isso já existe o blog "Fim da Fraude", onde o Alon e eu linkamos tais refutações não apenas a ele, mas a todos os outros apologistas católicos mais conhecidos (e atrevidos) que tentam nos refutar:

      https://fimdafraude.wordpress.com

      Agora que você já teve seus dois minutos de glória, pode voltar a spammear mais quinhentos comentários para ver se quem sabe, um dia, tem um outro aprovado aqui (se eu ler, é claro).

      Excluir
  5. Mais um lugar para ser o #Anti-First!

    ResponderExcluir
  6. Olá Lucas , graça e paz . Em virtude de movimento neo-conservador vemos homens como o Professor Olavo de carvalho subir e ganhar grande credibilidade , ora um homem desse quando fala contra o protestantismo leva e influência várias pessoas . Você teria algum artigo falando ou refutação as objeções dele . O que você acha dele um bom exemplo ou um homem a ser evitado em relecão as suas opiniões ?




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a paz. Olha, eu já fui um apreciador dos escritos deste senhor, embora nunca tenha chegado a ser fã e muito menos um "olavete" (graças a Deus). Mas hoje, a minha opinião sobre ele é que ele é apenas mais um louco, além de um boca suja, mal-educado, um poço de soberba e arrogância. No começo, quando vi as primeiras coisas absurdas que ele disse sobre o protestantismo, eu pensei que ele fosse bem-intenecionado, mas apenas mal informado. Mas quanto mais o tempo foi passando e mais louco ele foi ficando, mais eu fui percebendo que o problema é que ele é desonesto mesmo, é canalha, ele SABE a verdade e mesmo assim MENTE para enganar os trouxas dos seus seguidores e levá-los ao catolicismo, ou pelo menos ao ódio ao protestantismo, contradizendo tudo aquilo que ele escrevia antigamente.

      Ele não é nada diferente da laia dos demais apologistas católicos em geral, ou talvez seja ainda mais mentiroso e desonesto. Alguns chegam aqui no meu blog e dizem que ainda admiram ele pelo "lado político" mas que rejeitam o "lado religioso", mas até em política esse cara tem alucinado ultimamente, tudo o que ele fala é para a glória e promoção pessoal e não acerca da verdade dos fatos, e está criando (ou melhor, já criou) uma legião de fanáticos zumbis e extremistas, que não ficam por menos em relação aos fanáticos da extrema-esquerda.

      Mas em relação aos artigos, tenho sim muitos refutando bobagens que ele diz, confira alguns aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/09/os-protestantes-odeiam-virgem-maria.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/09/vinte-sinais-de-que-voce-esta-em.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/04/a-igreja-catolica-contra-o-capitalismo.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/10/o-vitimismo-catolico-e-sindrome-da.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/09/olavo-de-carvalho-excomunga-o-papa.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/04/o-pior-argumento-catolico-de-todos-os.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/11/refutando-falacias-catolicas-sobre.html

      Abs.

      Excluir
    2. Concordo Lucas. Pra começo de conversa o sr Olavo nem de teologia entende. Filósofos melhores do que ele existe aos milhares. A única coisa sr Olavo é mestre é em falácia e encher linguiça.

      Excluir
    3. Se papa nenhum conseguiu refutar o protestantismo, alguém acha que um ignóbil como Olavo de Carvalho tem capacidade para tanto?

      Excluir
    4. Eu ainda gosto do Olavo, principalmente em análises políticas. Mas percebi que ele não é católico, na verdade é um perenialista, e, portanto, tem todo o paganismo perenialista junto a ele. Ele é católico apenas exteriormente, e mesmo assim defende, mentindo bastante, essa religião. Ele diz bastante besteira quanto à teologia e protestantismo, principalmente. Porém ainda acho que devemos lê-lo, principalmente quanto à guerra cultural e política. Ele percebeu e conseguiu desmascarar diversas armadilhas colocadas para quem leva a vida cristã a sério.

      Excluir
    5. Pelo que pude perceber há muitos protestantes que estão se convertendo ao catolicismo por conta da filosofia com aquela história toda envolvendo o nominalismo e não somente isso, há livros históricos utilizados por eles contra o protestantismo, entre quais cito:
      Eric Voegelin-História das ideias políticas- Volume 4
      Hilaire Belloc- As Grandes Heresias.
      Marcel Gauchet- O advento da democracia volume I
      Joseph Denifle, Lutero e seu desenvolvimento, 2 vols. <-- o mais famoso de todos e utilizado sem exaustão pelos estudiosos católicos, inclusive o Olavo. E o livro de Jacques Maritain, Os Três reformadores, 1923.

      Lucas, vc poderia me indicar algo que possa refutar tais livros?

      Excluir
    6. Essa mentira de que Lutero era um nominalista já foi refutada pelo Vitor Barreto em resposta ao comentário de um católico (o primeiro comentário do artigo abaixo):

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/06/famoso-pastor-sueco-se-converte-ao.html

      O próprio Vitor Barreto tem um site inteiro voltado a estas questões, que recomendo fortemente para elucidar essas dúvidas:

      http://umavisaoreformada.blogspot.com.br

      Entre os artigos postados tem essa série sobre a "Revolução Civil":

      PARTE 1:

      http://umavisaoreformada.blogspot.com.br/2015/05/a-revolucao-civil-parte-1-por-r.html

      PARTE 2:

      http://umavisaoreformada.blogspot.com.br/2015/05/a-revolucao-civil-parte-2-por-r.html

      PARTE 3:

      http://umavisaoreformada.blogspot.com.br/2015/05/a-revolucao-civil-parte-3-por-r.html

      PARTE 4:

      http://umavisaoreformada.blogspot.com.br/2015/06/a-revolucao-civil-parte-iv-por-r.html

      PARTE 5:

      http://umavisaoreformada.blogspot.com.br/2015/06/a-revolucao-civil-parte-5-por-r.html

      E essa refutação dele ao Olavo de Carvalho, publicada no site "Bereianos":

      https://bereianos.blogspot.com.br/2015/09/a-genese-da-revolucao-civil-uma.html

      http://bereianos.blogspot.com.br/2015/10/a-genese-da-revolucao-civil-uma.html

      Também irá contribuir esses meus artigos onde refuto mentiras católicas de temas correlatos:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/06/destruindo-todas-as-calunias-catolicas.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/06/protestantismo-desenvolvimento.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/12/o-protestantismo-e-o-pai-do-comunismo-e.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/04/a-igreja-catolica-contra-o-capitalismo.html

      O livro do Max Weber (A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo) também ajuda. Se quiser mais recomendações de livros que abordem essas questões filosoficamente sugiro que pergunte ao próprio Vitor Barreto que é especialista na área e escreve bastante sobre isso. Embora eu conheça um pouco de filosofia, minha área é mais estrita à teologia, em filosofia ele sabe muito mais que eu e poderá ajudar melhor.

      Abs.

      Excluir
    7. Opa, demorei pra ver sua resposta, valeu por mostrar estes textos, mas eu já havia lido eles, inclusive tenho as 04 Obras selecionadas de Martinho Lutero onde mostra que ele teve um pensamento contrário ao nominalismo, porém o que me deixou confusa foi o livro "Teologia dos reformadores" de Timothy George onde afirma na pagina 59 a seguinte frase:"Lutero instruiu-se completamente na tradição nominalista da baixa Idade Média.
      Em certos tópicos, tais como a questão dos universais, Lutero continuou sendo um expoente da via moderna, mesmo após seu aparecimento como reformador." <-- achei intrigante, parece que ficou alguns resquícios disso nele, meu questionamento seria se o nominalismo de algum modo afetou o protestantismo, pois os católicos adoram jogar isso para cima de nós. Bom, eu irei perguntar isso a ele (Vitor) então, obrigada pelas respostas.

      Deus lhe abençoe!

      Excluir
  7. Olá. Tenho algumas dúvidas a cerca de aspectos da fé. Jesus nos evangelhos nos diz q se a gente tivesse fé do tamanho de uma mostarda faríamos grandes coisas, q se crermos de todo coração receberíamos, etc.
    Bom, vamos pro aspecto prático.
    Digamos que eu tenho um pai e ele não é cristão, porém, eu sou. Daí eu oro pelo meu pai vários anos, ele adoece, falo de Jesus pra ele, oro por ele para que Jesus o converta e creio que isso ja aconteceu (em um ato de fé), porém, ele morre e decide que não quer seguir a Cristo. Como explicar porque meu pai morreu sem conhecer a Cristo, se eu tive fé, não duvidei, orei e jejuei por ele e mesmo assim não aconteceu?
    Isso é só um exemplo. Existem outros exemplos, como no caso da cura de uma doença, na qual eu creio que ja fui curada (tive um ato de fé), porém não sou curada. Como explicar a fé e o fato das coisas não sairem da forma como acreditei?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a paz. Na verdade o versículo em questão não diz para ter fé "do tamanho" do grão de mostarda, esse é um erro de tradução presente em algumas versões, o que diz na verdade é para ter uma fé "como" o grão de mostarda, no sentido de qualidade, assim como o grão de mostarda no início é o menor de todos os grãos, mas depois se torna a maior de todas as hortaliças. Mas isso é irrelevante nesta questão, porque a razão pela qual a maioria das pessoas não obtém aquilo que pedem a Deus não é por causa de uma deficiência na fé delas, mas simplesmente porque aquilo não é da vontade de Deus.

      Você citou alguns casos, como uma doença (mas poderia se aplicar a qualquer outro caso). A Bíblia mostra vários personagens que ficaram doentes e não foram curados, como o caso do próprio apóstolo Paulo e seu "espinho na carne". Mostra outros que ficaram doentes e morreram com essa doença, como o profeta Eliseu. Jesus disse que uma doença pode ser para a glória de Deus (Jo 11:4). De uma forma que podemos não compreender totalmente, uma doença (ou um problema de qualquer natureza) pode contribuir para o crescimento espiritual, seja da própria pessoa ou de outras. Quando Cristo fala sobre mover montanhas por meio da fé, isso presume que a vontade de Deus seja que a montanha seja movida. Não quer dizer que Deus SEMPRE queira mover aquela montanha em específico, mas significa que sempre que Deus quiser, você vai conseguir se tiver fé. A vontade de Deus é sempre um pré-requisito implícito em todos os versículos. Ou seja: se algo é da vontade de Deus, basta orar com fé que irá acontecer (o que significa que algo possa ser da vontade de Deus e mesmo assim não acontecer, caso a pessoa não ore ou ore sem fé). Mas se não for, mesmo a oração com fé não irá adiantar.

      O caso da oração por conversão é diferente, pois não se trata de coisas inanimadas, mas de uma outra pessoa, que tem seu próprio livre-arbítrio, e Deus não infringe o livre-arbítrio das pessoas mesmo para atender orações, exceto em casos extraordinários, mas este não é o modus operandi de Deus nas Escrituras. Ele deixa que a pessoa faça a sua própria escolha. Mas isso não significa que a oração seja inútil. A oração vai ajudar a abrir o coração dele para a fé, vai abrir as portas, mas se ele vai aceitar e passar pela porta, aí é com ele. Tem gente que é tocada por Deus e o aceita imediatamente, tem outros que aceitam com relutância depois de um tempo, e tem outros que tem o coração tão fechado que não aceitam de jeito nenhum. A oração de intercessão ajuda neste processo, mas como se trata de uma outra vida, ela ainda continua tendo domínio sobre suas decisões (de crer ou não crer). De qualquer forma, todas as orações (mesmo as que não são correspondidas) são úteis no sentido de nos trazer para mais perto de Deus em comunhão, mesmo quando a resposta ao nosso pedido é um "não", ou um "espere" (ou quando somos atendidos de uma forma diferente da esperada).

      Excluir
    2. Ótima explicação Lucas....

      Adicionaria o seguinte: muitas pessoas tem "fé na fé". Elas acreditam que o fato de eu acreditar piamente que algo vai acontecer fará com que isso acontecer. Ocorre que essa não é a fé bíblica. A fé da Escritura é a confiança em Deus. Eu posso pedir algo a Deus expondo meus desejos, mas confio que ele sabe o que é melhor e que se ele não me der, suas razões e propósitos são melhores que os meus.

      Essa fé que o nosso comentarista descreveu é a fé da teologia da confissão positiva. Fuja disso, é uma heresia detestável.

      Excluir
    3. Ou detalhe a acrescentar é a fé não se resume a fazer pedidos estilo gênio da lâmpada

      Excluir
  8. Lucas, existe alguma dica em especial sobre como se apaixonar tanto pela leitura? Como memorizar de forma efetiva trechos longos e citações de livros e da própria Bíblia Sagrada? Estava pensando em comprar um curso online com algumas técnicas sobre memorização pra me ajudar. Me desculpe por fugir do tema mas é excepcional seu nível de dedicação, em minha vida vi pouquíssimas pessoas assim, queria ter pelo menos 5% dela. Deus te abençoe sempre. Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sou bom em memorizar, e nem acho que este seja o caminho. O jeito é aprender, não memorizar. Eu não sei se esses cursos aí funcionam porque eu nunca fiz nenhum deles, mas basta se aplicar no campo de estudo, que as coisas vem à mente. Aliás eu acho este o problema de muitos pastores por aí, eles não estudam a Bíblia, apenas memorizam versículos por meio dessas técnicas, e no final das contas acabam virando um papagaio de versículos decorados mas sem nem um mínimo de entendimento sobre o que esses mesmos versículos dizem. Não sabem o contexto, não estudam o todo, não fazem hermenêutica, apenas decoram os versos e acham que já estão aptos para ensinar as pessoas. Eu muitas vezes não faço ideia de onde estão os versículos, preciso sempre da Bíblia Online pra encontrar o capítulo e o versículo exato, às vezes também não me lembro de como exatamente o versículo era (palavra por palavra), mas sei o contexto, entendo o que o escritor estava dizendo, compreendo o que a Bíblia como um todo ensina sobre essa questão, porque embora não seja bom em memorizar a forma, consigo assimilar o conteúdo (que é muito mais importante e eficiente em teologia).

      A mesma coisa se aplica a outros campos, por exemplo em história. Eu posso não memorizar por exemplo o dia exato da proclamação da república ou da independência, mas sei os eventos que geraram aquilo, entendo os "porquês" da situação, como que a coisa se desenvolveu, etc, o que é muito mais importante do que apenas decorar a "forma" (datas, versículos, referências, etc), mas não saber o "conteúdo" (essência). Até porque, com toda a tecnologia que temos hoje, decorar a "forma" está se tornando cada vez mais irrelevante, basta uma pesquisa simples e rápida que já se descobre essas coisas mais simples como datas ou localização de versículos. Não sei se eu consegui explicar direito, se não consegui me desculpe. Abs!

      Excluir
    2. Está ótimo Lucas. Fantástico. Sou um admirador do seu trabalho. Continue nos ajudando com os seus artigos, livros e com a sua assistência espiritual. Grande abraço.

      Excluir
  9. Os apologistas católicos estão simplesmente entendendo que não há argumentos pra debates e estão tornando devotos de são Inácio Loyola.

    ResponderExcluir
  10. ... estão em pânico! Reunião extraordinária para saber quem está nas sombras

    ResponderExcluir
  11. Ola Lucas.
    O tema escravidão me interessa sim, não sei qual viés que você seguiu (teológico, filosófico, econômico, antropológico, ...) mas ao meu ver, a escravidão era vista pelos povos antigos como algo normal e necessário para que a economia funcionasse. A industrialização foi quem pôs fim a escravidão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, o trabalho é de cunho teológico, mas eu também dediquei alguns tópicos e capítulos para abordar a questão historicamente e culturalmente, com uma pitada de filosofia. Acho que você vai gostar. Amanhã ou depois eu posto no blog, o texto em si já está pronto, só falta a diagramação e uns retoques finais.

      Excluir
  12. Qual a diferença entre a bilbia Thompson e Scofield. Qual devo comprar na sua opinião?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Thompson é mais completa e imparcial, recomendaria ela.

      Excluir
    2. Com relação ao conteúdo doutrinário, a Thompson defende o quê? Armianismo, calvinismo, etc..? A Scofield é dispensacionalista, isso eu sei.

      Excluir
    3. Tem a Bíblia Matthew Henry também.

      Excluir
    4. "Com relação ao conteúdo doutrinário, a Thompson defende o quê? Armianismo, calvinismo, etc..? A Scofield é dispensacionalista, isso eu sei."

      A Thompson se propõe a ser imparcial, ela não é conhecida por entrar em polêmicas doutrinárias, mas sim por registrar fatos históricos, geográficos, cronológicos, arqueológicos, dados biográficos, concordância, datas, mapas, devocionais, etc.

      "Tem a Bíblia Matthew Henry também"

      Sim, bem lembrado, essa também é ótima, eu tinha esquecido de mencionar essa, depois lembrei e você comentou bem depois :)

      Excluir
  13. Pra vc e pecado ver Harry Potter ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, eu vi todos os filmes (alguns mais de uma vez) e li o último livro.

      Excluir
    2. msm ele retratando coisas como espiritos e feitiçaria

      Excluir
    3. Sim, porque a "bruxaria" dali não é bruxaria real, é pura ficção, e todos tomam como ficção. Se eles estivessem incentivando uma bruxaria real, que levasse pessoas a este mal, aí sim eu seria contrário, mas ninguém em sã consciência iria aderir a uma bruxaria real por ver um filme explicitamente fictício onde se sabe que tudo ali é inventado e nada é real. Isso seria o mesmo que alguém pensar que pode entrar no seu armário e chegar em Nárnia.

      E se qualquer filme que tivesse uma cena de bruxaria tivesse que ser proibido, então nem sequer poderíamos ver um filme bíblico, pois a Bíblia retrata cenas de bruxaria como por exemplo da necromante de En-Dor com Saul. Tem que se avaliar o contexto, se se está apoiando a prática, se se está condenando, ou se é apenas ficção sem nada de mais. Porque se a ficção deve ser proibida, então nem Chaves poderíamos assistir, porque lá tem uma "Bruxa do 71", e ainda com um cãozinho chamado "Satanás"...

      Excluir
  14. Lucas vc poderia fazer um artigo me explicando porque o aliancismo é errado e pq o dispensacionalismo é correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é um tema que eu goste de escrever, mas posso fazer o possível.

      Excluir
    2. Mas eu não sei como aprender isso.Eu até peguei uns videos pra ver mas é muito complicado.Eu sei que existem 4 alianças: a de abrão, a de moises, a de davi e a nossa. Mas me confundo com isso de teologia de pacto.

      Excluir
  15. Concorda com esta frase de Jonathan Edwards?
    "A terra é o único inferno que os cristão irão desfrutar e o único paraíso que os descrentes irão desfrutar".

    ResponderExcluir
  16. Parece que o Bruno Lima não gosta de alguém sendo o #Anti-First!, você pode pedir para ele para liberar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, quem manda no blog dele é ele. Da mesma forma que eu não gostaria que alguém se intrometesse em como eu devo lidar com meu blog, eu não vou me intrometer no dos outros. Mas se você enviar uma pergunta normal, ou um comentário digamos útil, ele vai aprovar com certeza.

      Excluir
  17. Olá ,Lucas meu irmão em Cristo, como vai você?Meu irmão você foi inteligente em colocar no outro artigo tratando de assuntos aleatórios, por que assim fica...mais fácil escrever sobre vários temas, além de questões de cunho teológico.Mas a questão que queria abordar é sobre imagens ou representações religiosas de santos.Os Padres, os Bispos e catequistas falam é que não tem problema nenhum ter imagem na sua casa,sala, no quarto, na cozinha, na parede e nas igrejas, por que para eles não é errado se prostar, inclinar , beijar uma imagem é simplesmente um sinal de respeito, homenagem , honrar por tudo o quanto foi feito de bom aqui em vida entende?Eles se apegam a textos isolados do AT, onde os israelitas se ajoelharam diante da Arca da Aliança e diante dos reis santos entende?como Davi, Salomão e outros Profetas Bíblicos, por que segundos os "Cristãos" Romanos eles alegam que eram uma prática muito comum no Oriente Médio e até hoje existem isso na prática como sinal de veneração que os teólogos dizem que veneração no latim diz adoração e também adoração e que no grego veneração não tem nada de adoração será , Lucas?Eu sei irmão que você já falou sobre este tema, mas pra mim não ficou totalmente esclarecido, talvez porque não tenho um conhecimento vasto como você em grego ou Hebraico...mas essa raça são insistente na mentira e na arte de confundir , coisa que o inimigo faz muito bem.Os apologistas pegam principalmente textos do AT, como por exemplo:o Rei Ocozias ajoelhando diante de Elias (2Rs 1.13), Abraão que se prostaram diante dos anjos como forma de reverência (Gn 18.2), Moisés que se inclinou ou ajoelhou-se diante de seu sogro(Ex 18.7)e o Rei Saul que se dobrou diante do profeta Samuel, aí irmão Lucas eles dizem que com esses argumentos derrubam as "mentiras" Protestantes, já que nós condenamos está prática.Se puder responder de forma mais didática, fico grato por você ter sido educado conosco entende? outra pergunta se for possível responder é que explicasse melhor, sobre uma entrevista que o vi no Programa da Fátima Bernades que estava presente o Pe. Fábio de Melo, só não me lembro o ano...ele alegou em particular que a fé é verdadeira mesmo quando alguém coloca uma imagem de santo na sua frente pra que as pessoas vejam que verdadeiro o nosso Deus , assim foi a conversão de Santo Agostinho quando sua mãe pediu diante de uma imagem a transformação do seu filho e assim aconteceu, se confirmou!Ele disse ainda que se nós orarmos diante de Deus só, sem imagem essa fé não é verdadeira concreta por mais sincera que a pessoa seja. vê se pôde isso Lucas?Fábio de Melo disse ainda, teve essa capacidade de dizer que a fé sem nenhum elemento palpável ficaria uma fé inútil, superficial, vazia e sem sentido mesmo!falando com algém se olhar achei e acho até hoje ele totalmente Idólatra infelizmente.eu fiquei chocado com a resposta dele , que até desliguei à televisão.Qual resposta plausível você daria se estivesse na frente dele?Abs, fica na Paz de Cristo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a paz!

      Sobre a questão das imagens, eu respondi a tudo isso neste artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/05/nao-adoram-so-veneram.html

      Não sei qual artigo você leu sobre o tema, mas nesse aí eu explico direitinho esses apontamentos que você fez, tem tópicos para cada um deles.

      Sobre o que o Fábio de Melo disse, é claro que eu repugno completamente, embora seria melhor se eu tivesse um link do vídeo pra assistir por completo e tirar minhas próprias conclusões. Mas bastaria mostrar que em nenhuma parte da Bíblia os profetas do AT ou os cristãos do NT precisavam de imagens para fazer uma oração ou entrar em contato com Deus, aliás nos primeiros séculos de Cristianismo os cultos eram totalmente desprovidos de imagens, como você pode ver aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/03/os-pais-da-igreja-contra-o-culto-as.html

      Se a imagem é realmente necessária, e se sem ela nossa fé é "inútil", então inútil era a fé dos primeiros cristãos, que cultuavam a Deus sem qualquer imagem. Felizmente eu não quero ser melhor que os primeiros cristãos, estou bem assim.

      Abs!

      Excluir
  18. olá Lucas ...boa garoto gostei dos argumentos finais que nós não somos melhores que os Cristãos esses católicos , como esse Pe. Fábio de Melo é uma vergonha!verdade nos primeiros séculos não tinham imagens para cultuar e quer dizer que os Apóstolos tinham uma fé morta kkk.sou Evangélico faz 3 anos, e graças a meu bom Deus que jamais serei Romano. estou pela primeira vez no seu artigo e gos tei muito, parece que tá ficando "famoso"...brincadeirinhas à parte ,mas com um pouco de verdade pele eu vi nos sites católicos, percebo a raiva que eles estão de você.já estou pensando em fazer teologia . o que você acha com pouco anos de Evangélico? Fica na Paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luís, tudo bem? Eu não tenho nada contra que se faça cursos de teologia, eu mesmo estou terminando um curso de mestrado na área e pretendo fazer um doutorado, mas eu respondo o mesmo que eu respondi há dias atrás a um outro leitor que perguntou algo parecido: para pessoas iniciantes, eu recomendo muito mais que se "mergulhe" na Bíblia ao máximo possível, para só depois fazer cursos na área. Foi o que eu fiz, quando eu não sabia nada de teologia eu comecei a ler a Bíblia "compulsivamente" para me deixar ser moldado por ela. Assim eu pude formar minhas convicções teológicas por meio da Bíblia, e só fazer teologia depois que já estava firmado nas Escrituras.

      O problema de se partir pelo caminho inverso (ou seja, de primeiro fazer teologia para só depois estudar a Bíblia a fundo) é que a sua mente já vai ser condicionada doutrinariamente à teologia que você vai aprender no curso, e então quando você ler a Bíblia mais tarde já estará pré-condicionado a aceitar essa ou aquela interpretação. Ou seja, você vai pensar que tal interpretação é a "sua", mas na verdade não é, ela é apenas aquilo que ensinaram pra você, e você acha que é bíblica porque já tem a tendência de aceitá-la como fato, por já crer nela. E entre deixar que a Bíblia molde o seu pensamento ou um curso teológico, eu prefiro mil vezes a Bíblia. Os cursos de teologia tem que ser um complemento, um aidicional, um acréscimo útil, mas não a essência da coisa. O fundamento sempre tem que ser a Bíblia. Não podemos perder isso de mente.

      Abs!

      Excluir
  19. Lucas meu querido irmão, bom dia! obrigado pelas palavras eu achava que tava tão péssimo em português que escrevi no dia 14 , com vergonha de ser interpretado como analfabeto.Lucas, você me ajudou mesmo nas respostas sobre dúvidas que tinha; na verdade não podemos radicalizar os Cristãos... até por que como Jesus disse: onde há trigo a joio não é mesmo?Lucas quase caí no engodo dos "irmãos" da Canção Nova que veio com um grupo de 5 pessoas pra catequizar minha família e arrastar pra lá, já que eu tava muito fragilizado emocionalmente.Esses ditos Católicos carismáticos são bem "espertos"...chegaram até dizer pra mim que a inquisição Protestante massacrou mais do que os Católicos e até no nordeste do Brasil, será mesmo Lucas , disseram que foi no Rio Grande do Norte , fora nos Países europeus , dizendo que os Evangélicos eram uma ameaça ao Cristianismo devido as varrias correntes doutrinárias o que você me diz meu amado irmão? lendo alguns artigos seus rapidamente respondi com respeito a eles que que à liberdade religiosa foi conquista da Reforma Protestante e não o contrário , que eles alegaram...disse: que eles estavam enganados que até à Bíblia era acorrentada pra ninguém ter acesso a verdade!no qual as pessoas eram 90% analfabetas e quem alfabetizou a Europa foi a Reforma,foi a primeira a fundar a escola pública do ocidente,e também fundou o primeiro hospital público da Europa que não me fale a memória foi em Genebra, em 1559, por João Calvino e que trouxe as ciências modernas e as transformações Científicas, que teve grande influência por causa dos Evangélicos. Pra começar Lucas foi essa minha resposta à princípio, não sei se respondi a altura deles.Os catequistas disseram que as universidades devemos agradecer a ICAR...mas eu disse: pra eles que a Universidades mais antigas do mundo foi, no marrocos em 859 d.c,na cidade de Fez e a outra no Egito , na capital Cairo, em 988 d.c,um pouco mas tarde veio a de bolanha na Itália que foi a primeira Universidade Ocidental da Europa em 1088, pelo que pesquisei e o da Reforma Protestante foi em 1502, por Martinho Lutero, outros líderes dizem que foi em 1527 , em Marburgo, na Alemanha...como não conseguiram me convencer pela História, apelaram pelos seus "dogmas" que a salvação é através das obras e eu disse: que a salvação é para práticas das boas obras não como causa como eles falam, mas como um resultado de um coração transformado por Cristo através do arrependimento, por aí eles já foram adentrando em outros falsos dogmas que a intercessão é através de Cristo, mas tem que passar pelos santos , senão nos tornaremos arrogantes e a bíblia não fala nada disso que temos que ir diretamente a Deus , aí minha querida esposa tomou a frente e disse: vocês estão contra a palavra do Mestre Jesus que disse: eusou o caminho , a verdade e a vida , sem mim nada podeis fazer, vinde a mim todos sem intercessores e além do mais o própio Senhor Jesus dá a resposta em (Jo 6.37) que diz , aquele que vim a mim de maneira nenhuma o lançarei fora só esse texto derruba completamente a teoria "dogmática" Católica.depois dessa pediram licença e foram embora.Não sei se minha esposa e eu fizemos certo a forma como nós falamos no dia, pois Lucas orei e pedi discernimento a Deus...eu achei uma inconsistência na Icar, as suas doutrinas que me veio catequizar não funcionou!comprovei pra eles que existem mais de 40 introduções de coisas que os Padres falam que não tem nada haver com as Escrituras Sagradas.Outra coisa, lucas com relação a Igreja que estava frequentando , segui os seus conselhos e saí e estou indo aqui em Belo Horizonte, na Igreja Batista tradicional me acolheram muito bem, muito receptivos, estou feliz.Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, você disse tudo, eles tentaram ludibriar você pensando que seria tão fácil quanto os leigos desinformados que eles costumam catequizar, não esperavam que você fosse alguém mais preparado pra quem eles não tivessem respostas. Sobre a tal da "Inquisição Protestante", isso é lenda ridícula e absurda que não consta em nenhum livro de história já escrito pela raça humana, e que foi inventada há poucos anos por um apologista católico americano. Eu recomendo este artigo onde mostro o que foi aquilo que os católicos chamam de "Inquisição", embora ainda vá escrever um bem maior e mais detalhado no futuro:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/12/a-terrivel-monstruosa-e-abominavel.html

      E essa estória de que protestantes perseguiram católicos em pleno território brasileiro é piada mais falsa que nota de três reais. Esse país foi oficialmente católico até a Proclamação da República em 1889, até então 99% da povo era católico, os protestantes e membros de outras religiões eram PROIBIDOS por lei de construírem templos para se reunir em congregação, igrejas não-católicas eram proibidas, não se podia ensinar publicamente contra a religião oficial, a censura católica era largamente disseminada, e nem sequer os evangélicos podiam se casar, pois o único casamento válido até então era o realizado na Igreja Católica por um padre. Isso sem falar da Inquisição e de perseguições sofridas antes e depois da instalação dela no Brasil. Só um louco iria dizer que nestas circunstâncias eram os evangélicos que perseguiam os católicos. Isso é igual dizer que os judeus perseguiam os alemães na época de Hitler. Totalmente nonsense.

      Sobre a ICAR ter criado as universidades, você respondeu muito bem. Já escrevi sobre este assunto aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/11/a-igreja-catolica-criou-as-universidades.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/09/resposta-ao-logos-apologetica-igreja.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/09/nova-resposta-ao-sr-rogerio-espantalho.html

      E sobre a intolerância católica e sua perseguição histórica à liberdade de pensamento, escrevi aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/08/igreja-catolica-inimiga-da-liberdade.html

      Na verdade há muita coisa para se dizer sobre estes temas, há tanta coisa que o protestantismo deu ao mundo livrando das garras do catolicismo romano (e que hoje são desfrutadas pelos próprios católicos) que eu pretendo escrever um livro a respeito ainda este ano.

      Abs!

      Excluir
    2. Um exemplo simples sobre a discriminação católica sobre os protestantes se dá pelo uso dos cemitérios. Os católicos não permitiam que os protestantes fossem enterrados nos mesmos cemitérios nos séculos passados. Por isso, em várias cidades, foram feitos cemitérios protestantes. Não dá nem para acreditar. Fora isso há diversos relatos de missionários brasileiros que eram perseguidos por padres em diversas cidades, principalmente do interior, quando iam pregar o evangelho. Dizer que em um país de maioria católica quem perseguia era a minoria é ridículo, falácia pura.

      Excluir
    3. Paz, vendo o testemunho do irmão, lembre-me de um irmão que trabalha comigo e que quando aceitou a Jesus, veio uns "irmãos" de uma certa denominação querendo "pescar" ele pra lá. É incrível que, mesmo no nosso meio, tem gente que não quer pessoas pro Reino e sim pro templo deles. Até mesmo comigo já aconteceu de ouvir "vem pra minha igreja, pois lá o fogo desce e Deus opera". Geralmente minha resposta é: "Obrigado, estou satisfeito com Jesus"
      Ricardo Soares

      Excluir
  20. A dúvida continua: Quem escreveu o quarto evangelho? :(

    ResponderExcluir
  21. Lucas, me indica um curso de teologia EAD?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A faculdade onde estudo tem uma modalidade de EAD também para graduação:

      https://ftbp.com.br/bacharel-em-teologia-ead/

      Excluir
  22. Lucas, faça artigos sobre as heresias da Igreja Ortodoxa. Muitos pensam que essa igreja é coitadinha por ter sofrido algumas retaliações de governos comunistas, mas na verdade é igual e em alguns casos até pior do que a ICAR. Vi um cristão ortodoxo comparando (pasmem) Cristo com o último czar da Rússia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre a Igreja Ortodoxa eu escrevi resumidamente aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/09/semelhancas-e-diferencas-entre.html

      Essa associação entre a Igreja Ortodoxa e o socialismo russo não vem desde sempre, na época do regime de Stálin mais de 40 mil igrejas ortodoxas foram destruídas e milhares de sacerdotes foram executados ou enviados a campos de concentração. O problema foi que parte da igreja precisou se aliar politicamente ao governo soviético para não ser totalmente destruída, e por isso até hoje existe essa vertente que adota o socialismo explicitamente.

      Excluir
  23. Igreja Ortodoxa ostenta quadros de Stalin nos templos. Uma igreja dessa nem deveria ser considerada cristã e sim um simples instrumento de dominação política como a ICAR e o islamismo.

    ResponderExcluir
  24. Como você pode ser tão inteligente e não ser calvinista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que todo calvinista seja inteligente, mas é que quase toda pessoa inteligente é calvinista.

      Excluir
  25. Você tem vontade de pregar o evangelho em algum país?

    ResponderExcluir
  26. E fazer missões para converter povos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sinto chamado de missionario. Não é minha vocação. Mas se um dia sentisse, iria sem problemas.

      Excluir
  27. Ai lucas , eu to pesquisando sites de apologetica protestante americanos, so que a maioria dos artigos deles estão em pdf e em inglês, ai fica difícil colocar no google tradutor , e assim tb acho que tradução fica ruim

    Vc poderia traduzir estes artigos caso vc saiba inglês ou pedir alguém para fazer

    Um site é esse : http://www.reformedonline.com/books.html

    E tem artigo em pdf e em ingles que acho que é bom , tem 27 paginas.Eu não consegui colocar ele aqui mas é so vc pesquisar :
    a biblical refutation of roman catholic- reformed online"
    "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse blog eu traduzi uns dois ou três artigos do Keith Thompson há um ou dois anos atrás, mas não traduzi mais e nem pretendo, primeiro porque é muito trabalhoso (aqueles artigos lá nem eram grandes, e mesmo assim demorou bem mais do que os artigos que eu escrevo por conta própria), e segundo porque eu gosto de deixar esse blog com a minha "marca", eu penso que se eu começar a traduzir muita coisa de fora esse blog vai perder sua personalidade, vai virar apenas mais um compêndio com um monte de estudos de vários escritores diferentes, tipo um CACP. E a ideia original do blog (que mantenho até hoje) não é essa, mas sim a de apresentar algo novo, por conta própria, de forma totalmente independente dos demais sites daqui ou de fora.

      Até o momento já foram postados 466 artigos (sem contar os do meu outro site), e tem muito mais vindo por aí, conteúdos bem melhores do que os que já foram postados até agora já que hoje estou mais maduro, com mais conhecimento e experiência do que antes, e escrevendo melhor. Talvez quando eu terminar de escrever sobre tudo o que ainda tem pra escrever, e não sobrar mais nada, aí eu comece a traduzir artigos de fora e também a republicar artigos de outros apologistas brasileiros mesmo, mas por enquanto a ideia é desenvolver conteúdo próprio até o fim.

      Abs.

      Excluir
  28. Oi Lucas.
    Você concorda com a interpretação que as sete igrejas do apocalipse representam a diversidade de igrejas cristãs que temos hoje? Se sua resposta for sim (ou pode ser) surge os seguintes questionamentos: que igreja perdeu o primeiro amor? que igreja estará pobre, cega, despida? ...?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo que haja duas aplicações. Primeiro a aplicação literal, que neste sentido se refere apenas e exclusivamente a cada igreja ali retratada, durante aquela época. E em segundo uma interpretação espiritual/pastoral, onde podemos aplicar estes conceitos às nossas próprias vidas, ou à vida de pessoas à nossa volta. Eu mesmo, em diferentes épocas da minha vida, já me identifiquei com várias daquelas igrejas, como se Deus estivesse passando aquele recado pra mim. E conheço várias pessoas que também se identificaram.

      Mas neste sentido espiritualizado e mais amplo, eu não entendo que Jesus estivesse fazendo referência a alguma denominação dos nossos dias (por exemplo, "Bola de Neve = Pérgamo", "Quadrangular = Sardes", etc), embora eventualmente é claro que possa existir igrejas que se aproximem daquelas do século I que foram elogiadas ou criticadas por Deus. Mas não penso como alguns interpretam, como se Deus estivesse enviando essas mensagens ESPECIFICAMENTE a alguma igreja do nosso passado (mas no futuro de João) ou do presente, e nem acho que cada igreja representa uma era temporal daquela época até a volta de Jesus, como outros interpretam.

      Excluir
  29. EX-CATÓLICO RECÉM-CONVERTIDO20 de março de 2017 13:35

    Olá, Lucas como vai meu irmão? Tudo na Paz de Cristo?Lucas tive uma conversa com amigos alguns ateus, que me falaram que o ateísmo tá crescendo por causa dos Cristãos se referindo de todas as ramificações: Católicos, Evangélicos e Ortodoxos dizendo que as desgraças foi por causa dos Cristãos na Idade Média...vê se pode Lucas?Não sei se dei uma resposta plausível para , meus colegas e amigos Católicos e Ateus.Disse a eles que graças a Reforma que as revoluções científicas modernas foi concebido.O Católico disse pra mim que à causa do ateísmo foi por causa do relativismo protestante e respondi pra alguns colegas Católicos, que o ateísmo aflorou no seu ápice mais hediondo, por ocasião do reinado na frança onde escolas, hospitais, asilos,Igrejas Evangélicas e também Católicas foram destruídas na época do iluminismo no seu auge....vários Sacerdotes sejam Católicos ou Evangélicos e até de outras religiões foram destruídas como : o Budismo por exemplo... através dos engodos e arbitrariedades desde o sistema papal um dos mais perversos também, que o fez eclodir uma revolta generalizada contra a religião. O Romanismo intensificou seu poder desde a sua instituição, condicionando a mente das massas às repressões severas, enquanto os líderes, Bispos e Papas se banqueteavam com seus cofres abastados do dinheiro e luxúria das indulgências até hoje, e tributos forçados dos reis, a ICAR não tem moral nenhuma de falar dos Protestantes isso é uma grande palhaçada dos "malditos" Católicos...não sei se dei uma resposta que eles mereciam.Qual a sua conclusão meu irmão em Cristo , sobre o que falei? se quiser explanar mais fique à vontade , você tem me ajudado muito. Fica com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem e você? Tudo isso que você mencionou aí eu tenho um artigo inteiro bem extenso abordando cada um destes pontos e refutando as mentiras católicas a respeito de cada uma delas, aliás é um dos artigos mais acessados deste blog. Confira:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/06/destruindo-todas-as-calunias-catolicas.html

      E quanto à mentira de que o protestantismo é a causa do ateísmo, refutei neste outro artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/12/o-protestantismo-e-o-pai-do-comunismo-e.html

      Abs!

      Excluir
  30. Lucas, sobre a Trindade sabemos que os 3 tem a mesma essência, no sentido de caráter, poder e autoridade...mas o que entendi em parte é que a função do Espírito Santo é convencer o homem da justiça e do juízo e mostrar Jesus como único e suficiente Salvador da humanidade caída e a função do filho é salvar e Deus Pai é abençoar, já que tanto Deus pai e filho também pode abençoar e tendo a mesma autoridade .Qual a função específica de Deus pai? já que os três tem personalidades diferentes, pode explicar -me essa última parte da função de Deus Pai.Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, esse não é um tema de minha especialidade mas há vários artigos bons que mostram a função de cada um dos membros da Trindade, inclusive do Pai. Confira:

      https://www.gotquestions.org/Portugues/Trindade-Biblia.html

      http://hora-de-semear.blogspot.com.br/2011/12/o-papel-de-cada-um-na-trindade.html

      E tem também essa resposta do Leandro Quadros sobre o tema:

      https://www.youtube.com/watch?v=KBxUc82AEr8

      Abs!

      Excluir
  31. Lucas,Paulo quando escreveu a carta de Timóteo sequer sabia que outros livros do evangelho seriam Escritos.
    Quando ele fala que as Escrituras são inspiradas,ele não está referindo ao velho testamento?
    Ele também não teve que recorrer a tradição pra escrever a carta?
    Poderia esclarecer essas minhas dúvidas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo estava falando da NATUREZA das Escrituras e não da QUANTIDADE de livros. Sobre isso eu expliquei detalhadamente neste artigo altamente recomendável:

      http://apologiacrista.com/a-sola-scriptura-p3

      E sobre a tradição:

      http://apologiacrista.com/tradicao-apostolica

      http://apologiacrista.com/telefone-sem-fio-tradicao-oral

      Excluir
  32. Lucas Obrigado.
    Li o seu artigo, aliás um excelente artigo.
    Que Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir
  33. Lucas,vc poderia dizer quando a igreja passou ser chamada apostólica romana e se nos primeiros séculos existia mais de um papa?
    E quando os bispos passaram a ter o título de papa?
    E qual igreja é a mais antiga, a Romana ou ortodoxa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu explico esses assuntos melhor neste artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/05/um-pequeno-resumo-da-historia-da-igreja_8.html

      Resumidamente:

      1) A Igreja como um todo nunca foi, e nem é, "Católica Apostólica Romana". Este foi um nome que a igreja ocidental atribuiu a si mesma após o cisma com as igrejas orientais. Ou seja, antes existia uma "Igreja Católica", e após o cisma passou a haver uma "Igreja Católica Apostólica Romana" (Ocidente) e uma "Igreja Católica Ortodoxa" (Oriente). Nenhuma das duas existia antes disso, antes só existia a igreja universal (=católica, no grego), embora já tivesse havido outros cismas anteriores de menor importância.

      2) "Papa" nos primeiros séculos não era um título, não era um nome dado a um bispo primaz que exercia jurisdição sobre todos os outros, era um mero apelido carinhoso que significava "pai" e se aplicava a qualquer bispo ou patriarca relevante. O primeiro bispo a ser chamado assim (de que se tenha registro) foi Heraclas, um bispo de Alexandria do terceiro século, na mesma época em que Cipriano de Cartago também era chamado assim. Os bispos de Roma passariam a ser chamados de papa também a partir do quarto século. Com o tempo os bispos orientais abandonaram essa terminologia pela do "patriarca", que é como eles são chamados até hoje.

      3) Como as duas vem do Cisma de 1054, então não há uma mais antiga e outra mais nova, ambas tem quase mil anos de existência e tem início no mesmo período. O que é mais antigo é a Igreja Católica antiga, que não era nem "Romana" e nem "Ortodoxa", mas um nome que designava a igreja universal da qual todos os cristãos faziam parte desde o início. Sua primeira menção vem de Inácio de Antioquia, no início do segundo século.

      Excluir
  34. Respondendo ao FIEL: links católicos não são aceitos aqui (veja a descrição de comentários mais abaixo), mas o artigo que você passou eu já refutei há muito tempo aqui:

    http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/04/minha-resposta-ao-palhaco-rafael.html

    ResponderExcluir
  35. Lucas,peço desculpas eu não tinha visto. Coloquei o link pra vc ver a resposta dele .
    Mais uma vez obrigado!

    ResponderExcluir
  36. Olá Lucas,conversando com um católico, eu falei pra ele que a igreja primitiva é diferente da romana.
    Ele disse :”Se a Igreja verdadeira não é católica, como você explica os 32 papas que se seguiram depois da morte de Pedro?
    Ou qual igreja continuou aquela que estava no Novo Testamento como você explica?
    Até quando então, esta igreja verdadeira subsistiu? Ela existe até hoje ou não?
    Você poderia me falar as datas de quando começou e quando terminou?
    Jesus disse que estaria com a sua Igreja até o fim do mundo. Me fala qual igreja seguiu este mandamento de Cristo?

    Vamos então para a Bíblia!
    a Biblia foi feita por Católicos e para os católicos, pois não existia o protestantismo no inicio do Cristianismo.
    Depois de 1500 anos, vem vocês dizer que são a autoridade da Bíblia?
    Isso é uma desonestidade Intelectual, você não acha?
    Vc poderia me ajudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os "32 papas" não eram "papas" (líderes da Igreja universal como se entende hoje), eram apenas bispos locais da comunidade cristã em Roma assim como os bispos de Antioquia, Alexandria, Jerusalém, enfim, todas as outras dioceses cristãs da época. Leia a História Eclesiástica de Eusébio de Cesareia para entender, ou as cartas de Inácio de Antioquia. Sem falar que essa lista em si é bastante duvidosa e sem nenhuma credibilidade, como você pode conferir neste artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/10/a-lista-oficial-de-papas-da-igreja.html

      Sobre a Igreja, o problema é que pra ele "Igreja" significa uma "instituição religiosa", quando na Bíblia Igreja são pessoas, é o corpo místico de Cristo, somos todos nós (o povo de Deus), e não uma instituição em si. Trocando em miúdos, os cristãos (verdadeiros) são a Igreja. Então quando ele pergunta "qual igreja continuou o NT?", a resposta é: os cristãos. Cristãos estes que nunca deixaram de existir, mesmo quando existiram em pequeno número. Não cabe aqui explicar este conceito detalhadamente porque já há inúmeros artigos escritos sobre isso, apenas procure pelo tema "Artigos sobre a natureza da Igreja" nesta página:

      http://www.lucasbanzoli.com/2015/07/artigos-sobre-catolicismo.html

      Sobre a Bíblia ser escrita "por católicos e para católicos", veja aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2017/04/a-biblia-foi-escrita-por-catolicos-e.html

      Abs.

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links) e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.