20 de março de 2017

Novo livro - "A Bíblia e a Escravidão"



SINOPSE

O Antigo Testamento apresenta leis de regulamentação da escravidão em Israel que, por vezes, são usadas pelos críticos da Bíblia para denegri-la e associá-la ao que há de pior em termos morais e éticos. Com frequência tem sido argumentado que a escravidão no Novo Mundo é devida, em parte, aos escritos sagrados de Moisés, que foram sancionados por Jesus e pelos apóstolos, e que os cristãos nada fizeram para melhorar a situação do escravo ao longo dos séculos. Este livro visa estudar estes argumentos, se aprofundando na questão da escravidão por um olhar histórico-cultural, comparando a escravidão em Roma e no Brasil com o tipo de escravidão vigente em Israel, e avaliando a postura dos autores neotestamentários, dos Pais da Igreja, dos cristãos medievais e modernos em vista da instituição escravocrata.


SUMÁRIO

PREFÁCIO    
CAP. 1 – UMA SÍNTESE DA ESCRAVIDÃO      
1.1 Introdução          
1.2 A escravidão na Roma Antiga
1.3 A escravidão no Brasil 
CAP. 2 – A ESCRAVIDÃO NO ANTIGO TESTAMENTO         
2.1 Definições          
2.2 A escravidão entre os hebreus           
2.3 Os escravos prisioneiros de guerra   
2.4 Os escravos comprados de outros povos    
2.5 Considerações adicionais        
CAP. 3 – A ESCRAVIDÃO NO NOVO TESTAMENTO 
3.1 Introdução          
3.2 Jesus e a escravidão     
3.3 Os apóstolos e a escravidão   
3.4 Textos sobre boa conduta dos escravos      
CAP. 4 – OS CRISTÃOS E A ESCRAVIDÃO      
4.1 Introdução          
4.2 Na era patrística
4.3 Na Idade Média
4.4 Na Idade Moderna       
4.5 Cristianismo: influência positiva ou negativa?         
REFERÊNCIAS         


DOWNLOAD GRATUITO

• Para fazer o download em PDF, clique aqui.
• Para fazer o download em Word, clique aqui.

Se alguém não conseguir fazer o download, me envie um e-mail (lucas_banzoli@yahoo.com.br) solicitando o livro, que eu envio em anexo.


VERSÃO IMPRESSA

A versão impressa pode ser adquirida por compra online clicando aqui, através do Clube de Autores. O livro chega por correio na casa de cada um dentro de aproximadamente duas semanas. 

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,

-Meus livros:

- Veja uma lista de livros meus clicando aqui.

- Confira minha página no facebook clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros blogs:

LucasBanzoli.Com (Um compêndio de todos os artigos já escritos por mim)
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Artigos devocionais e estudos bíblicos)
Desvendando a Lenda (Refutando a imortalidade da alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)
Fim da Fraude (Refutando as mentiras dos apologistas católicos)

64 comentários:

  1. Muito bom. Parabéns. Tenho certeza que a leitura vai esclarecer muitas dúvidas.

    Alon

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro ainda, com certeza é bom, mas que foto ilustrativa ruim, hein? Sugiro trocar.

    -- é só uma sugestão! --

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei a foto boa, ela retrata bem aquilo que está sendo refutado no livro, um escravo africano típico sob uma Bíblia, que supostamente seria a responsável pela sua condição.

      Excluir
  3. Tu fala sobre Johm Wesley e a sua influencia pra acaba com a escravidão?

    ResponderExcluir
  4. Obrigado meu amado irmão, era o que eu estava precisando pra me aprofundar mais no assunto.Deus te abençoe!vai esclarecer e muito a nossa Comunidade Evangélica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço as suas palavras, Deus lhe abençoe igualmente!

      Excluir
  5. Parabéns Lucas.
    Tema inédito, pelo menos em português. Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir
  6. Fiz uma pergunta no outro artigo e você não me respondeu. Mas tudo bem, perguntar-te-ei de novo:
    Como você pode ser tão inteligente e não ser calvinista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já tinha respondido, pra mim isso é preconceito contra os arminianos, não uma realidade. Há muitos arminianos inteligentes, não negando que calvinistas também o sejam. Mas se você acha assim, eu não posso fazer nada, respeito sua opinião e não vou discutir sobre isso.

      Excluir
  7. A paz irmão Lucas,tenho vivido uma situação complicada,quando eu era do mundao não faltava mulher pra mim,desde que aceitei a Cristo e passei a congregar na igreja não consigo uma namorada, e as tentações do mundo tem sido muito difícil a cada dia e não quero voltar a vida de antes,quero sim um namoro e consequentemente um casamento tudo dentro dos principios biblicos,ore por mim irmão? Abraço do Jr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou orar. Na verdade isso é um problema comum a qualquer recém-convertido, que tem que lutar contra a carne e seus antigos vícios e desejos, o começo geralmente é o mais difícil pois leva um tempo até amadurecer na fé e crescer espiritualmente, para isso é preciso ter perseverança e não desistir nunca.

      Excluir
  8. O que você acha de um cristão recém-formado na escola escolher cursar filosofia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo problema nenhum, é uma opção dele.

      Excluir
    2. A pergunta foi feita ao Lucas, mas gostaria dizer que a minha experiência foi inversa: foi estudando filosofia que abracei a fé cristã. Ao meu ver, qualquer pessoa que queira estudar com honestidade e sem preconceitos, não só filosofia mas qualquer área do saber humano não irá se deparar com nenhuma contradição.

      Excluir
  9. Pentecostais dizem que Deus odeia o pecado, mas ama o pecador.
    Calvinistas dizem que Deus odeia o pecado e, também, o pecador.

    Qual o correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se Deus odiasse os pecadores, ele odiaria TODO MUNDO. Odiaria eu, odiaria você, odiaria qualquer cristão do planeta, odiaria qualquer criatura viva. Este não é o Deus que eu conheço.

      Excluir
    2. Sou presbiteriano desde criança, mas ainda fico assombrado com as bizarrices que se deduzem do calvinismo. A lógica indica que o calvinismo não pode prevalecer, mas mesmo assim ainda tem fanáticos por essa teoria.

      Excluir
  10. Rolam boatos em alguns grupos católicos do facebook de que você (desculpe o termo) se caga todo para debater com o Emerson Oliveira. Como eu acho injusto pessoas falando mal das outras pelas costas (parecem que tem medo de falar na cara), e acredito que todos devem ter direito ao contraditório, eu te pergunto: o que acha disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é alguma piada? Quem é esse cara?

      Excluir
    2. É o criador do Logos Apologética

      Excluir
    3. Ah, é aquele mesmo que é tão covarde que precisa usar o "Sr. Rogério Espantalho" como ponta de lança no blog dele para me atacar, já que ele mesmo não tem hombridade pra isso? Como eu vou ter medo de um frouxo que tem pavor de entrar em um confronto direto e por isso fica usando os outros e atacando pelas costas como um bebezão medroso? Sério, eu já li uns textos dele, e o cara não serve nem pra refutar ateus, que dirá sobre refutar protestantes. Os "argumentos" dele são todos cópias, sem exceção, de autores protestantes americanos que refutam o neo-ateísmo. Ele não seria capaz nem de soletrar o alfabeto sem copiar de algum lugar. É simplesmente ridículo.

      Excluir
  11. Lucas, mais uma que não tem muito a ver com a postagem: é plausível que a ideia do Juízo Final dos cristãos tenha vindo do Zoroastrismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que na internet em vários sites é dito que veio do Zoroastrismo e meu livro de História (sou do primeiro ano) insinua que a crença no Juízo veio dessa religião, além de outras crenças, como aquela que na prática é muito comum entre os cristãos (notoriamente entre os católicos medievais) de uma "batalha" bem X mal em uma quase igualdade, ou seja, um dualismo (que é bem presente no Zoroastrismo).

      Excluir
    2. O Zoroastrismo é de VII a.C., e o Judaísmo é de XV a.C. Acho que isso resume tudo...

      Excluir
    3. Ainda não está tão claro... há algum indício da crença no Juízo Final no Antigo Testamento?

      Excluir
    4. Sim, veja:

      "Pois Deus trará a julgamento tudo o que foi feito, inclusive tudo o que está escondido, seja bom, seja mal" (Eclesiastes 12:14)

      "Multidões que dormem no pó da terra acordarão: uns para a vida eterna, outros para a vergonha, para o desprezo eterno" (Daniel 12:2)

      "Cantem diante do Senhor, porque ele vem, vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, com a sua fidelidade!" (Salmos 96:13)

      "Tu dizes: 'Eu determino o tempo em que julgarei com justiça'" (Salmos 75:2)

      "Seja declarado culpado no julgamento, e que até a sua oração seja considerada pecado" (Salmos 109:7)

      Há vários outros textos, mas esses acho que já são suficientes para transmitir a ideia de um juízo futuro da parte de Deus.

      Excluir
    5. Falando em Judaísmo, olha essa desgraça:

      https://www.youtube.com/watch?v=A5sc_RV9eiE&t=1476s

      Daria pra você algum dia fazer um refutação ou comentário sobre esse lixo de vídeo?

      Excluir
    6. Ontem mesmo já me mandaram um vídeo do Leitão pra refutar sobre outro tema, então esse aí vai entrar pra lista, mas sua hora vai chegar. E que o Paulo Leitão é um esquerdopata antissemita com fortes tendências neo-nazistas isso todo mundo já sabe, até os apologistas católicos estão reconhecendo.

      Excluir
  12. Lucas, vc usa o exemplo da massacre de são batolomeu como exemplo de perseguição dos católicos aos protestantrs ?

    E que eu vejo os católicos falando que isso é mito , que o massacre aconteceu por motivos políticos, os números das mortes são exagerados , etc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que você esperava? Os apologistas católicos servem apenas pra isso, essa é a única função deles: fazer revisionismo histórico, deturpar os fatos, passar panos quentes, mascarar os números, justificar o injustificável, defender o indefensável, legitimar atrocidades e aberrações morais. O massacre da noite de S. Bartolomeu foi SIM por razões religiosas, matou SIM aproximadamente 70 mil cristãos protestantes na França (e depois disso o protestantismo morreu naquele país), e isso é comprovado em qualquer fonte histórica imparcial. O engraçado é que as Cruzadas, que também tiveram um fundo político, eles não admitem que se tire o aspecto religioso como o principal, porque entendem que foi uma "guerra justa". Mas com a noite de S. Bartolomeu, só porque foi um ataque covarde e unilateral da parte dos católicos contra os evangélicos, aí a coisa muda, aí só teve o "lado político" e o fato de todos os assassinos serem católicos e todos os assassinados serem protestantes é uma mera e infeliz "coincidência". É por isso que eu digo: nenhum tipo de apologética é tão nefasta e nociva à mente humana do que a católica, principalmente quando protagonizada por fanáticos.

      Abs.

      Excluir
  13. Existe um paralelo entre Abrão e Isaac e Deus Pai e Jesus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só no sentido de que Abraão estava disposto a sacrificar seu "filho único", da mesma forma que Deus fez através de Jesus. Mas não vejo como a analogia possa ir além disso, sem entrar em um campo perigoso. Outro paralelo que pode ser feito é sobre o cordeiro que Abraão sacrificou ali em lugar de seu filho, que seria uma figura de Cristo, o cordeiro de Deus que foi o sacrifício definitivo pelos pecados da humanidade. As palavras de Abraão, de que "Deus proverá" (o sacrifício) também podem ser aplicadas tipologicamente a Cristo, que foi o meio provido por Deus para a nossa expiação.

      Excluir
    2. E ampliando um pouco mais essa aplicação espiritual, também serve para nos fazer refletir sobre até que ponto estamos dispostos a sacrificar os nossos interesses pessoais e as coisas materiais por amor a Deus. Abraão foi o pai de multidões, mas ele provou que estava disposto a colocar Deus em primeiro lugar na vida dele, a mesma atitude que nós temos que ter hoje se quisermos agradar a Deus e fazer com que o Seu propósito se cumpra em nossas vidas.

      Excluir
    3. Foi essa a resposta que eu esperava. :) Obrigado.

      Excluir
    4. Quais autores fazem esses paralelos entre Antigo e Novo Testamento? Poderia me indicar algum? Deus te abençoe caro Lucas!

      Excluir
    5. Isso você geralmente encontra em devocionais, não em obras teológicas, porque se trata de aplicações espirituais e não de algo que se extraia exegeticamente do texto em si. O que não significa que tais aplicações não sejam corretas, pois o próprio Paulo quando citou como exemplo alguns casos do AT afirmou que "essas coisas ocorreram como exemplo para nós" (1Co 10:6), porque "tudo o que foi escrito, para o nosso ensino foi escrito" (Rm 15:4). Um professor meu chamado Antônio Renato Gusso tem duas obras devocionais de sermões bíblicos, onde são feitas muitas aplicações práticas de textos do AT à luz do ensino do NT. São elas:

      https://issuu.com/a.d.santos/docs/sermoes-expositivos-antigo-test

      https://pt.scribd.com/document/210013934/Antonio-Renato-Gusso-Sermoes-Expositivos-Novo-Testamento

      Mas se quiser uma obra de cunho mais teológico quanto ao uso do AT pelo NT, tem essa aqui:

      https://vidanova.com.br/516-comentario-uso-antigo-testamento-novo-testamento.html

      Abs!

      Excluir
  14. O que tu acha da música Jesus Cristo, yo estoy aqui, do Roberto Carlos?

    ResponderExcluir
  15. Lucas, você é cessacionista? Me dê sua opinião sobre esse tema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou, veja este artigo:

      http://apologiacrista.com/o-dom-de-linguas-uma-analise-de-1-corintios-14

      Abs!

      Excluir
  16. Lucas, devemos entender os católicos como nossos irmãos em Cristo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, para ser "irmão em Cristo" é preciso estar "em Cristo", e não distante dele.

      Excluir
    2. Oi Lucas.
      Respeito sua opinião mas discordo dela. Sou protestante convicto mas eu penso que a igreja de Cristo incluem católicos também, e pasmem (alguns claro) incluem até pessoas que não estão em igreja nenhuma. Ao meu ver, não temos a prerrogativa de afirmar categoricamente quem pertence ou não ao corpo de Cristo aqui na terra.
      Aprecio muito você, sua inteligência. Sou seu leitor. Leitor de seu blog. Acredito que o catolicismo paganizou-o em contato com outras religiões mas penso que o amor que Cristo tem por nós protestantes estende-se aos nossos irmãos (sim) católicos. Essa é minha opinião. Não sou dono da verdade (nenhum protestante/católico é). Tenho consciência que o tema é polêmico mas, repito, é meu entendimento. Obrigado.

      Excluir
    3. Eu não disse que o amor de Cristo não se estende aos católicos, como você faz supor. Eu já disse várias vezes que Deus ama a todos, independentemente da religião que seguem. O que eu disse é que não são cristãos, pelo menos não em um sentido legítimo, apenas nominal. E eu também não afirmei que não há católicos que sejam salvos e que portanto façam parte do corpo de Cristo. Eu creio que há pessoas de todas as religiões que possam ser salvas, ainda que por ignorância e por seguir sua própria consciência moral, como expliquei no artigo sobre os povos não-alcançados, por exemplo. Mas a pergunta não foi se "existem" católicos irmãos, mas se os católicos SÃO irmãos, generalizando a questão. E de forma geral, não dá pra afirmar que sejam, isso seria o mesmo que legitimar essa (falsa) religião.

      Uma religião que não apenas tolera, mas endossa e incentiva a idolatria, não pode ser considerada cristã. Uma religião cujo próprio catecismo oficial alega que Maria tem um ofício salvador, não pode ser cristã. Uma religião cujos livros oficiais e mais apreciados por seus seguidores engloba obras como "As Glórias de Maria" (Afonso de Ligório) e o "Tratado da Verdadeira Devoção a Maria" (S. Luís de Montfort), as quais afirmam entre outras coisas que Maria salva, que é uma deusa, que é onipotente, que faz coisas que nem Deus pode fazer, que é a árvore da vida, o Espírito de Deus, a fonte da salvação, e que nós somos "escravos" dela, e tudo isso sem qualquer autoridade católica ousar dizer um pio contra, e ainda por cima legitimando e oficializando tudo isso, tornando estes autores santos e doutores da Igreja e evocando seus referidos livros como uma leitura excelente e altamente recomendável aos fieis, não pode ser tida como cristã.

      Uma religião que endossa, incentiva e encoraja seus fieis a se prostrarem diante de imagens de gesso igual faziam os pagãos, não pode se diferenciar muito dos pagãos. Uma religião que perverteu as doutrinas do Cristianismo e manchou seu nome e sua história com movimentos terroristas (Cruzadas) e instituições assassinas (Inquisição), e ainda defende tais atrocidades até hoje, não pode ser considerada cristã. Sim, eu sei que há católicos que não concordam com nada disso. Já recebi cartas de alguns. Mas são uma pequena senão insignificante minoria. Não representam a Igreja que seguem. Eu não me refiro às exceções, eu me refiro à regra. E a regra, lamentavelmente, é essa.

      O problema é que no Brasil se considera o catolicismo bastante aceitável, pelo simples fato de que aqui é o país mais católico do mundo (ainda), todo mundo tem amigos e familiares católicos, até trabalha para algum, e aí é constrangedor admitir que se trata de uma seita herética e não de um Cristianismo autêntico. Mas se fosse uma minoria do tipo mormonismo, espiritismo ou Testemunhas de Jeová, eu aposto o olho da minha cara que não iria ter ninguém tratando essa religião de um modo diferente com que trata essas e outras semelhantes. Pelo menos em termos de doutrinas gritantemente antibíblicas, não consigo ver muita diferença. Se tem, é pra pior. Mas respeito a sua opinião, evidentemente. Cada um é livre para pensar da forma que achar correto.

      Abs.

      Excluir
  17. Lucas, aquele blog Estudando Escatologia ainda está em vigor? Estou perguntando porque toda vez que eu clico no link dele de blogs que você recomendou dá como o blog não existe ou foi removido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já deletei esse blog há muito tempo, desde que percebi que ele não era útil já que todos os artigos que estavam nele já estavam em outros blogs (neste aqui e no Apologia Cristã), então não tinha sentido mantê-lo no ar.

      Excluir
  18. Lucas, boa tade! queri que você tirasse uma dúvida sobre o que você acha do Pr. John Macarthur? O Júlio Severo do qual tenho admiração, disse: que ele é um radial ferrenho dos Pentecostais...qual é a linha dele especificamente, fiquei um pouco preocupado , ele é um puritanismo extremista? por que sou da Assembleia de deus , apesar de alguns exageros , mas a Assembleia dos 20 anos pra cá amadureceu muito teologicamente, principalmente tirando os costumes do qual caiu por terra , por que entendo que a Assembleia preserva à doutrina ortodoxa. O que você me diz a esse assunto e claro desse Pastor no qual ele vê no pentecostalismo sendo Satânico, ele não está pecando, Lucas? Abs,espero as respostas...fiquei chateado entende?conheço bem que a Assembleia é uma Igreja verdadeira e não herética em seus dogmas primários, defendidos pelos Apóstolos e Reformadores essa é minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço muito dele para ser honesto, não é o tipo de autor que eu costume ler, mas pelo que sei, ele é um crítico ferrenho do neopentecostalismo, não sei se ele estende esses ataques aos pentecostais também. O Julio Severo é neopentecostal, então se incomoda com as críticas mais fortes a essa vertente, mas a Assembleia não é neo, embora o pastor assembleiano Ciro Sanchez entenda que a mesma está se "neopentecostalizando", e neste caso as críticas se aplicariam a ela também, ao menos em partes:

      http://www.cpadnews.com.br/blog/cirozibordi/apologetica-crista/163/por-que-muitas-assembleias-de-deus-estao-se-neopentecostalizando.html

      https://cirozibordi.blogspot.com.br/2012/09/a-assembleia-de-deus-esta-se.html

      Em todo caso, se não gosta deste autor, basta não lê-lo. Você não precisa ler tudo o que lhe vem às mãos, pode ser seletivo e só ler aquilo que julga que será produtivo e edificante.

      Excluir
    2. O livro “Fogo Estranho” de John MacArthur ataca TUDO o que é carismático, pentecostal, renovado e neopentecostal. De forma alguma a loucura dele se restringe ao neopentecostalismo. O cara é louco.

      Excluir
  19. A Paz esteja contigo, Lucas! Meu querido uma pergunta básica do texto de João do Caná da Galileia do qual os Romanos, de forma isolado sustenta a ideia de que pra nós chegarmos à Cristo temos passar por Maria, por ela ser a mãe de Jesus , Salvador e Messias. Eles afirmam que para chegar a Jesus tem que passar por Maria, por que pelos "dogmas" papistas diz:que se não passar por ela, o filho atende..tem lógica Lucas?parece que Jesus precisasse de ajudinha pra atender , realmente o Jesus Romano é limitado,falso mesmo.dando a primazia a ela e não ao Salvador.Meu Deus a teologia romana tá praticamente perdida só Jesus...misericórdia!Eles dão todos os atributos exclusivos de Cristo e transpõe pra Maria, como poe exemplo:chamando de maria de Rainha da Paz e do Céu, perpétuo socorro, rogai por ela,medianeira, luz eterna, advogada, imaculada e adjutriz, corredentora...quando Jesus disse: O que tenho eu contigo mulher, ele quis dizer o que com isso, que temos que ir até ela pra chegarmos a Deus é o cúmulo essa teologia imbecil. Lucas, o que você pensa desse texto de (jo 2.1-5)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, comentei sobre este texto e suas implicações neste artigo do meu outro site:

      http://apologiacrista.com/a-intercessao-de-maria

      E mais brevemente nos meus comentários a João 2, disponíveis em outro blog:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com.br/2014/08/comentarios-de-joao-2.html

      E sobre a bizarrice de precisar pedir a Maria primeiro para só depois a mensagem chegar a Jesus (o famoso "pede à mãe que o filho atende"), eu já mostrei no artigo abaixo o quão aberrante isso é:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/01/pede-mae-que-o-filho-atende.html

      Abs!

      Excluir
  20. Não tem versão em EPUB?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca trabalhei com EPUB, mas se quiser em EPUB basta fazer download da versão em Word e depois converter para EPUB neste site, é um processo bem simples:

      https://convertio.co/pt/doc-epub/

      Excluir
  21. A Paz, irmão em Cristo! Não me leve a mal, mas voltando ao assunto do Júlio Severo fiquei surpreso com o que você disse que ele está ou aderiu o Neo-pentecostalismo ....como assim? fiquei sem entender, pelo o que eu sei ele é contra a teologia ou besteirol teológico...que pra ter Deus tem ficar rico, casa própia, carro, mansão etc...ele é a favor da teologia da prosperidade no sentido de você ter algo mesmo que seja, rico fruto do seu trabalho honesto sem barganhas entende, meu amado irmão?pelo o que eu sei , o Júlio Severo é contra e ferrenho a causa LGBT, o cessacionismo da Igreja Presbiteriana e outras aberrações.Abs, fica com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele é totalmente contra a causa LGBT, o cessacionismo, etc, mas essas coisas não são apoiadas pelos neopentecostais, então não vejo inconsistência da parte dele nisso. Mas ele defende a teologia da prosperidade tal como ela é ensinada nos meios neopentecostais, como você pode ver nestes artigos:

      http://juliosevero.blogspot.com.br/2016/05/teologia-da-prosperidade-maior-ameaca.html

      http://juliosevero.blogspot.com.br/2013/05/teologia-da-libertacao-e.html

      Pelo menos eu nunca vi ele criticar a mesma. Mas é um direito dele, não o estou condenando.

      Excluir
    2. Enquanto o Julio Severo não dizer quem é, qual igreja frequenta ou mostrar a sua cara eu não o respeito. Ficar escondido de tudo e de todos é coisa de paranóico.

      Excluir
  22. Olá!Lucas, tudo bem com você?Meu querido irmão queria abordar um assunto Histórico que eu estive pesquisando o concito histórico de colonização do Brasil, que você por ser brasileiro sabe, bem mais do que eu...É sobre a falsa acusação contra o Maurício de Nassau que nasceu na Alemanha e teve sua cidadania Holandesa, que era conde do Sacro-Império - Germânico que os Católicos alegam de falar desgraça contra ele , dizendo que por causa dele ser Protestante e influente, os invasores Holandeses perderam a guerra graças a Deus dizem os apologistas romanos,por que se tivesse vencido a guerra contra os Portugueses provavelmente o Brasil teria maioria Evangélica e segundo os líderes Católicos ,Deus não deixou.vê se pode isso irmão?Como se os Protestantes fosse o mal da humanidade.Sem perceber que Maurício trouxe grandes benefícios no Nordeste, principalmente em Recife e Pernambuco do qual eles negam por exemplo de grande coisa que esse influente Evangélico Maurício de Nassau fez de bom no qual construiu palácios e pontes e canais de Recife, urbanizou a cidade e criou o jardim Botânico, zoológico e melhorou o sistema de cana- de- açúcar no Nordeste, diminuiu os tributos dos senhores de engenho e melhorou e muito a qualidade dos serviços públicos na cidade como por exemplo, coleta de lixo e pacificou a relação entre Evangélicos e Católicos...realmente Lucas você tem toda razão são mal educados, picaretas, sem vergonha e desonesto com a própia História do Brasil registrados nos livros, é muita cara de pau mesmo ,se nós não pesquisarmos , estudarmos a fundo , eles engam mesmo...já que muitos não gostam de ler infelizmente ,como se os Protestantes fossem o Demônio,como se nada presta no Protestantismo.Eu falo isso ,Lucas é pra alertar os nossos irmãos que não tem nenhuma fundamentação sólida Histórica, se é que você me entende.o que você pensa no que escrevi? parece que conheço um pouco mais de História do que muitos brasileiros e olha que sou natural do Líbano e estou a poucos anos no Brasil, talvez é por que sempre gostei de ler, pesquisar livros Históricos e religiosos ...agora ,mas ainda a bíblia entende irmão? Fica com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo! e desculpe se eu aparecer várias vezes no seu blog, não fique chateado se eu quiser tirar algumas dúvidas, por mas , que seja tolo para alguns é por que quero cada vez mais crescer na graça e no conhecimento não é assim que diz as Escrituras Lucas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem observado, aliás este é um tema super interessante, eu reuni várias citações para usar no meu livro sobre a Inquisição (embora não esteja certo se vou usar neste livro ou se em algum outro, porque talvez fugiria um pouco do tema), de vários historiadores afirmando exatamente isso, é um fato notório de conhecimento público que nenhum estudioso decente do mundo é capaz de negar. O progresso que os holandeses protestantes trouxeram ao Brasil durante o pouco tempo em que aqui estiveram foi INFINITAMENTE SUPERIOR ao progresso trazido pelos portugueses católicos em um período muito mais amplo. Se eles não tivessem sido expulsos, eu ouso afirmar que com toda a probabilidade o Brasil hoje seria tão ou mais desenvolvido que os Estados Unidos, da mesma forma que os Países Baixos na Europa são hoje tão desenvolvidos (ou mais) que o Reino Unido. Só houve sub-desenvolvimento e miséria nos países colonizados por católicos, que trouxeram uma cultura católica para estes países e desgraçaram com os mesmos. Isso ainda vai ser objeto de estudo aprofundado em um livro futuro, como eu disse.

      Sobre a expulsão dos holandeses ter sido uma ação de Deus para os católicos "vencerem", bom, talvez então tenha sido de Deus também que os cruzados católicos apanhassem em sete das oito cruzadas contra os muçulmanos, que perdessem a Terra Santa (Jerusalém) para os mesmos e tantos territórios na Europa para o protestantismo, e caísse no número proporcional de adeptos ano após ano, em franca decadência há séculos, ladeira abaixo sem fim. É por isso que é difícil discutir com fanáticos, porque eles têm a mente tão fechada e bitolada que vão sempre buscar os pretextos mais hilários e ridículos para defender o indefensável e justificar o injustificável. Para eles não importa a verdade dos fatos, importa apenas o que possa ser usado em favor deles por conveniência.

      E sinta-se totalmente livre para fazer qualquer tipo de comentário em qualquer artigo do blog, você (e todos os demais que comentam honestamente) são sempre muito bem-vindos aqui, não há nada que pedir desculpas. Grande abraço!

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links) e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.