5 de maio de 2015

Onde nosso Senhor foi crucificado


O meu amigo Alon, dono do excelente blog "A Grande Cidade", acabou de concluir um artigo fenomenal que deixa qualquer macabeu de cabelo em pé:


Vejam também:

http://agrandecidade.com

Recomendo ainda uma análise do todo o blog do mesmo, que possui inúmeros bons artigos contra o preterismo católico-romano, que nada mais é senão um truque papista para negar a identificação óbvia da Babilônia apocalíptica como sendo a Roma papal.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

15 comentários:

  1. " ... O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
    Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido", 1 Cor 2:14,15

    ResponderExcluir
  2. Observa aqui Banzoli; o versículo diz que aquela geração incrédula de judeus dos tempos de Jesus receberia apenas um sinal, o da sua ressureição: "Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal do profeta Jonas. E, deixando-os, retirou-se", Mateus 16:4. O contexto explica que como Jonas ficou três dias e três noites no ventre do grande peixe, Jesus ficaria três dias e três noites no coração da terra, o que indica sua morte seguida de sua ressurreição. E agora me aparece um punhado de católicos preteristes querendo colocar todos os sinais de Mateus 24 dentro daquela geração.

    ResponderExcluir
  3. Com a intenção de livrar o mundo de uma grande tribulação para o fim dos tempos, o Sr Macabeus aplicou a principal evidencia de Apocalipse para os habitantes de Jerusalém.

    Apocalipse 3:10 Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.

    Suas palavras: “os HABITANTES DA TERRA, na cultura Hebraica, referiam-se aos Hebreus que habitavam JERUSALÉM”.

    No seu artigo, ele volta ao Velho Testamento e tenta provar de todas as formas que HABITANTES DA TERRA é um termo de referência para Jerusalém. Ele usa várias passagens bíblicas, de Josué até os profetas menores.

    Vou citar a versão dele de Apocalipse 13:8, que ele também usa no seu artigo para mostrar que o termo HABITANTES DA TERRA é uma alusão aos habitantes de Jerusalém

    “E hão de adorá-la todos os HABITANTES DA TERRA, cujos nomes não estão escritos desde a origem do mundo no livro da vida do Cordeiro imolado. Quem tiver ouvidos, ouça!” (Apocalipse, Capítulo XIII, Versos XIII e IX)

    O problema terrível é admitir que os judeus, povo escolhido de Deus, nunca tiveram seus nomes escritos no livro da vida.

    Mas a catástrofe maior está aqui: Babilônia, que ele afirma ser Jerusalém, aparece separada dos HABITANTES DA TERRA, e ainda por cima lhes dá beber.

    Apocalipse 17: 1,2 E VEIO um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da GRANDE PROSTITUTA que está assentada sobre muitas águas; Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que HABITAM NA TERRA se embebedaram com o vinho da sua prostituição.

    Aí está o artigo dele. Vejam o que um católico é capaz de fazer com a interpretação bíblica no intuito de livrar a Igreja Católica das profecias do Apocalipse.

    http://macabeus.no.comunidades.net/index.php?pagina=1622666378_04

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Macabeus é o mestre supremo de malabarismos eisegéticos, hermenêutica de cambalhota e interpretações de circo. É impressionante a capacidade que esse indivíduo tem em tornar complicado um texto simples, para contaminar a mente dos incautos. Você pode falar o que quiser, Alon, mas o sujeitinho vai preferir continuar vivendo em meio ao conto de fadas que ele criou para si próprio. É um verdadeiro caso perdido.

      Excluir
  4. Apocalipse fala da grande cidade que dominava sobre os reis da terra. Segundo os preteristas católicos romanos, tal cidade é Jerusalém: a Babilônia de Apocalipse, julgada e destruída por Deus em 70 dC.

    Acredito que eles não perceberam o enorme problema que tem em mãos, pois Apocalipse esclarece que essa cidade fica sobre sete montes, que são também sete reis.

    Vejam,

    “... As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada. E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo”, Apoc 17:9,10

    O último versículo do capítulo fecha dizendo: “ ... a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra”.

    Agora vejam voces que contradição extraordinária: alguns apologistas preteristas tiveram o máximo de cuidado em listar os reis. A lista apresenta uma serie de imperadores que reinaram antes da escrita do Apocalipse até um tempo imedatamente posterior ao Livro. Mas, o problema medonho, horriilante e macabro é: todos estes reis eram ROMANOS, assentados no trono de Roma!

    Eis a lista apresentada

    1 - Júlio César
    2 - Otávio Augusto
    3 – Tibério
    4 – Calígula
    5 – Cláudio
    6 – Nero
    7 – Galba
    8 – Ótão
    9 – Vitélio
    10 – Vespasiano

    Para que o argumento pudesse se ajustar ao Apocalipse, três desses reis preciasaram ser eliminados, pois a profecia fala em sete reis apenas. Portanto, dizem: Galba, Otão e Vitélio, não foram colocados nos Anais do Império como soberanos por que não realizaram certas condições para tal.

    Agora leia outra vez os versículos, mas unidos em um só:

    “... As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada. E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo... . a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra”.

    O problema é do tamanho de um bonde. A Grande Cidade tem reis romanos, que reinam assentados em Roma e eles garantem que essa cidade é Jerusalém!

    ResponderExcluir
  5. Tem mais contradições aqui

    http://agrandecidade.com/contradicoes-do-preterismo/

    ResponderExcluir
  6. A Grande Cidade de Apocalipse tem sete reis. Os unicos reis mencionados, seja pela história, por pais da Igreja e pelos apologistas católicos preteristas, são obrigatóriamente REIS DE ROMA.

    Os unicos reis que reinaram naquela época eram reis romanos. Isso faz com que a cidade que reinava sobre sobre os reis da terra na ocasião da escrita do Apocalipse, seja Roma!

    ResponderExcluir
  7. Resta saber como o Macabeus vai sair dessa!

    ResponderExcluir
  8. Lucas Banzoli, vou insistir porque até agora não vi resposta. Eu acredito que o Macabeus não tem ainda noção do enorme problema que precisa resolver.

    Apocalipse esclarece que a grande cidade fica sobre sete montes, que são também sete reis.

    “... As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada. E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo”, Apoc 17:9,10

    O último versículo do capítulo fecha dizendo: “ ... a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra”.


    O Macabeus, o Cesar e mais alguns garantem que a grande cidade de Apocalipse é Jerusalém. O problema é que todos eles, quando chamados a nomear os reis dessa cidade, sem pensar nas gravíssimas conseqüências, apresentam a seguinte lista:

    1 - Júlio César
    2 - Otávio Augusto
    3 – Tibério
    4 – Calígula
    5 – Cláudio
    6 – Nero
    7 – Vespasiano

    São Reis de Roma, não de Jerusalém!

    Os tontos caíram na própria armadilha!

    OS APOLOGISTAS CATÓLICOS E AFILIADOS NÃO PERCEBERAM QUE ESTAO APRESENTANDO OS REIS DA GRANDE CIDADE DE APOCALIPSE?

    Veja novamente os versículos, mas unidos em um só:

    “... As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada. E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo... . a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra”.

    Isso exige uma resposta urgente da parte deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alon, se o Macabeus não tomasse tanto gardenal enquanto escreve as porcarias dele naquele site OBSCENO que ele possui, teria alguma chance de responder ao seu xeque-mate, nem que fosse pra espernear mais, como sempre faz.

      Excluir
  9. Lucas, me faz uma favor, por gentileza. Substitui aquele link la acima por esse aqui. Eu editei todo o artigo e lanço uma pergunta ao Macabeus citando ele por nome. Vou aguardar a resposta... Sentado

    http://agrandecidade.com/2015/06/27/onde-nosso-senhor-foi-crucificado/

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Um presente para os preteristas, Lucas

    http://agrandecidade.com/2015/06/27/a-idade-de-joao-do-chamado-ate-o-fim-do-exilio/

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ler seu artigo com calma. Terminei agora há pouco de escrever um resumo do Apocalipse, se você quiser ver aqui está:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/06/um-resumo-completo-do-apocalipse.html

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.