20 de maio de 2015

Vamos rezar aos santos, porque Deus é ocupado demais. Ou: até onde alguém vai para justificar sua idolatria.



Que a Igreja Romana é idólatra e pagã, isso todo mundo já sabe. Mas a coisa está ficando tão descarada ultimamente que tem até perdido a graça. Para justificar a existência de imagens de escultura que supostamente servem de intermediários entre nós e Deus – ao invés de pedirmos direto a Deus – eles agora chegaram à incrível e sensacional conclusão de que Deus é igual ao Presidente da República: ele é “ocupado demais”, e por isso é melhor falarmos com aqueles que podem levar as mensagens até ele...


Diga a verdade: você não tem raiva destes protestantes malvados, que “não sabem nada da Igreja Católica” e tem a audácia de incomodar a Deus com suas orações diretamente a ele? Esses rebelados filhos de Lutero são tão atrevidos que nem sequer esperam na fila para pegar a ficha de espera até que o Deus católico super ocupado e sem tempo para cuidar dos problemas de todo mundo possa finalmente decidir escutar o que você tem a dizer a ele. Então é melhor pedir para os “santos”, vai que deste jeito a mensagem chega até Deus mais rápido! A conclusão é que Deus não está “ocupado demais” para atender as nossas orações que passam pelos santos para depois chegar até ele, mas ele está “ocupado demais” para atender as orações que são feitas diretamente a ele. Que vá para a lata do lixo tudo aquilo que aprendemos sobre a onisciência e eternidade de Deus – é um verdadeiro vale-tudo para salvar a idolatria católica!

Se você pensa que são só os “catoleigos” que entram nesta onda de desvario e insanidade, acompanhe esta publicação do prof. Felipe Aquino, um dos ídolos master dos católicos da “Canção Nova”:


Sim, acredite: é Maria, e não Jesus, a “sede da nossa salvação”. E depois eles ainda querem ter a cara de pau de dizer que são monoteístas e nada idólatras!

O detalhe é que esta publicação foi feita por um dos principais líderes da Canção Nova e um dos mais “respeitados” neste meio, e teve nada a menos que 21 mil curtidas e quase 7 mil compartilhamentos, o que mostra que na mentalidade do católico comum não há problema nenhum nesta frase, porque eles já estão tão habituados à idolatria que já não conseguem perceber o tamanho do disparate que representa uma coisa dessas.

Foram anos e anos de lavagem cerebral que foram gradualmente tornando a mente do indivíduo cada vez mais suscetível e receptiva à idolatria e à descentralização de Cristo, de tal forma que já não sobrou mais nem um pedaço de bom senso ou Cristianismo genuíno neste meio. Ele passa a aceitar as frases idólatras sem sequer refletir sobre elas. É um processo lento de dominação da mente para torná-la cada vez mais aberta ao paganismo e fechada para Cristo. A idolatria é pregada explicitamente e eles já não se importam. E o pior é ver que existe católico tão ludibriado que defende este tipo de declaração nos debates!

Mas de todas as aberrações papistas que são cridas sem pensar, nada, nada, NADA se compara a isso:


Sim, para eles, Deus passou a existir por causa de Maria. E acredite: a mente deles já está tão escravizada a Roma que se um papista estiver lendo este texto agora terá a coragem de dizer que não vê problema nenhum em uma afirmação desta natureza. E coisas do tipo ocorrem aos montões, todos os dias, em todos os lugares onde exista um católico fanático. Perderia o dia todo aqui se quisesse passar exemplo por exemplo de atitudes idólatras que são apoiadas pelos próprios católicos. Mas para não perder tempo com mais “catoleigos”, vejamos o que um santo e doutor da Igreja, Afonso de Ligório, escreveu em um livro chamado “Glórias de Maria” (de quem mais poderia ser?), que é considerado hoje um livro oficial da ICAR e recomendadíssimo pelos padres:

“Feliz aquele que se abraça amorosa e confiadamente a essas duas âncoras de salvação: Jesus e Maria! Não perecerá eternamente” (página 31)

“Por conseguinte estão sujeitos ao domínio de Maria os anjos, os homens e todas as coisas do céu e da terra” (página 35)

“Maria, para salvar as nossas almas, sacrificou com amor a vida de seu Filho” (página 47)

“Maria imolou a sua alma para a salvação de muitas almas” (página 47)

“Do Eterno Pai diz o Evangelho que amou os homens a ponto de por eles entregar à morte seu Filho Unigênito (João 3.16). O mesmo também se pode dizer de Maria: Tanto amou os homens, que por eles entregou seu Filho Unigênito” (página 53)

“Então com suma dor e com intenso amor para conosco, Maria estava sacrificando por nós a vida de seu Filho” (página 56)

“Os pecadores só por intercessão de Maria recebem o perdão” (página 76)

“Seguindo a Maria, não errarás o caminho da salvação” (página 85)

Sois onipotente, ó Maria, visto que vosso Filho quer vos honrar, fazendo sem demora tudo quanto vós quereis” (página 100)

“Ide a Maria! O Senhor decretou não conceder favor algum sem a mediação de Maria. Por isso nas mãos dela está nossa salvação (página 144)

“Quando nos vem tentar o demônio, não deixemos de fazer como os pintinhos, que, mal enxergam o gavião, correm logo a refugiar-se sob as asas da mãe. Logo que nos assaltam tentações, sem discorrer com elas, refugiemo-nos depressa sob o manto de Maria. E vós, Senhora, deveis defender-nos (...) Depois de Deus outro refúgio não temos senão vós, que sois a nossa única esperança protetora, em quem confiamos” (página 85)

“Ah! Como fogem os demônios à presença de Nossa Senhora! Se na hora da morte tivemos Maria a nosso favor, que poderemos recear de todo o inferno?” (página 90)

“Salve esperança de minha alma (...) salve, ó segura salvação dos cristãos, auxílio dos pecadores, defesa dos fiéis, salvação do mundo (página 98)

“Em vós, Senhora, tendo colocado toda a minha esperança e de vós espero minha salvação (página 147)

“Acolhei-nos sob a vossa proteção se salvos nos quereis ver; pois só por vosso intermédio esperamos a salvação (página 147)

“É tributada ao Filho e ao Rei toda a honra que se presta à Mãe e à Rainha” (página 131)

“Maria é advogada poderosa para a todos salvar (página 151)

“Maria é toda poderosa junto a Deus“ (página 151)

E as minhas preferidas:

“Se Maria é por nós, quem será contra nós?” (página 90)

“Muitas coisas se pedem a Deus, e não se alcançam. Pedem-se a Maria, e conseguem-se” (página 118)

Se isso é o que disse um doutor e santo da Igreja Romana, então não deveríamos esperar nada de surpreendente vindo de catoleigos, olavetes e tridentinos que pipocam por aí.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

28 comentários:

  1. " E depois eles ainda querem ter a cara de pau de dizer que são monoteístas e nada idólatras!"

    Aí eles respondem dizendo: mas, Maria, mãe de Jesus, não é uma deusa e nem os santos são ídolos. Portanto, não somos idólatra, somos monoteístas.

    Ou ainda: em qual documento da igreja diz que Maria é uma deusa? E que os santos são ídolos? Poderia me mostrar?

    É dessa forma que eles se defendem da acusação de idolatria. Sempre quando se veem acuados e sem resposta, dizem que os santos não são deuses, e nem Maria é um ídolo para se cometer idolatria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou seja, é igual a um político corrupto que quando é perguntado sobre o roubo se defende dizendo: "Eu não sou corrupto e sou contra a corrupção". Que beleza!

      Excluir
    2. Para que haja violação do 1.º mandamento do decálogo não é necessário que alguém afirme que está adorando a deuses estranhos ou a outros deuses em associação com o verdadeiro Deus, basta que os invoque em auxílio ou com expressões de louvor ou os sirva queimando-lhes velas, incenso ou erigindo-lhes altares.E é isto que os papistas fazem, como todos sabemos.

      Excluir
  2. Lucas, eu estou em panico!

    Inacreditável!

    ResponderExcluir
  3. "Deus está muito ocupado para ouvir as orações de todos! "

    Só me faltava essa!

    É nisso que dá dizer que nem tudo está na Bíblia. Onde ela arrumou essa asneira? Deve ter sido das coisas que não foram escritas mas passadas de boca em boca. Cristo não tinha nem um apóstolo doido pra começar a espalhar essa maluquice.

    Deus me livre. E eu achando que já tinha visto de tudo desse povo.

    Isso é uma verdadeira avacalhação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles se orgulham tanto por possuírem um "magistério", e depois saem com uma dessas. Que magistério impressionante este, estou adorando!

      Excluir
  4. Eles transformaram a céu em uma repartição pública.

    ResponderExcluir
  5. Lucas você poderia depois fazer um texto sobre as religiões afro (umbanda, candomblé, etc)?
    Existe muito mas MUITO preconceito dos evangélicos com eles. Por isso eu não sou NADA, sou
    cristã apenas. Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a paz. Bom, o título deste blog é "Heresias Católicas", então ficaria estranho escrever um artigo sobre outras religiões. Mas a minha opinião sobre as religiões afros é simples: são religiões falsas (no sentido próprio de "ligar a Deus"), mas devem ser respeitadas (no sentido de não impedi-los de exercer sua opinião publicamente e de viver a vida deles como eles quiserem). Eu não sei a quais casos de preconceito que você se refere, mas eu não acho que alguém teria que deixar de ser evangélico por causa dos maus exemplos. Maus exemplos existem em todos os lugares, em todas as religiões. Se existem maus exemplos, o nosso papel deve ser de ser um bom exemplo, e não de deixar a Igreja. Isso é o que eu penso a respeito.

      Abraços!

      Excluir
  6. Loucura.

    Enquanto querem e insistem em falar com os peixes(que nada podem fazer), nós falamos diretamente com o dono dos peixes, Ele mesmo se dispôs a isso, quando derrubou a parede de separação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Isso me lembrou este artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/01/pede-mae-que-o-filho-atende.html

      Abraços :)

      Excluir
  7. E a imagem mostra Deus careca, depois dessa, vou rir pra não chorar.

    ResponderExcluir
  8. Não existe outro intercessor além do Espírito Santo de Deus... Ele sim ora conosco a Deus... Busquem a verdade, ela vos libertará!

    ResponderExcluir
  9. São tantos absurdos que me da arrepios quando leio... Misericórdia!!!

    ResponderExcluir
  10. Lucas, no meio do ano por eu ler grandes mentiras dos sites católicos, eu vou meio que virei católico e até tentei rezar a Maria ou algum outro Santo. Mas aí eu pensei : Pra que orar a um santo se Deus é bem mais poderoso do que Maria ou qualquer outro santo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. A única forma de escapar é se o “santo” Afonso de Ligório estiver certo quando disse que “muitas coisas se pedem a Deus, e não se alcançam. Pedem-se a Maria, e conseguem-se” (“Glórias de Maria”, p. 118), mas não sei por que isso não me convence...

      De fato, para alguém rezar aos mortos, deve estar certo de que:

      1) Estes mortos estão totalmente vivos e conscientes em um outro mundo (contra a Bíblia).

      2) Estes mortos podem ouvir e atender as preces de todos os católicos do mundo, ao mesmo tempo, em todos os lugares (contra a lógica).

      3) O tempo empregado para fazer essa oração a Jesus seria pior empregado ou com menos êxito do que se fizesse essa mesma oração aos mortos (contra o bom senso).

      No fim das contas, acho mesmo que é melhor orar a Jesus...

      Excluir
  11. Quanta heresia , vc fica pasmo com isso.
    Maldito erro de cosntantino ter oficializado o cristianismo a roma.
    Quanto tempo mais ter q eles abrirem os olhos.

    ResponderExcluir
  12. Caro Lucas,
    Acabo de conhecer o seu blog. Sou católico, mas cada vez mais estou insatisfeito com a minha religião. Os inúmeros dogmas e preceitos que tenho que aceitar me impedem de ter um compromisso livre e sincero com o Evangelho. Gostaria se não for incômodo que você pudesse refutar esse documento justificando orações pelos mortos:
    Por isso, São Paulo, na 2ª Epístola a Timóteo, cap.1, vers.18, assim ora a Deus pelo amigo Onesíforo:“Que o Senhor lhe conceda a graça de obter misericórdia do Senhor naquele dia”.(2 Tm 1,18)
    Nota: Comparando os vers. 15 a 18 do cap. 1º, com o vers.19 do cap.4º desta
    mesma Epístola, vê-se que Onesífero já era morto, porque nestes textos, S. Paulo se refere nominalmente a outras pessoas, e quando seria o caso de nomear Onesíforo, seu grande amigo e benfeitor, ele não o faz, mas só se refere“à casa” e “à família de Onesíforo”. Daí se conclui que ele não era mais do número dos vivos. E S. Paulo reza
    por ele, pedindo que o Senhor tenha dele misericórdia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a paz!

      Paulo não orou por Onesíforo, ele apenas expressou o seu DESEJO de que Onesíforo fosse salvo no dia do juízo, apenas isso, coisa que qualquer protestante poderia dizer e fazer. Ele não fez uma reza pela alma de Onesíforo ou algo do tipo. Aliás, é importante ressaltar que, se Onesíforo já estivesse no céu (conforme a crença católica a este respeito), Paulo não teria manifestado seu desejo de que Onesíforo alcançasse a misericórdia do Senhor NAQUELE DIA (o dia da ressurreição/juízo), porque ele supostamente JÁ TERIA alcançado a misericórdia de Deus, ou seja, já estaria no Paraíso. Se isso seria um momento futuro é porque é óbvio que Onesíforo, mesmo salvo, não havia encontrado a misericórdia de Deus ainda, o que refuta as próprias pretensões católicas ao usar este texto.

      Sobre a intercessão dos santos, recomendo-lhe este artigo onde eu explico este e mais textos similares:

      http://heresiascatolicas.blogspot.in/2015/06/paulo-leitao-pagando-mico-ao-tentar.html

      Abs!

      Excluir
  13. Cara, só um adendo. Na figura de Maria, está escrito:"Doce coração de Maria, sede nossa salvação." Eu acho que o que ele colocou não é sede, de local, e sim o verbo ser no imperativo, aplicado de forma errada. O correto seria sê. Isso não atenua muito a bizarrice, já que coloca ela como salvação, mas é isso que a frase quer dizer, no meu entender.

    ResponderExcluir
  14. os catolicos estao cada vez mais afastados de jesus

    ResponderExcluir
  15. Eu não acredito que li esses trechos do tal “Glórias de Maria”!!!Estou atônito!

    ResponderExcluir
  16. Eu estou abismado a respeito desses trechos que você mostrou...E olhe que você só deve ter mostrado uma parte das absurdidades desse livro. Enquanto isso, ainda têm católicos que dizem que "𝐧ã𝐨 𝐬ã𝐨 𝐢𝐝ó𝐥𝐚𝐭𝐫𝐚𝐬".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o pior é que esse é um livro de cabeceira dos papistas, quase tão estimado quanto a própria Bíblia. Pra se dar conta do nível de idolatria que já se submeteram...

      Excluir
  17. Oi Lucas

    Aqui é o João Felipe mais uma vez com uma nova duvida devido a argumentos de católicos que eu tenho dificuldade de refutar, dessa vez é o seguinte: em uns sites católicos, para defenderem a intercessão dos santos eles usam o seguinte trecho da carta a Timóteo: "Antes de tudo, peço que se façam súplicas, orações, intercessões r ação de graças por todas as pessoas, pelos reis e pelas autoridades em geral, para que possamos levar uma vida calma e tranquila, com toda a piedade e dignidade"; me diga Lucas: o que esse versículo quer dizer exatamente?

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse versículo não está falando de gente morta, mas de pessoas vivas. Os "reis" e "autoridades" aí mencionados não são defuntos, mas os governantes daquela época que exerciam poder sobre eles. Nem teria sentido orar por autoridades já mortas, uma vez que elas já não seriam mais autoridades ao morrer.

      Além disso, é só continuar a leitura nos versículos seguintes para confirmar que o propósito dessas orações era que os homens fossem salvos e chegassem ao conhecimento da verdade, o que não pode ser uma referência aos mortos já que os mesmos já teriam sido salvos ou perdidos e já teriam chegado ao conhecimento da verdade:

      “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus” (1ª Timóteo 2:1-5)

      Se estivesse falando de gente morta como no conceito católico romano, ao invés de dizer isso teria dito que o propósito dessas orações seria para que as almas “saíssem do purgatório” e bobagens do tipo.

      E observe, por fim, que o ÚNICO mediador apresentado é Jesus Cristo, e não uma “mediadora” ou um panteão de “santos” e “santas” já falecidos. É só Jesus que leva a Deus essas orações que fazemos por outras pessoas aqui da terra. É este o conceito bíblico insofismável.

      Abs!

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.