17 de julho de 2015

O Sheol (Hades) é uma morada de almas incorpóreas?


No dia 15 do mês passado publiquei aqui um artigo sobre o debate entre o Pr. Jamierson e o Pr. Patrick sobre Lucas 23:43 (se você ainda não leu, clique aqui). Na ocasião, o refutado Pr. Jamierson disse que “a minha refutação está guardada”. O problema é que ele guardou tão bem que perdeu, e até hoje não saiu nada. Que pena. Mas no último dia 13 houve um novo debate sobre imortalidade da alma (disponível aqui), desta vez contra outro adventista. Eu não vou perder tempo comentando todo o debate outra vez porque não houve nada além dos velhos versículos clichês que todo bom imortalista guarda na manga e repete nos debates como um mantra. E depois que o adventista refutou a primeira pergunta do Jamierson usando a própria Bíblia Apologética do Jamierson (que ali dizia o oposto daquilo que ele defendia no debate!), a coisa ficou tão feia e vexatória que é melhor eu nem comentar mesmo.

Em vez disso, tecerei alguns comentários sobre a segunda pergunta do Jamierson, que foi sobre um tema que eu já estava planejando escrever um artigo a respeito. Trata-se do significado básico de Sheol (palavra hebraica usada no AT) ou Hades (palavra grega usada no NT), que os imortalistas entendem como sendo uma morada de almas incorpóreas conscientes, fora do corpo – uma noção terrivelmente pagã e herética. Ele lança sua “kriptonita” com a seguinte pergunta:

“Você poderia me dar uma única referência bíblica de pessoas colocando corpos físicos no Sheol ou no Hades, e alma ou espírito indo para a sepultura ou túmulo?”

Claro, Jamierson. É claro que podemos.

Comecemos com o Salmo 141:7, que diz:

“Como a terra é arada e fendida, assim foram espalhados os seus ossos à entrada do Sheol (Salmos 141:7)

No original hebraico:


Aqui vemos claramente que os ossos (não fala nada da alma ou do espírito!) vão para o Sheol na morte. Caso Jamierson não saiba, os ossos fazem parte do corpo físico. Portanto, aqui está a resposta a esta objeção infantil.

Agora vamos para 1ª Reis 2:9:

“Mas, agora, não o considere inocente. Você é um homem sábio e saberá o que fazer com ele; apesar de ele já ser idoso, faça-o descer ensanguentado ao Sheol (1ª Reis 2:9)

No original hebraico:


Aqui vemos que Simei desceria ensanguentado ao Sheol. A não ser que Jamierson creia que almas incorpóreas e imortais sangram, dois a zero para a Bíblia.

Aqui tem mais:

“Descerá ela às portas do Sheol? Desceremos juntos ao ?” (Jó 17:16)

No original hebraico:


Neste paralelismo bíblico, Jó iguala o Sheol ao pó da terra, que é justamente onde o corpo jaz na morte (Gn.3:19). A não ser que Jamierson creia que este lugar onde estão as almas penadas seja o “pó”, três a zero para a Bíblia.

Calma que tem mais:

“Como ovelhas, estão destinados à sepultura, e a morte lhes servirá de pastor. Pela manhã os justos triunfarão sobre eles! A aparência deles se desfará no Sheol, longe das suas gloriosas mansões” (Salmos 49:14)

No original hebraico:


Será que Jamierson crê que a aparência de uma alma incorpórea se “desfaria” no Sheol, ao invés de estar falando do corpo que naturalmente se decompõe? Em caso negativo, quatro a zero para a Bíblia.

Não percam as contas:

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças; porque no Sheol, para onde tu vais, não há obra, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma (Eclesiastes 9:10)

No original hebraico:


Será que Jamierson crê que as almas dos justos no Sheol não fazem obra nenhuma, não tem conhecimento de nada, nem tem nenhuma sabedoria? Se sim, deve ser a alma dele. Se não, cinco a zero para a Bíblia.

Ainda tem mais:

“Pois na morte não há lembrança de ti; no Sheol quem te louvará?(Salmos 6:5)

No original hebraico:


Puxa, essa doeu. A pobre alma penada vai pro Sheol, e, chegando lá, descobre que não pode louvar a Deus!

Calma que ainda vai piorar:

Desceram vivos ao Sheol, com tudo o que possuíam; a terra fechou-se sobre eles, e pereceram dentre a assembléia” (Números 16:33)

No original hebraico:


Quer dizer que o que desceu vivo ao Sheol foi um fantasminha sem corpo?

Tem mais:

“Sua soberba foi lançada no Sheol, junto com o som das suas liras; sua cama é de larvas, sua coberta, de vermes” (Isaías 14:11)

No original hebraico:


Deixa eu ver se entendi: os vermes e as larvas não estão sobre o corpo morto, mas sim sobre a alma imaterial dos que estão no Sheol?

Mais uma:

“Não permitas que eu seja humilhado, Senhor, pois tenho clamado a ti; mas que os ímpios sejam humilhados e calados fiquem no Sheol (Salmos 31:17)

No original hebraico:


Os ímpios vão ficar calados enquanto queimam no “inferno”?

E tem mais essa:

“Se agora vocês também levarem este de mim, e algum mal lhe acontecer, a tristeza que me causarão fará com que os meus cabelos brancos desçam ao Sheol (Gênesis 44:29)

No original hebraico:


Sério mesmo que uma alma incorpórea tem “cabelos brancos” no Sheol? Será que também dá pra tingir o cabelo da “alma” com tintas Beauty Color?

Eu perdi as contas, mas acho que o placar está “Bíblia 10 vs 0 Paganismo Grego”. Está parecendo Brasil e Alemanha, só que pior.

Mas ainda falta responder a segunda parte da pergunta, que era sobre onde na Bíblia vemos alma ou espírito indo para a sepultura ou túmulo. Como Jamierson não conhece absolutamente nada da teologia mortalista, é natural que ele não saiba que mortalista nenhum crê que o espírito vai para o Sheol, pois o espírito, como o fôlego ou princípio vital de vida, volta para Deus na morte (Ec.12:7; Lc.23:46; At.7:59). Mas vamos deixar isso barato, e focar somente na questão da alma. Jamierson está tão certo de que não existe passagem bíblica que relaciona sepultura e alma quanto estava certo de que não havia passagem nenhuma que relacionasse corpo e Sheol. Que dó.

Primeiro gol da Alemanha:

“Para apartar o homem do seu designo e livrá-lo da soberba; para livrar a sua alma da cova, e a sua vida da espada” (Jó 33:18)

No original hebraico:


A “cova” para onde a alma (nephesh) iria caso Deus não tivesse estendido os dias de vida da pessoa é a tradução do hebraico shachath, que significa “cova, destruição, sepultura”[1].

Mais um gol da Alemanha:

“Sua alma aproxima-se da cova, e sua vida, dos mensageiros da morte” (Jó 33:22)

No original hebraico:


Outro gol da Alemanha:

“Ele resgatou a minha alma, impedindo-a de descer para a cova, e viverei para desfrutar a luz” (Jó 33:28)

No original hebraico:


Gol do Klose:

“Foi para minha paz que tive eu grande amargura; tu, porém, amaste a minha alma e a livraste da cova da corrupção, porque lançaste para trás de ti todos os meus pecados” (Isaías 38:17)

No original hebraico:


Não é replay, é outro gol:

“Que homem há, que viva, e não veja a morte? Livrará ele a sua alma do poder do Sheol?” (Salmos 89:48)

No original hebraico:


Note que neste texto “ir para o Sheol” é o oposto a “viver e não ver a morte”, ou seja, não há vida no Sheol!

É o sexto:

“Pois o resgate de uma alma não tem preço. Não há pagamento que o livre para que viva para sempre e não sofra decomposição (Salmos 49:8-9)

No original hebraico:


Alma sofrendo decomposição? Como assim?

E, por fim, o sétimo, de bicicleta:

“Se o Senhor não fora em meu auxílio, já a minha alma habitaria no lugar do silêncio (Salmos 94:17)

No original hebraico:


Sim, sim, este lugar do silêncio para onde a alma do salmista iria é justamente aquele lugar na glória com altos louvores a Deus e comunhão com todos os santos. É claro. Não tem nada a ver com a “sepultura” não!

Vou parar por aqui, pois já deu os sete. Chega. Se de longe um “teólogo” desconhecer a existência de versículos como esses soa como decadência, de perto parece de longe. O homem sequer estudou a doutrina mortalista antes de “rebatê-la” em debate, pois disse que para os mortalistas o Sheol é sempre “sepultura”. De que raios ele tirou isso? O sentido primário de Sheol é de uma “sepultura coletiva”, ou seja, o local onde todos os mortos estão ao morrerem (em contraste com uma “sepultura individual”, que é o significado mais típico de qeber), embora em alguns casos signifique morte, pó ou profundezas. É justamente pelo fato de não existir um equivalente em português exato para o significado hebraico de “Sheol” que os tradutores decidiram manter o termo hebraico Sheol ao invés de traduzi-lo. Não há palavra em português que expresse com exatidão o sentido original de Sheol (a própria palavra sepultura, embora chegue perto, não exprime com perfeição, em função do sentido universal de Sheol).

O mais importante é que nunca, em parte nenhuma da Bíblia, Sheol ou Hades tem o sentido de “morada de almas incorpóreas conscientes” (o que é bastante engraçado, já que na teologia pagã imortalista este é o significado primário e fundamental do Sheol!). Então eu aproveito para lançar apenas uma pergunta para o Pr. Jamierson:

• Em qual parte da Bíblia é dito que Sheol é o lugar para onde as almas fora do corpo vão após a morte?

Antes que o espertinho distorça as minhas palavras, é preciso esclarecer uma coisa: os mortalistas também concordam que a alma depois da morte está no Sheol, isso porque na Bíblia o significado primário de “alma vivente” é de um “ser vivo” (Gn.2:7), então não serve mostrar um versículo que diga que uma alma está no Sheol, pois só estaria corroborando e reforçando aquilo que os mortalistas já creem. É por isso que eu fiz questão de sublinhar: “em qual parte da Bíblia é dito que Sheol é o lugar para onde as almas fora do corpo vão após a morte?”. Ou seja, eu quero uma passagem que diga expressamente que depois da morte a alma sai do corpo, e nesta condição de fantasminha incorpóreo vai para o Sheol, para se encontrar com outras almas penadas sem corpo.

Eu irei esperar um, dois, cinco, dez, cinquenta anos se preciso for. Só quero uma passagem. Umazinha.

Ah, já sei. Há um texto que o Jamierson pode usar, que é o único que os imortalistas sempre usam para fundamentar toda a sua teologia sobre o Sheol. Trata-se de... (que rufem os tambores)... uma parábola! Sim, vejam só que sensacional. Eles extraem toda a teologia deles sobre o Sheol em cima dos meios alegóricos de uma parábola. É rir pra não chorar. Mas eu tenho uma notícia triste: nem essa parábola serve, porque ela não fala em lugar nenhum que o rico, Lázaro ou Abraão estivessem no Hades em forma de alma incorpórea. Ao contrário, na parábola o rico tem língua (Lc.16:24) e sente sede (Lc.16:24), e Lázaro tem um dedo (Lc.16:24). Então o nobre Jamierson terá que escolher: ou o corpo do rico da parábola foi parar no Hades por engano, ou que vá para o lixo este argumento[2].

O desafio continua:

• Em qual parte da Bíblia é dito que Sheol é o lugar para onde as almas fora do corpo vão após a morte?

É nisso que dá alguns lugares formarem pastores de qualquer jeito, que pensam que sabem algo de exegese porque tem uma Bíblia “Apologética” que contradiz até a si próprio. Amadorismo total.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Meus livros:

- Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)




[1] Concordância de Strong, 7845.
[2] Quem quiser ver uma análise minha sobre a parábola do rico e Lázaro, acesse: http://desvendandoalenda.blogspot.com.br/2013/07/estudo-completo-e-aprofundado-sobre.html

10 comentários:

  1. Lucas, você poderia fazer um artigo igual a esse usando mesmos prints do site hebraico.pro só que falando da alma e do espírito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vou fazer nas próximas semanas, obrigado pela sugestão!

      Excluir
    2. Fiquei espantado e sem acreditar que o Jamierson fez uma pergunta tosca como essa! Será que ele já leu a Bíblia toda alguma vez? Como é que ele participa de uma obra bíblica (Tal de Bíblia apologética) e vem com uma pergunta amadora dessa? Outro ponto tosco que observei é que ele usa o argumento de Elias e Moisés estarem no céu em corpo glorificado é base para sustentar que almas desencarnadas estão lá também, o indivíduo não percebe que ele se auto refuta com esse argumento? Pois se Elias está no céu, ele foi em corpo e não como um fantasma, assim sendo, Jamierson não percebe que coloca Jesus e Elias em uma verdadeira sessão espírita! Imagine só Jesus e Elias em corpos glorificados no céu com um monte de espíritos humanos desencarnados com eles! É espantalho que não acaba mais...

      Dionatan

      Excluir
    3. O pior é que realmente ele nunca deve ter lido a Bíblia do Gênesis ao Apocalipse (um estudo recente apontou que metade dos pastores nunca leram a Bíblia toda na vida, e tendo por base o conhecimento do Jamierson torna-se claro que ele está incluso nesta porcentagem). Nem a própria Bíblia Apologética dele próprio ele deve ter lido, pois estava pregando o contrário dela no debate. É pra rir mesmo, esses imortalistas são cômicos quando tentam defender essa heresia "biblicamente".

      Excluir
  2. Esse Jamierson não cria vergonha na cara e não conseguiu fazer nem um golzinho de honra, foi 7 x 0 mesmo! Kkkkkkk!

    Dionatan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha quem sabe ele não pelo menos TENTA responder meu artigo desta vez e faz um golzinho de honra?

      Excluir
  3. Lucas, queria ver você em algum debate no Vejam só para "destroçar" de vez esta interpretação do Jamierson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo tem seu tempo, e eu não tenho nenhuma pressa. Abraços!

      Excluir
  4. Graças a Deus abandonei está doutrina ante bíblica,eu não podi resistir aos argumentos, já fazia tempo que eu tinha dúvidas sobre este tema, e lendo o seu artigo irmão lucas, tirei minhas conclusões, obrigado, e parabéns pelos seus ótimos artigos,tbm quero muito te ver no vejam só para destruir a alma imortal kkkkkkkk abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw, de fato com a graça de Deus muita gente tem abandonado essa falsa doutrina (basicamente, todos que a tem estudado com seriedade e honestidade). Gde abraço!

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links) e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.