13 de junho de 2016

Debate sobre a Trindade (Parte 2)


O tópico de debate sobre a trindade atingiu o limite de 200 comentários por artigo e por isso eu estou criando este novo para dar continuidade ao debate. Todos são bem-vindos desde que debatam com educação. Comentários sobre a trindade em outros tópicos continuam sendo proibidos. Da mesma forma, comentários sobre outros temas neste tópico sobre a trindade também serão suprimidos. O engraçadinho que quiser debater sobre imortalidade da alma o faça em algum dos vários artigos sobre este tema que o blog possui. Aqui está proibido, e na insistência será banido. Sem mais, bom debate a todos.

29 comentários:

  1. Um dos principais argumentos trinitariano para defender a divindade e a deidade de Jesus está nas passagens que mostram pessoas o adorando. O Anônimo, no debate anterior, apresentou vários versículos que supostamente reclamam essa posição.
    .
    Aqui estão suas palavras: “Mas me respondam uma coisa porque Jesus nunca repreendeu aqueles que o adoraram? se ele mesmo disse: "Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto" Mas foi adorado pelos magos ao nascer Mt 2. E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo. 9 11 E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.
    .

    Mateus 2:1,2, 9. Foi adorado por um leproso 2 E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. Foi adorado por Jairo Mat. 9:18 e Luc. 8:40-42 Dizendo-lhes ele estas coisas, eis que chegou um chefe, e o adorou, dizendo: Minha filha faleceu agora mesmo; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá.
    Mateus 9:18.
    .
    Foi adorado pelos 12 discípulos após andar sobre as águas Mat. 14:33 Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-no, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus. Foi adorado pela mulher siro-fenícia Mat. 15:22-25 Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!
    Mateus 15:25.
    .
    Foi adorado pelo demônio que possuiu o jovem geraseno Mar. 5:2-6 E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o.Marcos 5:6. Foi adorado Jesus ouviu que o tinham expulsado e, encontrando-o, disse-lhe: Crês tu no Filho de Deus? Ele respondeu, e disse: Quem é ele, Senhor, para que nele creia? E Jesus lhe disse: Tu já o tens visto, e é aquele que fala contigo. Ele disse: Creio, Senhor. E o adorou. João 9:35-38.
    .
    Foi adorado pela mãe de Tiago e João, os filhos de Zebedeu Mat. 20:20-20 Então se aproximou dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-o, e fazendo-lhe um pedido. Foi adorado pelas mulheres após Sua ressurreição Mat. 28:8-9 E, saindo elas pressurosamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos. E, indo elas a dar as novas aos seus discípulos, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram. Mateus 28:8,9.
    .
    Foi adorado pelos discípulos após subir ao céu Lucas 24:50-52 E levou-os fora, até betânia; e, levantando as suas mãos, os abençoou. E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu. E, adorando-o eles, tornaram com grande júbilo para Jerusalém. Lucas 24:50-52.
    .
    Foi adorado pelos seres celestiais em Apoc. 5:11-14 Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre.
    .
    Apocalipse 5:12-14. Um dia todo joelho se dobrará ao nome de Cristo Filip. 2:9-11 Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, Filipenses 2:6-10.
    .
    Jesus nunca repreendeu aqueles que se prostraram diante, se ele não possuísse os atributos de Deus não teria recebido adoração”.

    ResponderExcluir
  2. Minha resposta
    .
    Primeiro: Todos que se prostraram diante de Jesus sabiam que o faziam diante de um homem. Ele era o Messsias esperado, o Rei de Israel. Eles viam diante deles o prometido, e não alguém transcendente, parecido com um ser. Ninguém tentou saber antes se ele tinha atributos divinos, confirmado por uma aparência ontológica externa, radiante, angelical ou algo semelhante que pudesse impressionar além do esperado: O Messias!
    .
    Você fala como católico, mas é um protestante catequizado pela doutrina da trindade. Dentre seus argumentos apresentados como defesa de que Jesus foi adorado porque era Deus encontramos dois demônios o adorando.
    .
    Dois demônios estão adorando a Deus???!!!
    .
    É Isso que a tradução trinitriana confessa quando não respeita distinções para a palavra no original, que tem vários significados além de adorar, a saber: “reverenciar”, “receber respeitosamente”, “inclinar-se”, “prostrar-se” e etc. A falta de pesquisa e má tradução causou um prejuízo enorme para o entendimento do contexto.
    .
    A insistente tradução de προσκυνέω (proskynô) por “adorar” em nossas Bíblias, em especial no NT, causou, inclusive, uma situação esdrúxula: Jesus estaria dizendo que certas pessoas deveriam adorar outras. Vemos isso em Ap. 3.9 “Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo.” Será que haverá pessoas que vão adorar os crentes da igreja de Filadélfia? Certamente a tradução do Peregrino deixa muito mais claro o sentido original: “Vê o que farei à sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus sem o ser, pois mentem: farei que venham prostrar-se a teus pés, reconhecendo que eu te amo.”
    .
    Agora me aparece vossa execelência insinuando que demônios prestaram adoração a Deus! Demônios que rejeiaram a Deus enquanto no céu agora vieram adorá-lo na terra? Conta outra!
    .
    E os magos? Quando chegaram a Jerusalém eles perguntaram onde tinha nascido Deus ou o rei dos judeus? “Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.” (ARC).
    .
    Será que aqueles homens entendiam que o menino fosse o próprio Deus, nascido (?) por aqueles dias? Ora, não são os judeus monoteístas? Os pais da criança concordariam com um culto ao seu filho?
    .
    E Herodes, queria também adorar Deus? Veja o que ele disse aos magos: “ Voltem e me digam onde está o menino que vou também adora-lo”
    .
    E os soldados romanos, também o adoraram como Deus? Eles ironizando diziam: “Salve, Rei dos Judeus … e postos de joelhos o adoravam”. É a mesma palavra grega usada para adorar em todos os seus argumentos. Eles escarneciam, mas mesmo assim o reverenciaram como como um rei dos judeus e não como um Deus cultual, até porque os romanos não tinham ao Pai de Jesus como seu Deus, nem a Jesus mesmo como Deus, mas como um provável rejeitado “rei dos Judeus”, e isso está explicitado na placa fixada na cruz: “ … por cima da sua cabeça puseram escrita a sua acusação: ESTE É JESUS, O REI DOS JUDEUS”

    Continua...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara não importa que é a mesma palavra grega para adoração. Na língua portuguesa tbm existem palavras iguais, porém que em determinado contexto tem um significado em outro contexto, um significado diferente.

      Excluir

  3. Você me pergunta: “por que Jesus não repreendeu àqueles que o adoravam? Porque não foi adoração!
    .
    Jesus foi acusado pelos fariseus de várias coisas, mas não me lembro deles o terem acusado de exigir adoração para si mesmo. Isso pode ajudar provar que a atitude de várias pessoas, que pareciam adorá-lo, na verdade, não o faziam.
    .
    Veja o caso do cego de nascença que fora curado por Jesus. Naquele relato - João 9:38-40 - voce pode ler: “Ele disse: Creio, Senhor. E o adorou. E disse-lhe Jesus: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem sejam cegos. E aqueles dos fariseus, que estavam com ele, ouvindo isto, disseram-lhe: Também nós somos cegos?”.
    .
    Só isso? Eles viram o ato do cego “adorando” Jesus e não protestaram? Isso dá apedrejamento! Os judeus estavam doidos para incriminar o Senhor, mas agora veem alguém o adorando e não fazem nada! Se incomodarem apenas com a insinuação de que Jesus os havia chamado de cegos? Ora, ora, que lástima!
    .
    Isso foi por causa das nossas traduções trinitarianas que colocaram a palavra adorar onde não deveria estar.
    .
    Qualquer um que o adorasse estaria em apuros, poderia ser morto por idolatria, mas isso não aconteceu com ninguém, nem mesmo quando lemos Mateus 8:2: “E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo”.
    .
    A Bíblia de Jerusalém foi mais fiel ao original do que as outras. Ela traduz: “quando de repente um leproso se aproximou e PROSTROU-SE diante dele dizendo: ‘Senhor, se queres, tens poder para purificar-me’”.
    .
    Os judeus monoteistas estavam por toda parte vigiando e espreitando. Não admitiam nenhuma adoração se não a Deus. Voce acha mesmo se vissem alguém adorando Jesus eles ficariam quietos?
    .
    A mulher Cananeia de Mt 15:22-25 também o adorou né? Ela respeitosamente o intitula Senhor e filho de Davi, reconhecendo sua ascendência real. Ele o chama de Rei sem citar a palavra! Aquela mulher não o viu como Deus.
    .
    Por essa razão, aqui, como em várias outras passagens, a expressão “prostrar-se” em reverência se encaixa perfeitamente ao contexto monárquico. Como foi visto algo semelhante em Marcos 15:19, que por sinal denuncia a pobreza da tradução de nossas Almeidas para “adorar”, que faz vista grossa com relação ao verso 18 onde os soldados ironizam Jesus e o saúdam dizendo “Salve, Rei dos judeus”. Eles debocharam fazendo-se como reverentes a um rei.
    .
    Tem outro contexto seu bizzaro - a resposta esta na sua cara! O que foi que os discípulos disseram quando o “adoraram”, que o fizeram porque viram ali o Filho de Deus ou Deus?
    .
    “Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-no, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus”, Mateus 14:33
    .
    Filho de Deus é igual a: Messias, Filho de Davi, Rei de Israel e similares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João 30 demonstra que Jesus foi Deus, e os judeus entenderam isso muito bem pois queriam mata-lo.

      Excluir
    2. Estou preparando uma resposta boa pra voce com relaçao a João 10:30-33

      Excluir
  4. Anônimo escreveu:Foi adorado pelo demônio que possuiu o jovem geraseno Mar. 5:2-6 E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o.

    ___________________

    Muitas palmas para voce, Anônimo, por essa extraordinária conclusão: Demônios adoram o Senhor como adoraram as outras pessoas. Eles se rebelaram contra Deus, foram expulsos do seu domicilio, mas agora resolvem adorar Deus aqui na terra. A palavra prostrar-se não foi suficiente para resolver seu problema, mas você teve que fazer dos demônios adoradores de Deus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mark 5:6 The Greek word denotes an act of reverence, whether paid to a creature (see Mt. 4:9; 18:26) or to the Creator (see Mt. 4:10)
      Parabéns, AL Franco (aka Anônimo, já que também não tem nome), pelo seu curso de grego (que não tem)! 50% de chance de Jesus não ser Deus, segundo essa passagem!

      Excluir
  5. Você insinua que o endemoninhado que Jesus livros dos demônios o adorou porque Jesus é Deus. Ele sabia que era Deus? Como foi descoberto que ele adorou? Qual foi o gesto? Ele ficou parado diante de Jesus igual a um católico abobalhado com os braços levantados e olhinhos fechados, ou ele fez o gesto de prostrar-se diante dele? Como souberam que ele adorou? Aliás, todos os outros que supostamente o adoraram fizeram o que diante dele? PROSTRARAM-SE! Nossas traduções preferiram a palavra adorar. Ta errado!
    .
    Veja o texto que você apresentou: “ Jesus ouviu que o tinham expulsado e, encontrando-o, disse-lhe: Crês tu no Filho de Deus? Ele respondeu, e disse: Quem é ele, Senhor, para que nele creia? E Jesus lhe disse: Tu já o tens visto, e é aquele que fala contigo. Ele disse: Creio, Senhor. E o adorou.
    .
    Ele estava diante do Filho de Deus e não diante de Deus!
    .
    Não é adorou, é prostrou-se. O gesto de prostrar-se teve que ser visível para o ato ser reconhecido.
    .
    Você aqui outra vez: “Foi adorado pela mãe de Tiago e João, os filhos de Zebedeu Mat. 20:20-20 Então se aproximou dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-o, e fazendo-lhe um pedido.
    .
    De que jeito ela adorou? Ela não adorou coisa nenhuma. Você está com mentalidade de católico. Ela apenas prostrou-se em reverência para o pedido. Ela sabia diante de quem estava.

    ResponderExcluir
  6. Voce escreveu: “Foi adorado pelos discípulos após subir ao céu Lucas 24:50-52 E levou-os fora, até betânia; e, levantando as suas mãos, os abençoou. E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu. E, adorando-o eles, tornaram com grande júbilo para Jerusalém”.
    .
    Essa eu nem vou comentar, pois não consta nos melhores manuscritos exatamente a frase, "Adorando-o, eles".

    Veja aqui se você é bom de Inglês: "They worshipped him.—These words also are absent from most of the best MSS" - http://biblehub.com/luke/24-52.htm
    .
    Por esse motivo a New American Standard de 1977 traduz o versiculo da seguinte forma:"And they returned to Jerusalem with great joy". Ou seja: "Eles retornaram para Jerusalém com grande alegriia"
    .
    Voce escreveu: “Foi adorado pelos seres celestiais em Apoc. 5:11-14 Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre”.
    .
    Como? “E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre”.
    .
    Quem é esse que recebe adoração? Eles adoraram ao que vive para todo o sempre. Se é Jesus, então Deus ficou sem ser adorado, se é Deus então foi diante de Jesus que eles se prostraram! E agora? So adoraram um. Está no singular:
    .
    “prostraram-se, e adoraram AO QUE VIVE para todo o sempre”.
    .
    Por que se prostraram e adoraram apenas um se os dois recebiam ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre? São dois: “Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro”. Entretanto, na hora de adorar só fizeram diante de um deles.

    Continua...

    ResponderExcluir
  7. Quer saber quem é ele? É Deus, o Pai. Apocalipse 4:9, diz: “E, quando os animais davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre”.
    .
    Agora veja que este que “está assentado sobre o trono, que vive para todo o sempre”, está separado do cordeiro em outra passagem: “Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre”, Apoc 5:13.
    .
    Veja essa: “E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro”, Apoc 7:10.
    .
    Observa no seu próprio contexto de Apocalipse – versículo não citado aqui – que os vinte e quantro anciãos realmente dobram os joelhos diante do Cordeiro, mas não diz que eles o adoram:
    .
    “E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos”, Apoc 5:8.
    .
    Por que João omitiu a palavra adoraram aqui, mas não o fez quando a referência era a Deus no verso 14: “E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre”.
    .
    Jesus responde: “Somente ao teu Deus adorarás”

    ResponderExcluir
  8. Sobre Filipenses 2:6-10 eu lhe envio resposta mais tarde ou amanhã

    ResponderExcluir
  9. Anônimo disse:
    .
    Em Isaías 9.6 6 Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, DEUS FORTE, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.


    Você já foi respondido aqui. E muito bem respondido por sinal,

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2014/12/14/emanuel-deus-conosco/

    Anônimo disse:

    Em João 8.28 ‘Eu lhes afirmo que antes de Abraão nascer, Eu Sou!’" A reação violenta dos judeus à afirmação "EU SOU" de Jesus indica que compreenderam claramente o que Jesus estava declarando - Ele estava igualando-se a Deus ao usar o mesmo título “EU SOU” que Deus dera a Si mesmo em Êxodo 3:14.

    Voce já foi respondido aqui,

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2013/09/22/antes-que-abraao-existisse-eu-sou/

    Outra coisa. Deus não se chama EU SOU, e a palavra grega é EGO EIMI. Falar agora que o nome de Deus é EGO EIMI é o cumulo. O nome de Deus apareceu quase 7000 vezes na biblia - aparecia né, mas tiveram que remover o nome de Deus, pois atrapalhava a doutrina da trindade, e colocaram SENHOR para fazer os fiéis imaginarem que se trata de Jesus. O nome de Deus é YHWH, quando se apresentou a Moisés, Deus disse que seu nome é, EHYER ASHER EHYER e não EGO EIMI. Mas fazer o que? Os cristãos fazem de Jesus um mentiroso e rival do Deus unico.
    .

    Anônimo disse:

    Em apocalipse 1.8 “Eu Sou o Alfa e o Ômega”, declara o Senhor Deus, “Aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso.”

    Respondo a voce aqui,

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2014/12/09/o-alfa-e-o-omega/

    Anônimo disse:

    Em João 20.28 Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu!

    Respondido aqui. E ficou irrefutável!

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2014/03/23/meu-senhor-e-meu-deus/

    ResponderExcluir
  10. Anônimo disse:
    .
    A Igreja foi comprada com o sangue de Deus At. 20:28 Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.
    .
    Sério mesmo? O sangue era do Deus Pai ou o sangue era do segundo Deus da trindade? Só da parte humana né? A parte divina sangrou ou ficou intacta? Quando ele morreu uma parte ficou viva e a outra morta?

    Deus é Espírito (Jo. 4.24) e um espírito não tem carne e ossos, consequentemente não tem sangue (Lc. 24.39). Agora veja essas traduções:

    A Bíblia de Jerusalém, que é uma bíblia produzida por católicos e protestantes, assim verteu o verso: “nele o Espírito Santo vos constituiu guardiães, para apascentardes a Igreja de Deus, que ele adquiriu para si pelo sangue do seu próprio Filho”.

    A CNBB: “o Espírito Santo os constituiu como guardiães, para apascentarem a Igreja de Deus, que ele adquiriu para si com o sangue do seu próprio Filho”.

    Outra versão protestante, logo, feita por trinitarianos, NTLH apresenta o verbo com a redação: “o Espírito Santo entregou aos seus cuidados, como pastores da Igreja de Deus, que ele comprou por meio do sangue do seu próprio Filho”.

    Não é “com seu próprio sangue”, mas sim, “com o sangue de seu próprio Filho”.

    Anônimo disse:

    Cristo, Deus bendito para todo o sempre Rom. 9:5 Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente.

    Outra vez? Ja lhe dei a resposta, que por sinal é uma bomba dentro da sua cabaninha trinitarana. Está aqui. Leia outra vez:

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2014/12/27/deus-bendito-eternamente/


    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora que não tem diploma de grego, quer dizer que tem diploma de lógica. E não tem "Igreja" nenhuma.

      Excluir
  12. Anônimo disse:
    Nosso Deus e Salvador Jesus Cristo Tito 2:13 13 Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo.
    _________________
    Essa versão sua esta totalmente comprometida com a posição trinitariana. A própria versão católica (religião berço da formulação do trinitarismo cristão), conhecida como a Bíblia Pão Nosso, da Editora Vozes em conjunto com a Editora Santuário, verteu assim o verso de Tt. 2.13:
    .
    “Aguardando nossa esperança feliz e a vinda gloriosa do grande Deus e do Salvador nosso, Jesus Cristo”,

    e não foi a única tradução a fazer a distinção, a Bíblia do Peregrino, também católica, verteu:

    “Esperando a promessa feliz e a manifestação da glória do nosso grande Deus e do nosso Salvador Jesus Cristo.”

    Várias versões em Inglês acompanharam o real sentido do texto em Tito 2:13

    New Life Version (NLV)

    We are to be looking for the great hope and the coming of our great God and the One Who saves, Christ Jesus.

    Complete Jewish Bible (CJB)

    while continuing to expect the blessed fulfillment of our certain hope, which is the appearing of the Sh’khinah of our great God and the appearing of our Deliverer, Yeshua the Messiah.

    1599 Geneva Bible (GNV)

    Looking for that blessed hope, and appearing of that glory of that mighty God, and of our Savior Jesus Christ.

    New American Bible (Revised Edition) (NABRE)

    as we await the blessed hope, the appearance[a] of the glory of the great God and of our savior Jesus Christ

    Ou seja, todas elas concordam com “A glória do grande Deus E DO Salvador Jesus Cristo, e não “A glória do grande Deus e Salvador, Jesus Cristo. A Escritura diz claramente que tanto a glória do Filho e a glória do Pai aparecerá: “Porque, qualquer que de mim e das minhas palavras se envergonhar, dele se envergonhará o Filho do homem, quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos”, Lucas 9:26. A Palavra de Deus também ensina que quando Cristo vier, ele virá com a glória de seu Pai: "Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai" (Mateus 16:27).

    Por outro lado, alguns comentaristas, mesmo os não trinitarianos, não veem obstáculo algum para seus argumentos de defesa se o verso lê: “A Glória do grande Deus e Salvador, Jesus Cristo”, que leva a citação para um signficado curioso: “A manifestação da Glória do nosso grande Deus e Salvador, [que é] Jesus Cristo”, Ou seja, Cristo é a gloriosa manifestação de Deus no último dia, o dia da sua vinda. Se for esse o caso, então a leitura mais natural de Tito 2:13 é ver que Jesus não está sendo descrito como "o grande Deus e Salvador", mas como "a glória DO grande Deus e Salvador".

    No entanto, sendo boa ou não essa argumentação, eu prefiro ficar com a primeira, pois Paulo se refere a "Deus, nosso Salvador" no versículo 10 - três versos antes de Tito 2:13. Portanto, devemos ver mais prontamente que "o nosso grande Deus e Salvador" é uma referência ao Pai no versículo 13 e não a Jesus. Veja o verso 10: “Não defraudando, antes mostrando toda a boa lealdade, para que em tudo sejam ornamento da doutrina de Deus, nosso Salvador”.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo disse:

    2 Ped. 1:1 Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo.
    Não diga? E por que o verso 2 ficou assim: “Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor?”

    Pedro mostra de forma clara que ele não quis apresentar Jesus como Deus e Salvador ao mesmo tempo no v.1, pois o distingui na sequência imediata no v.2. Sua versão no verso 1 esta adulterada. O verso 2 denuncia a trama!

    Sua tradução é uma bela e tendenciosa tradução trinitariana!

    A versão católica da Bíblia Sagrada da Editora Ave Maria traduziu: “Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, àqueles que, pela justiça do nosso Deus E DO Salvador Jesus Cristo, alcançaram por partilha uma fé tão preciosa como a nossa”. Reconhecendo Deus e o Salvador como seres distintos.

    Mesmo a Bíblia de Jerusalém que é uma tradução feita por católicos e protestantes, ainda que vertendo o trecho de forma tradicional, informa como primeira nota de rodapé a versão alternativa de tradução: “Ou: ‘de nosso Deus e do Salvador Jesus Cristo”.

    Aliás, por que em Tessalonicensses não mudaram?

    “... a graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo”, 1 Tess 1:12.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo disse:

    Deus Se manifestou em carne 1 Tim. 3:16 E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.

    Está aqui uma obra prima. Uma resposta para voce jamais esquecer,

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2013/02/03/deus-foi-manifestado-na-carne/

    Agora me diga uma coisa: Onde ja se viu Deus ser justificado em Espírito? Kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Anônimo disse:

    Jesus Cristo é o verdadeiro Deus e a vida eterna 1 João 5: 20. E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para que conheçamos ao Verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.


    Excelentíssimo Sr Burr Aldo, O verdadeiro Deus aludido no texto tem um fiho: “... no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo”. Kkkkkkkkkkkkkkk

    Outra coisa, não é “em seu filho, mas sim, “por seu filho”. O trecho fica dessa maneira:

    “... no que é verdadeiro estamos, por seu [ou através do seu] Filho Jesus Cristo”.
    Essa é a verdade, pois Jesus foi quem “nos deu entendimento para que conheçamos o Verdadeiro [Deus]”.

    Veja o verso todo como deve ficar

    “E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para que conheçamos ao Verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos por seu filho Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.

    Na minha resposta abaixo você vai ver que a ultima frase, “este é o Deus Verdadeiro e a vida eterna”, não aponta para o antecedente imediato anterior, que é Jesus, mas sim para Deus, o Pai, citado no início do versículo. Ele é o Deus verdadeiro que o próprio Jesus testifica em João 17:3:

    “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”.

    Veja uma resposta mais ampla aqui:

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2014/03/22/este-e-o-deus-verdadeiro/

    ResponderExcluir
  16. Anônimo disse:

    Eu e o Pai somos um João 10:30-33.

    Respondo aqui

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2013/01/28/eu-e-o-pai-somos-um/

    E vai pra voce uma de brinde.

    https://nascidodemulher.wordpress.com/2013/09/22/eu-sou-de-cima/

    Até mais ver...

    ResponderExcluir
  17. Exelentíssimo Sr Anônimo, voltei. E voltei com uma bela surpresa. Veja aqui um versículo estrondoso, espetacular e irritante para você, onde Jesus diz que não é Deus.

    “Replicou-lhes Jesus: Se Deus fosse, de fato, vosso pai, certamente, me havíeis de amar; porque eu vim de Deus e aqui estou; pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou” João 8:42

    Se Jesus é Deus e Deus enviou Jesus então Jesus se enviou? Está aí a resposta. Jesus não se enviou e veio de Deus e NÃO veio de si mesmo. Como pode ele ser Deus se ele diz que não veio de si mesmo, mas de Deus?

    Pega essa e leva pra casa!

    Jesus não poderia ser Deus e Messias ao mesmo tempo - por acaso o ungido escolhido de Deus seria ele mesmo? Jesus tem um Deus e Pai; Deus pelo contrário, não tem nenhum Deus nem pai. Jesus chamou o Pai de meu Deus várias vezes, mas Deus jamais chamou Jesus de meu Deus.

    Só mesmo na cabeça de um lunático!

    ResponderExcluir
  18. Olá AL Franco

    Boa noite

    Um ser só e somente 100% Humano jamais poderia ter feito o que Ele fez e o próprio Deus Pai não veio em carne se não fosse Jesus não teria um Messias e muito menos salvação e redenção. O fato de Jesus aceitar, veja bem aceitar se fazer carne ou seja Jesus concordando com Deus Pai evidencia o lado Divino dEle. Ele foi um ser 100% Humano e 100% Divino incluisive agora Ele é assim, e na terra naturalmente Ele foi 100% Humano perfeito e até a natureza humana dEle interagiu com a Natureza Divina conferindo um ser 100% Humano Perfeito. Se você cre que Ele era 100% Humano como sendo perfeito então isso só é possível com um lado Divino em harmonia com o lado Humano dEle e lembre-se de Adão que era 100% Humano. Você acha que Adão seria capaz de fazer o que Jesus fez? Adão não tinha um aspecto 100% Divino então para Jesus ser até perfeito sendo Humano Ele teria que ter obrigatoriamente uma aspecto Divino mesmo. Biblicamente falando se Deus for só o Pai então Ele não teria como ser o que Ele é pois a Santíssima Trindade tem uma Santa e Transcedental Natureza que mantém a harmonia nas 3 Santas Pessoas e mantém inclusive a interação e cooperação entre Elas pois Deus Filho se fazer carne e isso foi importantíssimo para a humanidade pois biblicamente um só Ser geraria um desequilíbrio pois não teria a Estrutura Perfeita e também não teria Perfeita Harmonia. O Cristianismo Evangélico cre que Jesus foi, é e sempre será Deus.

    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voces insistem alegar que Jesus era 100% Deus e 100% homem quando aqui andou. Isso é impossível!
      .
      Deus é Espírito, diz João 4:12. Essa é a primeira exigência universal de divindade. Jesus foi um homem de carne e ossos, enquanto aqui esteve. Portanto, para divinizar Jesus teríamos que transformá-lo em espírito ao mesmo tempo 100% homem, o que é impossível - nem a força. Argumento algum pode superar essa verdade: Jesus não era um espirito, como Deus era, é, e sempre foi. Jesus era um homem, um ser humano, 100% homem.
      .
      Se Deus é “espirito”, e se Jesus quando aqui esteve era em forma humana, por dentro e por fora, de trás pra frente e de cima abaixo, então não há o que discutir. Como poderia Jesus ser Deus (espírito) e humano ao mesmo tempo? Além disso, se voces reclamam que ele esvaziou-se a si mesmo, como podem alegar que ele continuava divino?
      .
      Outro problema enorme pra voces é a doutrina triniatariana dos três deuses: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Observem que o Espírito Santo, o terceiro Deus, foi excluído das palavras de Cristo quando ele afirma que só o Pai é o Deus verdadeiro em João 17:5. Diga-se de passagem, que alguns dentre vocês costumam dizer que Jesus se exclui como Deus desse contexto porque estava encarnado. E o Espírito Santo, o terceiro Deus - Por que Jesus não disse então que só existia dois Deus verdadeiros, O Pai e o Espírito Santo se o Espírito não estava encarnado?
      .
      Agora eu vou te provar que Jesus tinha um corpo natural, como os outros seres humanos. Aliás, vossa excelência sabia que algumas traduções tiraram a palavra “homem” do versículo 40 de João 8, mesmo capítulo onde encontra-se o Ego Eimi, paixão dos trinitarianos?
      .
      “Mas agora procurais matar-me, a mim, homem que vos tem dito a verdade que de Deus tem ouvido; Abraão não fez isto”.
      .
      Jesus se diz HOMEM, mas algumas traduções arrancaram a palavra fora. A palavra homem consta no "original" em grego como Antropos.
      .
      Adivinha qual organização religiosa tem interesse nisso?

      Excluir
    2. Jesus, depois que foi assunto ao céu, tornou-se um homem glorificado. Você quer colocá-lo como o segundo Deus, o segundo membro da trindade? Ele vai ser sempre um homem glorificado e, para surpresa geral, nós seremos como ele, diz João: “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos”.
      .
      E agora? O céu e a terra vai se encher de deuses? Será o que? Trindade não dá mais nessas alturas, porque serão milhões semelhantes a ele. Seremos semelhantes a ele porque nossos corpos serão transformados como foi o dele. Por isso Paulo declara em 1 Corintios 15 (Não esqueça que este capítulo 15 de Corintios fala no início da ressurreição de Cristo. Leia com isso em mente se puder):
      .
      “Assim é na ressurreição dentre os mortos.Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual”, vv.42-44
      .
      Paulo diz também que “assim como trouxemos a imagem do (homem) terreno, assim traremos também a imagem do celestial”, v.49.
      .
      E ele continua dizendo que nos tornaremos imortais após a ressurreição:
      .
      “Nós seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória”, vv. 51-54.
      .
      Jesus era um homem, não podia ser divino. Ele é o primeiro dentre os mortos, que já ressuscitou. Essa coisa de morto que ressuscita só pode ser feita com seres humanos, não seres celestiais. Veja, no início do capítulo exposto aqui - 1 Corintios - que Paulo compara Cristo com os outros seres humanos quando fala em morte:
      .
      “Ora, se se prega que Cristo ressuscitou DENTRE OS MORTOS, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou”.
      .
      Asssutador, não é?

      Excluir
    3. “... Cristo ressuscitou dentre os mortos!”. Meu amigo, dentre mortos não existem nada mais que seres humanos. Ou seja, pessoas nascidas de mulheres. Não seres preexistentes.
      .
      Veja como ele continua comparando Cristo/morto/ressurreto com os outros que estão na sepultura:
      .
      E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, OS MORTOS não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos”, vv.14-16
      .
      Isso é simplesmente assustador e desafiador para a doutrina da trindade: “Porque, se OS MORTOS não ressuscitam, TAMBÉM CRISTO não ressuscitou”.
      .
      Você percebe o detalhe em caixa alta? A ressurreição de Cristo está sendo enfatisada para comparação com todos os que esperam no túmulo. Sabe por que não há exceção na comparação de mortos que ressuscitam, com Cristo que ressuscitou? Porque todos são seres humanos com corpos naturais, e não divinos. Veja no mesmo capítulo:
      .
      “Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual”, v.44.
      .
      Jesus tinha um corpo natural, terreno, não divino. Paulo diz que ele recebeu um corpo espiritual depois da ressurreição: “Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante”, v45.
      .
      Mas no verso seguinte ele garante que Jesus primeiro veio com o corpo natural: “Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural; depois o espiritual”, v.46. O que ele quer dizer é que o primeiro foi terreno, mas o ressucitado é do céu: “ O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu”,47.
      .
      Aí fala do novo homem criado em Deus, que é Cristo ressuscitado.
      .
      Esse capítulo 15 de Corintios nos deixa detalhes sobre a ressurreição. Observe que Jesus - em sua ressurreição - é a parte principal para explicar o resto do capítulo. Isso foi necessário para enfatisar a semelhança com todos os outros seres humanos cristãos que serão ressucitados. Portanto, meu caro Luiz, o Senhor Jesus não escapa a essa regra: “
      .
      “Assim também é na ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual”, vv.4-44.
      .
      O corpo dele era natural!
      .
      Ele ressuscitou incorruptível. O que aconteceu com ele pode ser descrito pelos versículos 53 e 54, onde Paulo diz que “... convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.
      .
      Por esse motivo foi dito que a morte não mais tem domínio sobre Jesus a partir do momento que ele ressuscitou: “Sabendo que, tendo sido Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte não mais tem domínio sobre ele”, Romanos 6:9.
      .
      Como? “A morte NÂO TEM MAIS domínio?” Tinha antes da ressurreição por quê?
      .
      Porque ele era um ser humano sem divindade nenhuma. Por isso não tem mais nada diabólico do que afirmar que uma parte dele, a divina, não morreu. Isso é uma afronta para o sacrifício na cruz. Essa heresia toda é consequência do Jesus descrito pela trindade.

      Excluir
  19. Olá AL Franco

    Jesus uso a expressão EGO EIMI e Deus ao falar com São Moisés uso a expressão EHYER ASHER EHYER e não EGO EIMI então isso só demonstra que são Santas Pessoas distintas ou seja cada uma com suas Personalidade e Individualidade e consequentemente com ações diferentes. A diferença é por causa disso para indicar as individualidades e ações diferentes. Considerando que Deus é o EU SOU O QUE SOU e Jesus é o EU SOU então tem uma diferença interessante aí nas palavras justamente para indicar que são Santas Pessoas diferentes mas as Duas com a Natureza Divina pois repare que há algo em comum que é a parte do "EU SOU". Então veja, Deus FALOU ou seja uma ação e Jesus FALOU também reforçando a idéia de Pessoas DIFERENTES realizando ações divinas.

    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voces só arrumam problemas. Quer ver se estou mentido? Eu queria apenas lembrar a Vsa pessoa que Jesus não falava Grego, língua em que o Novo Testamento foi escrito. Já pensou nisso? Escreveram as palavras de Jesus em grego, idioma que ele não falou! Essa teoria mirabolante de que Jesus disse “Eu Sou” para afirmar que ele é Deus está errada.
      .
      Pega o contexto e analise comigo: “Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu o, e alegrou se", v. 56

      Os judeus Estavam entendendo tudo errado: “Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste Abraão? Jesus não disse isso. Foi o contrário. Abraão viu Jesus e não Jesus viu Abraão.
      .
      Aí vem o verso chave: : “Disse lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão fosse eu sou.” João 8:58
      .
      O signfifcado é outro, muito diferente do que vocês pretendem. Jesus foi conhecido antes da fundação do mundo como o cordeito que foi morto nos propósitos de Deus como também foi profetizado em Gênesis 3:15 e nas palavras de 1 Pedro 1:20. Pedro diz:
      .
      “Ele “foi conhecido antes da fundação do mundo, mas manifestado nesses utimos tempos por amor de vós”.
      .
      Além disso, Abraão viu Jesus na provisão do cordeiro quando ele estava para sacrificar seu próprio Filho. Ninguém melhor que Abraão poderia ter entrado aqui nas palavras de João 8:58.
      .
      Jesus dizer que era antes de Abraão significa que ele era predestinado a vir desde antes da criação do universo. Era o Messias anunciado e predestinado a vir desde sempre, portanto antes de Abraão. E foi exatamente o que ele disse: “Eu Sou antes de Abraão”
      .
      Ele estava dizendo que era o Messias que havia de vir e estava nos planos de Deus antes mesmo de existir de fato.
      .
      "Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo", João 17:24
      .
      Eu vou parar o debate. Responderei a voces as que faltam através do meu site. Quando estiverem prontas eu passo os links para o Lucas e ele posta aqui ou mesmo num artigo de página presente.





      Excluir